Paul Fleming (1609-1640)

Obra e Biografia

29/06/2012

Paul Fleming (1609-1640) HPD nº 228

Nasceu: 5 de outubro de 1609 em Hartenstein, Saxônia (Alemanha)
Faleceu: 2 de abril de 1640 em Hamburgo, Alemanha.

Paul (Matthias) Flem(m)ing era filho de um pastor em Hartenstein/Mulde (Erzgebirge, Saxônia). Ele freqüentou a Lateinschule em Mittweida e estudou na famosa Escola de São Tomé em Leipzig, onde J.H.Schein era professor de música. A partir de 1628 ele passou a estudar medicina. Dedicando-se à arte da poesia era laureado como poeta imperial, já em 1531, quando ainda era estudante. Mas a situação turbulenta da época (Guerra de 30 Anos) não lhe permitiu olhar para o futuro com grandes esperanças. E ainda a decepção sobre um namoro desfeito lhe causaram tristeza e melancolia.

No ano de 1633 apareceu uma luz no fim do túnel escuro. Fleming foi convidado a participar como Hofjunker (morgado da corte) e Truchsess (funcionário) de uma legação do Duque Frederico III de Holstein-Gottorp. Ele aceitou, na esperança de fugir por algum tempo dos problemas na sua pátria. A viagem desta representação diplomática o levou para a Rússia e a Pérsia. Ela demorou seis anos.

Antes desta viagem perigosa e prolongada Fleming se despediu de seus pais em Wechselburg. Ele foi para Hamburgo, onde iniciou a viagem. No porto viu os barcos e navios, que lhe falaram de partida e volta a pátria. Mais uma vez lembrou-se dos seus queridos que ficaram sem vê-lo durante alguns anos.

Uma sensação de medo se apoderou dele. Porém, não era a vida toda como uma viagem na incerteza? Não era cada novo dia um risco a ser enfrentado? Existia algo seguro em que se possa confiar? No meio de todas as incertezas o único porto seguro era Deus. Nele pode-se confiar. E aí vieram as idéias para os versos do hino In allen meinen Taten lass ich den Höchsten raten (EG nº 223) que no original alemão conta com 15 estrofes. As seis estrofes traduzidas, que se encontram em nosso hinário  HPD nº 228 Em todo o meu trabalho da luz de Deus me valho, ainda refletem algo dos perigos desta viagem, e são um testemunho da confiança que Fleming depositou em Deus .

Depois desta longa viagem Fleming continuou seus estudos em Leiden e foi graduado Doutor em Medicina em janeiro de 1640. Mas em conseqüência dos esforços da viagem Fleming adoeceu com pneumonia e faleceu em 2 de abril de 1640 em Hamburgo. Na lápide de sua sepultura encontram-se as palavras Der deutsche Schwan, der wohlbered'te Mund, dem doch kein Landsmann gleicht hat reden je gekunnt (O cisne germânico, a boca mui eloqüente, a quem nenhum patrício se pode igualar).

Paul Fleming escreveu poesias profanas e religiosas em alemão e em latim. Muitas das suas poesias recontam aventuras da viagem feita nos anos 1633-39. Entre o total de 485 poesias encontram-se 41 de cunho religioso. O pai da noiva de Fleming, o comerciante Niehusen de Hamburgo, editou estas poesias entre 1642 e 1646.

Fontes:

- W. Lueken, o artigo Flem(m)ing em RGG³, Vol.II, col.977, Tübingen, 1958
- Friedrich W. Bautz, o artigo Fleming em BBKL, Vol.II (1990), Col.53-55.
- Lieselotte von Eltz-Hoffmann Lob Gott getrost mit Singen, Stuttgart, 1989, páginas 54/55
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Letra
ID: 15555
REDE DE RECURSOS
+
Jesus Cristo diz: No mundo vocês vão sofrer, mas tenham coragem. Eu venci o mundo.
João 16.33
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br