Ó Cristo, não me deixes só

HPD 304

25/02/1549

1. Ó Cristo, não me deixes só
quando soar minh’hora.
Eu sei que o corpo torna ao pó,
que a morte não demora.
Minh’alma entrego a ti, Senhor;
queiras guardá-la, ó Salvador,
em tuas mãos benignas.

2. O meu pecado acusará 
minha alma, duramente; 
a consciência culpará 
o coração descrente. 
Minha alma quer desanimar, 
mas tu a vens revigorar 
co’as tuas chagas santas.

3. Um membro sou do corpo seu: 
Esta é minha alegria. 
O Bom Pastor jamais perdeu
ovelha que ele guia. 
E se morrer, morro em Jesus.
À vida eterna me conduz 
meu Salvador amado.

4. O meu Senhor ressuscitou, 
fez triunfar a vida. 
Aos inimigos subjugou, 
a luta foi renhida. 
Eu seguirei a meu Jesus 
e viverei em sua luz, 
por toda a eternidade.

5. Findando a peregrinação, 
estende as mãos, saudoso: 
Eis que o país da promissão
avisto, jubiloso. 
Em paz deixai-me adormecer.
Jesus, Senhor, há de acolher
minha alma em sua glória.


Autor da letra: Nikolaus Hermann


 


Autor(a): Nikolaus Hermann
Âmbito: IECLB
Hino: 304. Ó Cristo, não me deixes só
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Hino
ID: 32734
REDE DE RECURSOS
+
Se reconhecemos as grandes e preciosas coisas que nos são dadas, logo se difunde, por meio do Espírito, em nossos corações, o amor, pelo qual agimos livres, alegres, onipotentes e vitoriosos sobre todas as tribulações, servos dos próximos e, assim mesmo, senhores de tudo.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br