Filipenses 2.5-11 - Ano Novo (Nome de Jesus) - 01/01/2018

Caderno de Cultos 2018

01/01/2018

01/01/2018- Ano Novo (Nome de Jesus)
Pregação: Fp 2.5-11; Leituras: Nm 6.22-27; Lc 2.15-21
Ariádner Jastrow Potratz Berger – Paróquia Evangélica de Confissão Luterana de Porto dos Gaúchos- MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia/Boa tarde/Boa noite! Saudamos a todos/as vocês com as palavras bíblicas de Lc 2.18-19: “Todos os que ouviam se admiraram das coisas referidas pelos pastores. Maria, porém, guardava todas estas palavras, meditando-as no coração”.

Damos as boas-vindas a todos nesta manhã, e acolhemos a vocês que hoje nos visitam com alegria. Sintam-se acolhidos/as em nosso meio.

CANTO DE ENTRADA
Nº123 – HPD I – O nosso encontro

SAUDAÇÃO
É o próprio Deus que nos reúne neste culto para celebrarmos com alegria a chegada do ano novo, onde se renovam as esperanças, o amor, novos objetivos e conquistas. Nos reunimos na presença de Deus para celebrarmos não em o nosso nome, mas no nome do Deus que é Triúno: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Por isso, invocamos cantando:

CANTOS DE INVOCAÇÃO
/:Que a graça do Senhor Jesus e o amor de Deus o Pai, e a comunhão, a comunhão do Espírito reine aqui. E para sempre, e para sempre e para sempre. Amém. :/

CONFISSÃO DE PECADOS
Convido a nos colocarmos de pé e de forma humilde e sincera, queremos nos colocar na presença de Deus com nosso coração aberto em busca de misericórdia e de vida nova, e confessar os nossos pecados. Oremos:
Misericordioso Deus, chegamos a ti neste momento clamando o teu perdão. Durante o ano que findou, poucos foram os momentos em que lembramos de agradecer-te por todas as bênçãos a nós concedidas. Mesmo assim, ó Pai querido, Tu não deixaste de conceder o pão de cada dia, nos livras-te de tentações, danos e perigos. Inúmeras foram às dádivas e as bênçãos que Tu colocaste a cada dia do ano, sobre cada um de nós.
Reconhecemos Senhor, a nossa fraqueza como seres humanos e, que diante de Ti somos pequenos e fracos. Por isso, te pedimos: perdoa o nosso egoísmo, nossa indiferença, nosso orgulho, que muitas vezes nos distanciam de ti e do nosso próximo. E faze Senhor, com que neste novo ano que entramos, a nossa vida seja vivida a partir do teu amor e misericórdia. Perdoa Senhor nossos pecados e mostra-nos o sentido de uma vida nova. Por Cristo, nosso Senhor e Salvador, oramos. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Nosso Senhor e Salvador convida: “Vinde a mim os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomais sobre vos o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para vossa alma”. Ouvindo as Palavras do próprio Cristo, recebemos o perdão de Deus, que é fiel e justo para nos perdoar e purificar. Amém.

KYRIE
Convido para num momento de solidariedade, nos unirmos às vozes das pessoas do mundo inteiro que passam por dificuldades, dores, guerras e sofrimentos e clamemos a Deus para que tenha misericórdia de todo este sofrimento e acabe com estas situações, cantando:
/:Pelas dores deste mundo, ó Senhor, imploramos piedade. A um só tempo geme a criação. Teus ouvidos se inclinem ao clamor desta gente oprimida. Apressa-te com tua salvação. A tua paz bendita, irmanada com a justiça. Abrace o mundo inteiro. Tem compaixão! O teu poder sustente o testemunho do teu povo. Teu Reino venha a nós Kyrie eleison! :/

GLÓRIA IN EXCELSIS
Agradecidos pelas bênçãos de Deus e por Ele nos ouvir, cantemos glórias a Ele:
/:Glória, glória, glória a Deus nas alturas. Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós:/

