Derrama luz nas minhas trevas

Meditação de Martim Lutero

01/01/1983

Leia em sua Bíblia: Salmo 18.21-51

Porque fazes resplandecer a minha lâmpada, o Senhor, meu Deus, derrama luz nas minhas trevas”. (v. 28)




O Salmo 4.6 diz que essa luz é a palavra do evangelho (2 Pedro 1.19). Que é nossa lâmpada que Deus faz resplandecer pela luz da sua palavra? Sem dúvida, o coração – você pode dizer também a consciência e a razão, não importa. Observe nesse salmo que nada se atribui ao que diz a sã inteligência e a sabedoria da carne. Essas, o profeta as considera claramente trevas, a saber, tudo em nós que não é da palavra de Deus. O autor do salmo pede que essa escuridão seja iluminada pela luz da palavra de Deus. Compreende-o muito bem aquele que se encontra em tentação. Pois nessa circunstância entende e sente que toda a inteligência humana não pode dar solução, quanto mais sábio alguém é tanto mais tolo se comporta quando o perigo o ameaça. Então, somente a palavra de Deus nos sustenta e aconselha.
 

Veja também:

Assunto Passagem Bíblica
Tema: Deus é Amor
Derrama luz nas minhas trevas Salmo 18.21-51
O amor de Deus em nós João 3.13-18
Permanecei no meu amor João 15.5-11
Amor com amor se paga 1 João 4.17-21
Deus é amor 1 João 4.13-16
Servir com gratidão e não buscando recompensa Salmo 51.13-19
Amar a Deus no sofrimento João 14.21-24
Amor fraternal Romanos 12.9-14

Voltando ao Castelo Forte - 1983


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Testamento: Antigo / Livro: Salmos / Capitulo: 18 / Versículo Inicial: 21 / Versículo Final: 5
Título da publicação: Castelo Forte / Editora: Concordia Ltda/Editora Sinodal / Ano: 1983 / Volume: 1
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 22207
REDE DE RECURSOS
+
Em todo o universo, não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor.
Romanos 8.39
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br