Bernard Kyamanywa (*1938)

Obra e Biografia

29/06/2012

Bernard Kyamanywa (*1938) – HPD 315 (L)

Bernard Kyamanywa nasceu em 10 de maio de 1938 na Tansânia. Sendo órfão, cuja mãe faleceu na hora do parto, foi educado por famílias cristãs na região de Buhaya. Depois passou para um lar de Missão Cristã. Recebeu ensino fundamental e médio (1948-1956). Depois de freqüentado um colégio de formação de professores trabalhou durante cinco anos como professor de curso primário. Nos anos de 1964 até 1968 recebeu formação de pastor no Colégio Teológico Luterano em Makumira. E a partir de 1969 trabalha como Pastor da Igreja Evangélica Luterana de Tansânia. Vive atualmente em Bukoba/Tansânia. Desde 1982 ele colabora numa tradução da Bíblia para sua língua materna, o Ruhaya.

Durante os anos de seu estudo de teologia Bernard Kyamanywa fazia parte de um grupo de estudantes africanos que foram animados por seu professor alemão a procurar e/ou criar hinos cristãos, cujos textos e melodias tenham origem africana. Assim nasceu a coleção de hinos que o professor Howard S. Olson editou em 1969 sob o título de Tumshangilie Mungu. Bernard Kyamanywa colaborou nesta coleção com cinco hinos. Um deles tornou-se conhecido internacionalmente – o seu hino de Páscoa, criado em 1966, em língua Kisuaheli Mfurahini, Haleluya. O hino conta a história alegre da ressurreição de Jesus de uma forma simples e enfatiza a vitória que Cristo, nosso rei, conquistou por nós. A tradução da primeira estrofe deste hino encontramos no HPD nº 315: Cristo está vivo, aleluia! Rejubilemos, aleluia!

A respeito da melodia há controvérsia entre os hinólogos. Bernard Kyamanywa contou que conhece essa melodia desde criança, quando ele participava da Escola Dominical, por isso considerava que ela era de origem da Tansânia. Porém, há quem presume (Jasper) que a melodia veio do tesouro hinológico inglês e foi levado pelos missionários para a África.
  

Fontes: Kleines Nachschlagewerk zum Evangelischen Gesangbuch für Bayern und Thüringen, pág. 62
               https://connect.wels.net/AOM/ps/worship/CWS%20Documents/CWS_Accomp_Ed_Notes2.pdf

Nota:

1  Swahili ou suaheli é a língua oficial de Tansania, onde é cultivado pelo Conselho Nacional de Swaheli, também é segunda língua oficial em Kenia. Em Uganda tornou-se língua oficial em 2005. Já desde o ano de 1967 a Comunhão da África Oriental se empenha em dar mais atenção ao Swahili em lugar do Inglês que os colonizadores britânicos tentavam implantar. Na República Democrática do Kongo o Swaheli é uma das quatro línguas nacionais, sendo usado principalmente na parte leste do país. Swahili também é falado em Ruanda, Burundi, Sul da Somália, Mosambik, Malawi e nas Ilhas de Komori (inclusive Mayotte). http://de.wikipedia.org/wiki/Swahili_(Sprache)


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Letra
ID: 18143
REDE DE RECURSOS
+
A Palavra de Deus é a única luz na escuridão desta vida. É Palavra da vida, de consolo e da toda bem-aventurança.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br