Johann Georg Gessner (1765-1843)

Obra e Biografia

29/06/2012

Johann Georg Gessner (1765-1843) HPD nº 245

Nasceu: 16 de março de 1765 em Dübendorf, próximo de Zurique, Suíça.
Faleceu: 28 de julho de 1843 em Zurique, Suíça.

Johann Georg Gessner é o autor do hino Lobt froh den Herrn, ihr jugendlichen Chöre (EG nº 371) escrito em 1795. = HPD nº 245 Louvor cantai, vós juvenis cantores, cuja melodia é de Hans Georg Nägeli (em 1815).

Johann Georg nasceu em 1765 como décimo primeiro filho do pastor (da Igreja Reformada) Johann Kaspar Gessner, sendo a sua mãe Elisabetha Keller. Já como menino ele se interessou pela profissão do pai. Com 8 anos de idade escreveu uma prédica sobre o texto de Efésios 5,18. Mais tarde, quando foi estudar teologia, Gessner reuniu-se regularmente nos fins-de-semana com um grupo de correligionários, na casa pastoral em Dübendorf, para meditações edificantes e Santa Ceia. Ele recorda mais tarde: As noites que passei no meu querido Dübendorf, mormente no inverno, eram muito interessantes e úteis para mim. Pois ali, sempre aos domingos a noite, se lia um trecho maior do Novo Testamento e muitas vezes se cantava hinos do Livro de Corais de Schmidli.

Em 1787, terminados os estudos, Gessner voltou para Dübendorf como Vikar (estagiário) e foi ajudar o seu pai no pastorado. Permaneceu nesta posição até o falecimento do Pai em 1790. Sendo que sua formação ainda não estava completa, Gessner não teve o direito de ser o sucessor do pai. Por conselho de (seu futuro sogro) Lavater1 ele assumiu o cargo de Diácono num orfanato em Zurique.

No verão de 1791 ele casou com Anna-Barbara Schultheiss, uma amiga da infância. Mas a felicidade durou pouco tempo, pois a jovem esposa já faleceu (de parto) depois de um ano. No ano de 1794 Gessner inicia o segundo matrimônio, agora com Anna, a filha do seu amigo paternal Lavater . Nos anos seguintes ele apóia e aconselha o seu sogro, apesar de certas extravagâncias deste.

Em 1795 Gessner se torna Diácono na Catedral-mor em Zurique, e quatro anos depois Pastor da mesma igreja. Ao mesmo tempo assume o cargo de professor catedrático de teologia pastoral. Além de ser um bom cura de sua Comunidade, Gessner se ocupa com questões de educação. Criou um educandário para moças, ocupou algumas vezes o cargo de Reitor do ginásio, e até 1831 era membro do Conselho de Educação. Como co-fundador da Sociedade Bíblica ele também tem um coração aberto para o trabalho missionário. Assim apoiou os colonos em Zürichtal (Vale de Zurique) na península de Criméia, enviando-lhes Bíblias e literatura edificante, e encaminhando o envio de um pastor para esta colônia.

De 1828-1837 Gessner ocupa o cargo eclesiástico mais elevado, o de Antistes (Presidente, Bispo) da Igreja em Zurique. Como tal é também o primeiro pastor na Catedral-mor em Zurique. Por motivo de saúde abalada declinou destes cargos. Porém, continuou a prestar assistência social e não deixou de pregar a boa nova do Evangelho. Em 1843 ele foi chamado a eternidade.
 

Fonte: Urs Schwarz em http://www.zuonline.ch/2glattaler/archiv/storys_archiv.cfm?vID=539

Nota: 1 Johann Caspar Lavater (1741-1801), pregador evgl. e escritor em Zurique, com idéias pietistas e pentecostalistas.
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Letra
ID: 15565
REDE DE RECURSOS
+
O amor só é verdadeiro quando também a fé é verdadeira. É o amor que não busca o seu bem, mas o bem do próximo.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br