Eis que aquele que adoramos

LCI 415

01/03/1912

 

1. Eis que aquele que adoramos sobre o Gólgota está,
e, por ter sofrido a morte, a vida e salvação nos dá,
O mistério do juízo ao seu povo revelou,
em angústias e tormentos vida e paz nos conquistou.

2. Em silêncio nos curvamos ante a tua cruz, Senhor,
e humildes adoramos o poder de teu amor.
Adoramos o milagre: Eis que o Filho se humilhou;
obediente até a morte nosso fardo carregou.

3. Haja noites tenebrosas: luz provém de Gólgota,
luz que rompe pelas trevas, que o inferno vencerá.
Cristo, o Salvador, expulsa de seu Reino angústia e dor.
Emudece a própria morte: prevalece o seu amor.

4. Silenciam os poderes ante a cruz de Gólgota.
O teu povo agraciado canta “amém” e “aleluia.”
Graças pelas tuas dores, graças pelo teu poder!
Tu nos deste vida nova: Adoramos teu poder!


Autoria da letra: Friedrich von Bodelschwingh

Autoria da melodia: Richard Lörcher
  


Autor(a): Friedrich von Bodelschwingh
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
ID: 49089
REDE DE RECURSOS
+
O santo povo cristão é reconhecido exteriormente por meio da salvação da santa cruz.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br