Música na IECLB


Frank M. O. Graf (1943-2016)

Obra e Biografia

29/06/2012

Frank M. O. Graf (*1943)

Melodias de HPD nº 069, 144, 145, 158, 195, 196, 275, 284, 285 e adaptação da letra de HPD nº 251

Nasceu em 19 de março de1943, em Halberstadt, Alemanha, como filho da pianista brasileira Esther Graf e o instrutor de avião alemão Otto Graf. Chegou ao Brasil com três anos de idade. Aqui criou novas raízes e sua cidadania brasileira.

Freqüentou 1954/1955 o Colégio Martinus em Curitiba, PR, 1956-1961 o Instituto Pré-Teológico e depois a Escola Superior de Teologia da IECLB em São Leopoldo, RS, formando-se 1965 em teologia. Em julho de 1963 participou do grupo de estudantes que gravaram o disco LP Nós cremos todos num só Deus com 12 hinos luteranos, cantados em português.

Terminados os estudos ele assumiu em outubro de 1965 o pastorado em Trombudo Central, SC, (até 1972). Ali achou sua esposa Anelise Schütte.
Por solicitação do Concílio da Região Eclesiástica II (realizado em agosto de 1971 em Londrina, PR)1 Frank Graf foi licenciado para dedicar-se ao estudo da Música Sacra. Viajou para a Alemanha em agosto de 1972. Estudou música em Berlim e fez o exame de música de nível C na cidade de Luebeck, retornando ao Brasil no início de 19742.

P. Frank Graf passou, então, a residir em Blumenau, SC. Assumiu o cargo de chantre da IECLB e ao mesmo tempo o de Diretor do Departamento de Música Sacra. As suas tarefas principais eram: treinamento de organistas e regentes de coros; realização de cursos de canto e de música; edição e divulgação de material para canto coral e música nas Comunidades; assistência e orientação em música sacra aos futuros pastores, catequistas e outros obreiros da IECLB3.

Sob a orientação do P. Frank Graf continuaram anualmente as já famosas Semanas de Música em Ivoti e Panambi, RS, e outros seminários foram realizadas esporadicamente em São Bento do Sul e Blumenau, SC, e em Araras, RJ, e Serra Pelada, ES.

Em 1976 ele organizou a União de Corais Evangélicos (UCE), uma entidade cultural, sem fins lucrativos, orientada pelo Departamento de Música Sacra da IECLB. No ano de 1983 a UCE contou com 130 corais inscritos, agregando 2.774 cantores. Eles receberam regularmente as partituras CANTATE DOMINO com arranjos de hinos e corais. P. Graf participou dos Encontros de Corais desde o Estado do Espírito Santo até o Rio Grande do Sul, incentivando e animando os cantores para o louvor a Deus.

Além disso realizou cursos de música para auxiliares de Culto Infantil, com o intuito de fomentar o trabalho musical entre as crianças, já que as escolas estaduais pouco fizeram na área da música. Estes cursos igualmente aconteceram nos diversos Estados, desde o norte até o sul de nosso país.

Em Blumenau, SC, Graf organizou o Curso de Música Sacra, um curso que transmitiu os conhecimentos musicais básicos para os regentes, organistas e auxiliares, e formou músicos para servirem nas Comunidades Evangélicas. Era um curso de 2 a 3 anos de duração, havendo aulas num fim-de-semana por mês, com as seguintes matérias: regência coral, flauta, violão, harmônio, órgão, teoria musical, história da música, liturgia e hinologia. Nesse Curso se formaram 56 músicos, os quais atuam principalmente nos Estados de Santa Catarina e Paraná4.

O Departamento de Música Sacra, sob a direção do P. Frank Graf, além das partituras para corais, editou também material musical para o trabalho na Juventude Evangélica, para o Cancioneiro da OASE e para o Departamento de Catequese5.

Desde 1976 P. Frank Graf fazia parte da Comissão do Hinário que elaborou o 1º volume do atual hinário oficial da IECLB Hinos do Povo de Deus, editado em 1981. [Em 25 anos o hinário foi reimpresso 40 vezes, num total de 223 mil exemplares.] Ao lado disso, também foi elaborado um livro com arranjos para organistas, do qual foram distribuídos 1.470 exemplares6.

São da autoria de Frank Graf as melodias no HPD de

69   - Creio que o dia virá - Lindolfo Weingärtner

144 - Na casa de Deus há paz - Lindolfo Weingärtner

145 - Em noite tenebrosa - Lindolfo Weingärtner

158 - Da terra a plenitude - Lindolfo Weingärtner

195 - Meu irmão, tu precisas falar com Jesus - Lindolfo Weingärtner

196 - Se não houver quem profetize - Lindolfo Weingärtner

275 - O dia nasce em esplendor - Eisaburo Kioka

284 - Ao por-se o sol - Christa Weiss

285 - Sede unidos no Senhor - Ernesto Fischer

e a adaptação da letra do hino HPD nº 251 (Eu canto quando bem quiser).

A Convite da ISAEC Graf gravou vários CDs com corais e músicas do HPD.

Em 1984 o P. Frank Graf entregou o cargo de Diretor do Departamento de Música Sacra e passou a trabalhar como pastor da paróquia evangélica em Fidelis7, até 1989, e ao mesmo tempo como professor na Fundação Universitária de Blumenau, até 2003, quando se aposentou.

Em 1986 Frank Graf iniciou o Coro da FURB, enfocando em sua produção artística o repertório coral erudito nacional e internacional8.

Em 1989 foi convidado para assumir um cargo público de Secretário municipal de Cultura e Turismo, que encerrou em 1992.

Desde 1994 está regendo a Orquestra de Câmara de São Bento do Sul, SC.

Em 1999 foi possível criar a Orquestra da Universidade, um corpo musical orquestral aberto a todos os cursos da Universidade e da comunidade blumenauense. É uma das poucas Orquestras Universitárias existentes no país, sendo composta por 32 músicos, a maioria deles acadêmicos e graduados do curso de música da FURB, tendo como regente o professor e maestro Frank Graf.

Além disso ele coordena o Quinteto de Metais - um grupo que possui a clássica formação dos instrumentos de metal, resumindo o som de uma orquestra para apenas cinco instrumentos: o trombone, a trompa, a tuba e os dois trompetes. O grupo surgiu da iniciativa dos próprios músicos da Orquestra da Furb.

Notas:

1 Boletim Informativo da RE II de 01-09-1971, item 5-k
2 Boletim Informativo do Conselho Diretor da IECLB nº 17 de 25-01-1973.
3 Boletim Informativo do Conselho Diretor da IECLB, nº 25 de 24-04-1974.
4 A partir de 1983 a FURB assumiu o Curso de Música Sacra, denominando-o Curso de Música para Comunidades.
5 Relatório de Frank Graf sobre o Dep. de Música Sacra, Blumenau, em março de 1983.
6 Informação de Clovis Horst Lindner em 2006.
7 Fidelis é Bairro de Blumenau, SC.
8 A partir de maio de 1992 o Coro está sob a direção artística de Eusébio Kohler que passou a dedicar-se a execução de Música Popular Brasileira arranjada para o canto coral.
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Área: Celebração / Nível: Celebração - Música
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Melodia
ID: 15730

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Cristãos que oram são verdadeiros auxiliares e salvadores.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Devemos orar com tanto vigor como se tudo dependesse de Deus e trabalhar com tanta dedicação como se tudo dependesse de nosso esforço.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br