ORAÇÃO DO DIA
Senhor Deus e Pai, te agradecemos por este novo ano que iniciamos na tua presença. É maravilhoso sabermos que o tempo a ti pertence e também este novo ano é um ano do Senhor. Em cada dia estás presente entre nós em Jesus Cristo e também no Espírito Santo. Começamos agora mais um ano, talvez nossas preocupações sejam as mesmas, nossos problemas ainda não se resolveram, e as ansiedades nos preocuparem, te pedimos, Senhor: fortalece-nos e acompanha-nos em cada dia deste ano. Renova-nos Senhor pela fé em Cristo por meio da Tua Palavra. Abençoa nossa Comunidade e Tua Igreja em todo o mundo. Neste mundo em constante mudança, só Tu Senhor, és a nossas esperanças. Por isso, oramos em nome de Jesus, nosso Redentor e Salvados. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Números 6.22-27

Queremos, neste momento, receber com alegria a palavra libertadora e animadora do Evangelho cantando Aleluia:
C. Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia 2X
2ª Leitura Bíblica: Lc 2.15-21

3ª Leitura Bíblica: Fp 2.5-11

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
381 - HPD II – Pela Palavra de Deus

PREGAÇÃO
Fp 2.5-11
Oração: Bondoso Deus! Sê conosco neste momento de reflexão na tua palavra, de maneira que esta nos auxilie a fazer uma avaliação de tudo o que vivemos no ano que passou e nos auxilie a planejarmos como pessoas cristãs aquilo que desejamos para o ano que hoje se inicia. Amém!

Saudação: Que a graça, o amor e a paz do Senhor Jesus venham nos acudir, nos socorrer e abrir nossos corações e mentes para que a Palavra lida e refletida nos motive a viver em fé e amor, como verdadeiro povo de Deus. Amém!

