William Edwin Entzminger (1859-1930)

Obra e Biografia

29/06/2012

William Edwin Entzminger (1859-1930) – HPD nº 447

Nasceu 25 de dezembro de 1859 em South Carolina, EE UU. 
Faleceu 11 de janeiro de 1930 em Petrópolis, RJ.

William Edwin Entzminger estudou na Furman University e no Southern Baptist Theological Seminary, Louisville, Kentucky, EEUU. Ele foi, (com William Buck Bagby, Zachary Clay Taylor, Salomão Luiz Ginsburg, Eurico Alfredo Nelson e James Jackson Taylor), um dos seis missionários batistas pioneiros no Brasil. Entzminger, em abril de 1891, casou-se com Maggie Grace Griffith; o casal, enviado pela junta de missões estrangeiras da convenção batista do Sul dos EUA, sediada em Richmond, Virginia, chegou a Salvador (BA) em 11 de agosto de 1891. Acometido por febre amarela e malária, o casal pouco tempo depois foi para o Recife (PE). Ali morreram os filhos Margarida, 1891, e William Junior, 1894, mas o casal permaneceu durante mais de sete anos.

Em 1900, com sua esposa muito doente, Entzminger transferiu sua residência para o Estado do Rio de Janeiro (Nova Friburgo e Rio de Janeiro). Em janeiro de 190l, fundou “O Jornal Batista”. De 1901 a 1919, foi diretor deste periódico denominacional. Em 1904, verificou que estava leproso; tratou-se nos EUA e em 1908 retornou curado. Em 1911, Entzminger, juntamente com Salomão Luiz Ginsburg, Otis Pendleton Maddox, Amélia Joyce e Emma Paranaguá, foi nomeado pela Convenção Batista Brasileira, na assembléia realizada em Campos (RJ) para a Comissão de revisão final dos hinos do “Cantor Cristão” (OJB, 02 nov 1911, p.2).

Em 1919, publicou “Lyra Cristã”, o primeiro hinário batista no Brasil com música (OJB, 10 jul 1919, p.12). Em 1920, viajou para os EUA, onde faleceu sua esposa Maggie Grace. Em 1921, foi residir em Petrópolis (RJ), mas trabalhava na Casa Publicadora Batista (antecessora da JUERP), no Rio de Janeiro. Em 1922, casou-se com a missionária Amélia Joyce. Entzminger faleceu e foi sepultado, em 11 de janeiro de 1930, no Cemitério Municipal de Petrópolis (OJB, 13 jan 2002).

Entzminger era zeloso estudante da língua portuguesa. Depois de Salomão Luiz Ginsburg, Entzinger foi o maior hinógrafo entre os missionários batistas no Brasil. Ele escreveu, traduziu ou adaptou 72 letras de hinos para o “Cantor Cristão” (CC). Menos de um terço deles (21) foram aproveitados no “Hinário para o Culto Cristão”.

Entre 1904 e 1925, previamente 26 hinos foram publicados em “O Jornal Batista”.
“Tal qual estou”, (CC-266, HCC-300) foi publicado em OJB (22 out1908, p.1), depois de Entzminger ter traduzido quatro das seis estrofes de Charlotte Elliot escritas em 1834 para o hino “Just as I am”. Este hino foi traduzido quando Entzminger, em 1908, voltou dos EUA para o Brasil curado da lepra; ele, até então, dizia: “Tal qual estou, sem esperar que possa a vida melhorar, em Ti só quero confiar”. Obs.: A versão do HPD nº192 é de M. da Silveira Porto Filho, em 1960.

O célebre hino “Stille Nacht”, escrito por Joseph Mohr em 1818, foi traduzido do alemão para o inglês por John Freeman Young. Provavelmente usando essa versão inglesa, um século mais tarde o hino de Mohr foi traduzido por Entzminger (“Noite de paz! Noite de amor!”, CC-30, HCC-91, OJB, 01 nov 1917, p.1). Obs.: A versão “Noite feliz, Noite feliz” em HPD nº 13 é do Pe. Pedro Sinzig, (1876-1952) grande musicista no início do século passado no Brasil. Sua versão, foi amplamente divulgada na década de 1930 através de folheto anexado às caixinhas de velas da Cia. Wetzel Industrial de Joinville.

O texto do hino “Ah, se eu tivesse mil vozesHPD nº 447 (CC 386) é da autoria de William Edwin Entzminger. Juntamente com o missionário Eurico Nelson, ele estava num barco, no rio Amazonas, e ouviu a exclamação de Nelson. Ao chegar de volta ao Rio de Janeiro, começou a esboçar a letra do hino. Escolheu a melodia de Sherwin, composta em 1875 para uma letra de William Orcutt Cushing (1823-1902). Esse hino missionário, que expressa o profundo ideal de Entzminger, revela seu amor ao Brasil.

Fontes:
http://crentebatista.wordpress.com/2010/04/22/william-edwin-entzminger/
http://nethymnal.org/bio/e/n/entzminger_we.htm
http://www.abordo.com.br/nassau/top_hin99.htm
      


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Letra
ID: 18114
REDE DE RECURSOS
+
O Senhor renova as minhas forças e me guia por caminhos certos, como Ele mesmo prometeu.
Salmo 23.3
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br