Dia a dia, passam-se os instantes

LCI 629

01/01/1881

1. Dia a dia, passam-se os instantes,
e o meu Deus me ampara em meu viver;
pondo nele a minha fé constante,
nada temo, nada vou temer.
É meu Pai, de coração bondoso,
que me supre tudo em seu amor.
Viva alegre ou em sofrer penoso,
dá-me paz e alento o meu Senhor.

2. Cada dia Deus está bem perto,
e conselhos dele posso ter.
Segurança e auxilio em tempo certo
me concede pelo seu poder
Com carinho Deus protege e guia,
qual zeloso pai, os filhos seus.
Forças te darei a cada dia
é promessa que ele mesmo deu.

3. Quero, ó Deus, em cada sofrimento,
confiar em teu cuidado e amor.
Que com fé eu permaneça atento
às promessas tuas, Redentor!
E que possa, em lutas, dores, trevas,
aceitar das tuas mãos, ó Deus,
um a um os dias que me entregas
nesta vida minha rumo ao céu.


Autoria da letra: Karolina W. Sandell-Berg

Autoria da melodia: Oscar Ahnfelt

Autoria da tradução: Joan Larie Sutton
 


Autor(a): Karolina W. Sandell-Berg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
ID: 49067
REDE DE RECURSOS
+
A Palavra de Deus é a única luz na escuridão desta vida. É Palavra da vida, de consolo e da toda bem-aventurança.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br