Georg Friedrich Händel (1685-1759)

Biografia

29/06/2012

Georg Friedrich Händel (1685-1759) HPD nº 11

HÄNDEL, Georg Friedrich (ou: George Frideric Handel), ao lado de Johann Sebastian Bach um dos maiores músicos alemãs da época do Barroco, compositor de óperas, oratórios e concertos.

Nasceu: 23 de fevereiro de 1685 em Halle/Saale, Alemanha; . Faleceu: 14 de abril de 1759 em Londres, Inglaterra . Sepultado: na Abadia de Westminster, entre os ingleses famosos.

Georg Friedrich nasceu como filho do médico Georg Händel (1622-1697). Com somente oito anos de idade já mostrou talento musical. O pai não gostou. Mas por mediação do Duque de Saxônia-Weissenfels o jovem Händel podia estudar música. Em 1694 o organista Friedrich Wilhelm Zachow se tornou seu primeiro professor, dando-lhe aulas em composição, órgão, cravo, violino e oboé. Quando Handel esteve no ginásio ele dirigiu o Collegium Músicum da escola e o coro vocal da cidade. Em fevereiro de 1702 entrou na Universidade em Halle para estudar Direito, como tinha sido a vontade do pai, então já falecido. Em março do mesmo ano, apesar de ser luterano, foi nomeado organista na catedral do Castelo, que pertencia a Igreja Reformada. Um ano mais tarde desistiu do estudo de jurisprudência, a fim de dedicar-se inteiramente à música. Mudou para Hamburgo, na época a mais importante cidade musical na Alemanha.

Em agosto de 1703 viajou até Lübeck, para visitar o famoso organista e compositor Dietrich Buxtehude (1637-1707). Foi lhe oferecido ser o sucessor de Buxtehude. Porém não aceitou o cargo, porque uma das condições para este cargo era casar com a filha de Buxtehude, e Händel não quis comprometer-se a isso. Voltou, então a Hamburgo e se tornou o 2º violinista na orquestra da Ópera. Nos anos seguintes compôs A Paixão segundo João e as óperas Almira e Nero.

De 1705 até 1710 foi viajar para Itália, a fim de melhorar seus conhecimentos musicais. Foi aprender com os grandes mestres Alessandro Scarlatti (1660-1725), Bernardo Pasquini (1637-1710) e Arcangelo Corelli (1653-1713). Escreveu composições de Salmos, Oratórios, Cantatas e a ópera Agrippina. Retornado a Alemanha, Handel foi eleito em junho de 1710 o regente da orquestra na Corte de Hannover. Poucos meses depois pediu licença e viajou para Londres, onde em 14 dias completou a ópera Rinaldo que foi muito aplaudida.

Dali em diante, com exceção de algumas viagens a Alemanha, Händel permaneceu na Inglaterra, até sua morte em 1759. Ele recebeu apoio de muitos nobres da Inglaterra e, durante longos anos manteve o cargo de Compositor da Corte nos reinados da Rainha Anna (+1714) e dos Reis George I (+1727) quem lhe havia concedido a cidadania inglesa, e George II (+1760).

Händel compôs música sacra e profana: cerca de 40 Óperas, 22 Oratórios, numerosos hinos e salmos, grandiosos concertos. Granjeou aplausos e admiração, mas também teve que suportar inveja e intrigas. Em abril de 1737, fatigado por excesso de trabalho, sofreu uma crise nervosa e um leve derrame, que paralisou seu braço direito. Após tratamento de alguns meses ele pôde voltar a ativa. Em1738 compôs a Ópera Serse que contém o muito apreciado e mundialmente conhecido Largo de Händel. De 22 de agosto até 14 de setembro de 1741 ele criou sua obra mais famosa o Messias, (que contém o Grande Aleluia) apresentado pela primeira vez em abril de 1742 no Music Hall em Dublin na Irlanda. E um ano mais tarde em Londres.

A grande maioria dos Oratórios de Handel trata de temas do Antigo Testamento, como p.ex. José e seus Irmãos (1743), Belsazar (1744), Judas Maccabaeus (1746), Josué (1747), Susana (1748). Além do Messias somente o Oratório Theodora (1749) tem cunho cristão; Trata do martírio de Theodora e de Dídimo, um oficial romano convertido por intermédio dela. Quando Handel trabalhou no seu último Oratório, intitulado Jephtha (1751), sentiu que sua visão estava diminuindo. Fez tratamento, e três operações, mas em janeiro de 1753 estava cego.

Ainda tocava órgão ou cravo de cor nos concertos. Com ajuda de seu secretário ainda conseguiu corrigir algumas de suas obras. Mas nos anos seguintes passou por tempos de profunda melancolia e depressão. Apesar disso ele marcou mais uma temporada de concertos para o ano 1759 e dirigiu alguns oratórios, alguns com trechos musicais novos que ele havia ditado ao seu secretário. No dia 6 de abril, dois dias antes do Domingo de Ramos, regeu mais uma vez o Messias. No fim estava tão exausto que desmaiou e teve que ser levado para casa. Händel sentiu que se aproximasse o seu fim da vida, e disse: Quero morrer na Sexta-Feira-Santa, na esperança de ser reunido ao meu Deus bondoso, o meu bom Senhor e Salvador, no dia de sua Ressurreição. Na manhã do sábado antes da Páscoa (14 de abril de 1759) ele faleceu.

A melodia do hino de advento Tochter Zion, freue dich (EG nº 343) = HPD nº 11 Rejubila, filha de Sião é de Georg Friedrich Handel, e encontra-se no Oratório Joshue (de 1747). A letra do hino HPD nº 11 é da autoria de Friedrich Heinrich Ranke (por volta de 1820).

Fonte: Friedrich Wilhelm Bautz em BBKL volume II (1990), colunas 435-446


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Melodia
ID: 15332
REDE DE RECURSOS
+
Que o Senhor, nosso Deus, esteja conosco. Que Ele nunca nos deixe nem nos abandone!
1Reis 8.57
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br