Eleanor Farjeon (1881-1965)

Obra e Biografia

29/06/2012

Eleanor Farjeon (1881-1965) - HPD 477

A escritora inglesa de histórias e poemas, Eleanor Farjeon, é autora do texto original do hino Morning has Broken = “Despunta el alba del nuevo dia” (HPD 477).

Eleanor Farjeon nasceu no dia 13 de fevereiro de 1881 em Londres, Inglaterra, como filha do popular novelista Benjamin Farjeon e Maggie (Jefferson) Farjeon. Ela cresceu numa família literária: seus dois irmãos mais novos, Joseph e Herbert Farjeon, eram escritores, e o mais velho, Harry, tornou-se compositor.

Eleanor, conhecida na família como Nellie, era uma criança tímida, que tinha visão fraca e sofria de problemas de saúde durante sua infância. Ela foi educada em casa, gastando muito do seu tempo no sótão, cercada de livros. Seu pai incentivou-a a escrever a partir da idade de cinco anos. Ela descreveu (em 1935) sua família e sua infância na autobiografia, A Nursery in the Nineties (Uma infância na década de noventa).

Embora ela passou boa parte de sua vida entre os círculos literários e teatrais de Londres, muito da inspiração de Eleanor veio de sua infância e das férias em família. As férias na França, em 1907, serviram para inspirá-la a criar a história de um trovador, mais tarde remodelada como o trovador errante de seu livro mais famoso, “Martim Pippino no pomar de maçãs”. Durante a 1ª Guerra Mundial, a família mudou-se para Sussex, onde a paisagem, as vilas e as tradições locais devem ter tido um profundo efeito sobre sua escrita mais tarde.

O avô materno de Eleanor era o ator norte-americano Joseph Jefferson. Este fato deve ter influenciado Eleanor, quando ela contava com 18 anos de idade, a escrever o libreto para uma opereta, Floretta. Esta foi musicada por seu irmão mais velho, Harry, que mais tarde se tornou um compositor e professor de música. Ela também colaborou com seu irmão caçula, Herbert, estudioso de Shakespeare e crítico dramático.

Eleanor tinha uma vasta gama de amigos com grande talento literário, incluindo D.H. Lawrence e Robert Frost. Durante vários anos, ela tinha uma estreita amizade com o poeta Edward Thomas (+1917) e sua esposa, Helen. Eleanor nunca se casou, mas teve uma amizade de 30 anos com George Earle, um professor de Inglês. Após o falecimento dele, em 1949, ela teve uma longa amizade com o ator Denys Blakelock, que escreveu sobre isso no livro, “Eleanor, Retrato de uma Farjeon” (1966). Eleanor faleceu no dia 5 de junho de 1965.

Após a I Guerra Mundial Eleanor ganhava a vida como poetisa, jornalista e radialista. Muitos poemas de Eleanor foram publicados sob pseudônimos, como p.ex. “Tomfool” (pateta) e “Chimaera” (Quimera).

A obra mais conhecida de Eleanor Farjeon é a canção infantil Morning Has Broken, escrito em 1931. Ela usou a melodia de uma velha canção gaélica associada à vila escocesa Bunessan. A canção foi mais tarde popularizada pelo cantor de música popular Cat Stevens1 . Morning Has Broken é um dos muitos poemas de ser encontrado na antologia Children's Bells com o título correto A Morning Song (para o primeiro dia da Primavera), publicado pela Oxford University Press em 1957, antologia essa que reúne poemas de muitas fontes, incluindo os livros de Martin Pippino. - Um outro hino de Eleanor é a canção popular de Advento People, Look East!, geralmente cantado com uma velha melodia francesa, e um dos favoritos, para coros infantis.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Eleanor_Farjeon

Nota:

1  Cat Stevens, known as Yusuf Islam since his conversion to Islam in 1977 http://www.npm.org/Sections/images/This%20Day%20God%20Gives%20Me.pdf 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Letra
ID: 18122
REDE DE RECURSOS
+
Tu és o meu Senhor. Outro bem não possuo, senão a ti somente.
Salmo 16.2
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br