Então a nossa boca se encheu de riso

Meditação de Martim Lutero

01/01/1983

Leia em sua Bíblia: Salmo 126

Então a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua de júblio; então, entre as nações se dizia: Grandes coisas o Senhor tem feito por eles”. (v. 2)



O cristão deve esforçar-se para conseguir fazer a seguinte distinção em seu coração, e responder ao diabo: Arreda com as tuas mentiras, Satanás! Quando estou sem temor de Deus, seguro e endurecido, então vem e impinge-me a lei, e eu te ouvirei com prazer, pois é o momento certo de se ocupar com a lei. Mas, por que me vens com a lei agora, quando estou atemorizado com o pavor da morte e do pecado, vai-te embora, não quero ouvir-te! Tua doutrina não me interessa; agora é hora de rir e jubilar, e nada de temor de morte. Portanto, fora!
Por isso temos que nos esforçar para aprendermos um pouquinho desse exercício e nos consolarmos com tais palavras: O evangelho é riso e júbilo, próprio, na verdade, dos presos, ou seja, dos que sentem a prisão do pecado e do diabo, e dos corações de carne atemorizados por sentirem a ira e o juízo de Deus. Esses são os alunos em cujos corações se há de implantar o riso e os quais deverão ouvir somente a voz de júbilo nas tendas dos justos.
 

Veja também:

Assunto Passagem Bíblica
Tema: A Ressurreição dos Mortos
Então a nossa boca se encheu de riso Salmo 126
A ressurreição dos mortos 1 Tessalonicenses 4.13-18
As almas dormem na palavra de Deus João 5.24-29
A ressurreição decorre da criação 1 Coríntios 15.35-41
O novo corpo 1 Coríntios 15.42-49
Seguir a Cristo na ressurreição Efésios 2.4-10
A semente simboliza a ressurreição 1 Coríntios 15.42-49
Cantar esta canção por causa de Cristo 1 Coríntios 15.50-57

Voltando ao Castelo Forte - 1983


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Testamento: Antigo / Livro: Salmos / Capitulo: 126
Título da publicação: Castelo Forte / Editora: Concordia Ltda/Editora Sinodal / Ano: 1983 / Volume: 1
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 22619
REDE DE RECURSOS
+
O Senhor renova as minhas forças e me guia por caminhos certos, como Ele mesmo prometeu.
Salmo 23.3
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br