A morte dos seus santos

Meditação de Martim Lutero

01/01/1983

Leia em sua Bíblia: Salmo 116

“Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos”. (v. 15)




Em si, a morte é o castigo do pecado e provém da ira e do desfavor de Deus. A morte dos cristãos, porém, especialmente dos que sofrem e morrem por amor de Cristo, é preciosa. É bem verdade que o corpo sofre, mas não leva prejuízo, visto que Deus recompensa tal morte com a vida eterna. Nesse caso, a morte já não é castigo, mas remédio, um doce sono e descanso, porta e entrada para a vida eterna. Pois em Cristo quebrou os dentes, ficaram gastos e inúteis, já não consegue abrir os maxilares; as articulações estão aleijadas. Sua boca está aberta e gostaria de devorar a todos. No entanto, já não consegue escancarar a bocarra para morder. O mesmo acontece com o inferno, e assim os cristãos têm grande privilégio, na vida e na morte, pois, vivendo ou morrendo, somos do Senhor. Se isso for verdade, os santos que crêem, falam ou confessam e são perseguidos por isso, terão outra opinião sobre morte do que a multidão do mundo descrente. Verão nela uma despedida bem-aventurada, uma partida dessa miséria e vale de lamentos no qual o diabo é rei e deus, para a vida na qual reina alegria indizível e maravilhosa, eterna bem-aventurança.
 

Veja também:

Assunto Passagem Bíblica
Tema: Renascimento
A morte dos seus santos Salmo 116
Renascimento 1 João 5.1-5
Renascidos da água e do espírito João 3.1-10
Renascidos por meio da Palavra da verdade Tiago 1.16-18
Renascidos para a vida eterna João 3.31-36
É preciso nascer 1 Pedro 1.22-25
O lavar regenerador Tito 3.1-7
Da vida vitoriosa 1 João 5.1-5

Voltando ao Castelo Forte - 1983


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Testamento: Antigo / Livro: Salmos / Capitulo: 116
Título da publicação: Castelo Forte / Editora: Concordia Ltda/Editora Sinodal / Ano: 1983 / Volume: 1
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 20407
REDE DE RECURSOS
+
Jesus Cristo diz: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.
João 14.6
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br