Ludwig Helmbold (1532-1598)

Obra e Biografia

29/06/2012

Ludwig Helmbold (1532-1598) HPD 223 e 247

Nasceu: 13 de janeiro de 1532, Mühlhausen, Thuringia.
Faleceu: 8 de abril de 1598, Mühlhausen, Thuringia.

Filho de Stephan Helmbold, (fabricante de produtos de lã em Mühlhausen), Ludwig era educado em Leipzig e Erfurt (BA 1550). Depois de dois anos no cargo de Diretor da Escola de Stª Maria em Mühlhausen, ele voltou a Erfurt, e permaneceu na Universidade (MA 1554) como conferencista, até ser indicado em 1561 como Co-reitor do Ginásio de Stº Agostinho em Erfurt. Quando a Universidade foi reconstituída em 1565, (depois da pestilência de 1563-4), ele foi designado professor na Faculdade de Filosofia. Porém, Helmbold era evangélico. E em conseqüência de discussões com pessoas católicas romanas na época da contra-reforma, ele foi afastado do cargo de professor em 1670. Voltando a Mühlhausen, ele foi designado, em 1571, Diaconus (pároco) da Igreja de Stª Maria, e a partir de 1586, pastor na Igreja de St.Blasius e Superintendente na sua cidade natal de Mühlhausen, onde a peste o ceifou em 1598

Como poeta laureado em 1566 pelo então Imperador Maximiliano II1, o chamaram de “Asafe germânico”. Muitas de suas poesias em latim (na maior parte sobre assuntos espirituais e morais) tornaram-se famosas pelos arranjos feitos por Johannes Eccard e Joachim a Burgk 2. Das suas poesias em língua alemã destacam-se principalmente os hinos de confiança em Deus.

Em nosso hinário HPD, volume 1, temos 2 hinos da autoria de Ludwig Helmbold: Von Gott will ich nicht lassen (EG nº 213) = HPD nº 223 De Deus não me desvio, e Nun lasst uns Gott dem Herren Dank (EG nº 244) = HPD nº 247 Glória e louvor cantemos!

Hino HPD nº 223 “De Deus não me desvio”. Das 9 estrofes no original alemão: Von Gott will ich nicht lassen (EG nº 213) somente 4 foram traduzidas. O conteúdo combina com as palavras do Salmo 73,23-26. Este hino nasceu na época da peste e foi feito para amigos que fugiram da cidade para escapar desta doença. A melodia, originalmente de uma canção profana, tornou-se melodia sacra em 1572 em Erfurt. (Outra melodia, da autoria de Heinrich Schütz, de 1628, encontra-se no Hinário da IECLB de 1971, sob Nº 187).

Hino HPD nº 247 “Glória e louvor cantemos!” = Nun lasst uns Gott dem Herren Dank sagen und ihn eheren no original alemão (EG nº 244) tem 8 estrofes, das quais somente 5 foram traduzidas. A melodia é de Nikolaus Selnecker, 1587, adaptada por Johann Crüger, 1649.

A 1ª estr. convoca-nos a cantar e jubilar, exaltando a bondade e benignidade de nosso Deus.
Na 2ª estr.: Quais os motivos de nossa gratidão?
Que outros motivos são citados nas estr. 3 a 5?
No original encontram-se no final 2 estrofes com pedidos, terminando com Amém.

Fontes:

- M. Doerne em “RGG³”, Vol.III, coluna 213.
- “Kleines Nachschlagewerk zum Evangelischen Gesangbuch”, München s.d.
- www.cyberhymnal.org/

Notas:

1 Maximiliano II de Habsburgo, também chamado de Maximiliano II da Alemanha (1527-1576) foi coroado rei da Boémia em 1562, da Hungria e da Croácia em 1563 e Imperador do Sacro Império em 1564[1].
2 Joachim a Burck (ou: von Burgk, nome verdadeiro: Joachim Moller) nasceu 1546 em Burg (próximo de Magdeburgo), faleceu 1610 em Mühlhausen , foi compositor alemão, conta como um dos pioneiros da Música Sacra evangélica do século 17 .

 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Letra
ID: 15576
REDE DE RECURSOS
+
Deus é um forno ardente repleto de amor, que abraça da terra aos céus.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br