IECLB e Conselho Mundial de Igrejas



ID: 2701

Conselho Mundial de Igrejas recebe Menção Honrosa em prêmio de Direitos Humanos no Brasil

06/12/2005

O Conselho Mundial de Igrejas (CMI) será agraciado, nesta quinta-feira, 8, com Menção Honrosa do Prêmio Alceu Amoroso Lima Direitos Humanos 2005, outorgado pelo Centro Alceu Amoroso Lima para a Liberdade (CAALL). A cerimônia terá lugar na Universidade Candido Mendes, no Rio de Janeiro.

O coordenador local do Comitê Organizador da IX Assembléia Geral do CMI, pastor Rui Leopoldo Bernhard, representará o organismo ecumênico na celebração de entrega da menção honrosa. Trata-se de um justo reconhecimento ao CMI, uma das primeiras organizações a tomar a defesa dos Direitos Humanos nos momentos difíceis que países viveram sob regimes militares, disse Bernhard para a ALC.

O CMI foi indicado ao Prêmio pelo professor Jether Ramalho e aprovado por unanimidade pelo grupo de trabalho Alceu Amoroso Lima, presidido pelo professor Candido Mendes, que faz a escolha dos agraciados.

A Menção Honrosa ao CMI deve-se à sua reconhecida atuação na busca da justiça e da paz, que são, pelos critérios do CAALL, fatores fundamentais para a garantia dos direitos humanos, o respeito à cultura dos povos e ao meio ambiente.

O Prêmio Alceu Amoroso Lima Direitos Humanos 2005 será concedido ao ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias.

Também serão agraciados com a Menção Honrosa, ao lado do CMI, o bispo católico-romano dom José Maria Pires e o padre Júlio Lancelotti. Recebe ainda a menção, post mortem, a irmã Dorothy Mae Stang, assassinada no dia 12 de fevereiro de 2005, em Anapu, Pará, em razão de conflitos de terra.

Irmã católica norte-americana naturalizada brasileira, Dorothy Stang deu a vida pela defesa dos sem-terra da região da Terra do Meio, no Pará. Ela denunciou a grilagem de terras, o desmatamento e a exploração ilegais de madeiras nobres na área.

Dom José Maria Pires foi arcebispo da Paraíba de 1966 a 1995. Destacou-se, junto com dom Paulo Evaristo Arns, na luta contra a violência e a tortura durante o regime militar brasileiro. Desenvolveu vários trabalhos comunitários, entre eles as comunidades rurais autogeridas e as comunidades rurais de base.

O padre Julio Lancelotti coordena o Centro de Defesa da Criança e do Adolescente da Pastoral do Menor de São Paulo. Ele é pároco da Igreja São Miguel Arcanjo, na capital paulista, e criador da Casa Vida, que abriga jovens e crianças portadoras do vírus HIV.

O Prêmio Alceu Amoroso Lima foi instituído em 1983 e é conferido, a cada ano, nos anos ímpares, para pessoas, organizações, instituições, grupos que se destacam na luta pela justiça, paz e pelos Direitos Humanos. Nos anos pares, o Prêmio é dado para poetas que tratam do tema.

No período de 14 a 23 de fevereiro o CMI estará realizando em Porto Alegre a sua 9ª Assembléia, cuja programação poderá ser acompanhada por todos os interessados. Mais informações em http://www.wcc-assembly.info/index.php?id=454&L=5
 

Que cada um use o seu próprio dom para o bem dos outros!
1Pedro 4.10b
© Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br