Josef Mohr (1792-1848)

Obra e Biografia

29/06/2012

FRANZ JOSEPH MOHR (1792-1848 ) HPD nº 13


Nasceu: 11 de dezembro de 1792, em Salzburg, Áustria. Faleceu: 5 de dezembro de 1848, Wagrain, (Pongau), Áustria. Sepultado: Wagrain, Áustria. É dito que o crânio dele tem sido removido para fazer uma cópia e, então, enterrado debaixo do altar na igreja.

Após ter freqüentado o ginásio beneditino e a Faculdade de Teologia em Salzburg, Franz Joseph Mohr recebeu a ordenação de sacerdote no dia 21 de agosto de 1815, pelo Bispo católico romano de Salzburg. Mohr trabalhou inicialmente como pregador auxiliar em Ramsau (próximo de Berchtesgaden), depois em Mariapfarr no Cantão Lungau, e de 1817-19 em Oberndorf (próximo de Salzburg). Ali nasceu o hino Stille Nacht, heilige Nacht.

Depois Mohr era coadjutor ainda em Kuchl, Golling, Vigaum, Adnet, e Authering; e mais tarde Vigário-substituo em Hof e Hintersee - todos na diocese de Salzburg. Em 1828 ele foi designado como vigário em Hintersee, e em 1837 em Wagrein, perto de St. Johann.

Franz Joseph Mohr é autor do internacionalmente conhecido hino de Natal “Stille Nacht, heilige Nacht...” (EG nº 351) = HPD nº 13 “Noite feliz, noite feliz”, criado na véspera de Natal de 1818, para o qual o professor e organista Franz Xaver Gruber (1787-1863) compôs logo em seguida a melodia, que tão bem se ajustou ao espírito da letra. Na missa da meia-noite de 25 de dezembro de 1818, na igreja São Nikolau em Oberndorf, o autor (Tenor) e o compositor (Baixo), junto com algumas cantoras do povoado, acompanhados ao som de violão (porque o órgão estava com defeito), apresentaram este hino para a comunidade reunida. O hino de Mohr, originalmente com 6 estrofes, foi impresso e publicado pela primeira vez no “Leipziger Gesangbuch”, em 1838, vinte anos depois do seu nascimento.

O hino foi traduzido para inúmeras línguas. Em inglês conhecem-se mais de 12 versões. Em português podemos citar pelo menos 4 traduções impressas. A mais usada (que com pequenas adaptações também se encontra em nosso hinário “Hinos do Povo de Deus” nº 13) é a tradução do Pe. franciscano Pedro Sinzig, grande musicista no início do século XX no Brasil. Sua versão, foi amplamente divulgada na década de 1930 através de folhetos anexados às caixinhas de velas da Cia. Wetzel Industrial de Joinville.

Fontes:

- Artigo “Noite de Paz” de Henriqueta Rosa Fernandes Braga, em “Cânticos de Natal”, 1960³
- Harry Beyer Mohr, Josef Franz em BBKL, Volume VI (1993), Colunas 31-32.
- www.cyberhymnal.org/
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Letra
ID: 15616
REDE DE RECURSOS
+
Portanto, já que vocês aceitaram Cristo Jesus como Senhor, vivam unidos com ele. Estejam enraizados nele, construam a sua vida sobre ele e se tornem mais fortes na fé.
Colossenses 2.6-7
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br