Prezada Comunidade!
Um ano chegou ao fim, outro ano começou. Nestas poucas horas do novo ano, o que já pudemos notar de diferente, de novidade? Será que alguma coisa já mudou em nós e ao nosso redor? Será que já conseguimos nos permitir este tempo de parar e refletir no que vivemos no ano que passou e o que esperamos deste novo ano? Certamente vamos pensar e dizer, como 2017 passou rápido! Quais são meus desejos e sonhos para este ano?
Pensando no ano que passou, temos acompanhado acontecimentos nacionais e mundiais que nos deixam apreensivos, temerosos e inquietos. A crise têm produzido pessoas insatisfeitas e infelizes. O nível de intolerância atinge limites críticos. A violência aumenta dia após dia. Falta compreensão entre as pessoas. A boa convivência, boa conduta e boa amizade, estão se perdendo cada vez mais. Vivemos numa sociedade conturbada e difícil, onde pessoas não se respeitam mais. Não sabem mais conversar com educação. Estamos desaprendendo a agradecer, a ser gentis e a perdoar. Por todos os lados as pessoas se queixam pedindo por paz, por saúde e por tranquilidade. O consumo de drogas entre os jovens é preocupante. Os roubos, assaltos acontecem a qualquer hora e lugar. O meio ambiente está contaminado e as pessoas estão doentes. O mundo está doente. O que está acontecendo? Faltam parâmetros? Será que ainda há jeito?
Enquanto isso se comenta sobre as festas de fim de ano. Famílias se reuniram. Amigos se encontraram. Muita comida e bebida com conversas e brincadeiras. Estouro de fogos iluminando o céu. Fazem-se planos, sonhos. E a vida continua. É hora de fazer um balanço geral. É oportuno se perguntar: Como passamos o ano? Como nos relacionamos com os nossos pais, nossos irmãos ou com os nossos filhos? Conseguimos honrar os compromissos assumidos, dentro e fora da igreja? E a vida espiritual, como foi? Fomos fiéis a Deus? Contribuímos para uma sociedade melhor? Acertamos mais ou erramos mais? E em meio a tudo isso, estamos deixando espaço para Jesus? Estamos olhando para ele agora, ou vamos deixar o ano passar para só olhar para ele de novo no natal?
É necessário pararmos e nos perguntar para melhorar. Porque cada Cristão é chamado a ser exemplo de boas ações no mundo. Assim como os pastores de Belém receberam a boa notícia do nascimento do Salvador e tomaram uma atitude: “Vamos lá ver o que aconteceu!”(Lc 2.15b) E saíram alegremente louvando a Deus pelo que tinham visto e ouvido. Aquela boa notícia mudou a vida deles. E ela também quer mudar a nossa. Nós somos chamados a ser exemplo de mudança e de transformação. Deus espera que ajudemos a melhorar a situação desanimadora em que vivemos. Foi por isso que ele veio: para falar-nos do seu amor, da sua graça e da sua justiça. É como se Deus estendesse a sua mão em nossa direção, oferecendo graciosamente vida plena e abundante. Basta que aceitemos ou não.
Uma semana após o Natal, o menino é circuncidado, cumprindo a lei judaica. Circuncisão é uma ordem do próprio Deus, que quer dizer a aceitação como povo de Deus. E neste ato também recebe o seu nome, Jesus! “Deus é Salvação”. E dessa forma, Jesus é representante de Deus no mundo. É o próprio Deus encarnado que se aproxima do ser humano, revelando assim que é um Deus presente e acolhedor. Por todo o seu amor e misericórdia, Deus veio em Jesus Cristo, nos ajudar a carregar nossas cargas quando forem pesadas. Pois ele mesmo diz: “Vinde a mim todos que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei”. (Mt 11.28).
Querida comunidade! Um novo ano se inicia. Ele vem carregado de expectativas e esperanças de um mundo melhor. Que haja menos sofrimento, menos morte, menos fome, menos brigas, menos violência, menos intolerância de qualquer natureza. E que haja mais paz, mais alegria, mais segurança, mais amor, mais saúde para todos. Importa colocar a nossa vida nas mãos de Deus e pedir que ele nos oriente e nos guie. Reconhecer e confessar que nem sempre fomos fiéis, pois algumas vezes fomos omissos e outras vezes falhamos, erramos, outras vezes magoamos, ofendemos ou ainda fomos ofendidos. Também nos decepcionamos. Muitas vezes sofremos calados e refletimos sobre tudo o que estava acontecendo, como fez Maria “guardava todas essas coisas no coração e pensava muito nelas” (Lc2.19). Outras vezes faltaram forças.
Amados/as! Essa é a dinâmica da vida, também dentro da Igreja. Caímos e nos reerguemos. Levamos tombos. Quebramos a cara. Mas a solidariedade faz com que um ajude o outro a se levantar.
Conta-se que uma pequena menina, de nome Joana, havia terminado o seu primeiro mês de aula. Depois de dizer “até amanhã” para a professora, ela saiu correndo junto com as coleguinhas, e desapareceu de vista.
Poucos minutos depois ela estava de volta e, com o rostinho molhado de lágrimas, dirigiu-se para a professora, entre soluços, dizendo: Perdi a minha torre. Sem entender, a professora enxugou as lágrimas dos olhos e pediu que Joana explicasse o que havia acontecido. A menina, então explicou dizendo que no primeiro dia de aula, quando a mãe lhe trouxe na escola, lhe havia mostrado a torre alta que ficava em direção de sua casa. Assim, sempre que Joana andasse em direção daquela torre, ela estaria no caminho certo para casa.
Acontece, porém, que Joana saíra da escola por uma porta diferente naquele dia, e quando buscou seu ponto de referência, a Torre de Orientação, ela se viu completamente perdida, sem rumo e sem orientação.
Amados/as! Em nossa vida, muitas vezes passamos por momentos como nos retrata a história. Muitas vezes nos achamos sozinhos. E por isso, gostaria de te convidar para pensar em tudo o que se passou no último ano. E, se em algum momento nos sentimos como a Joana. Mas gostaria de te dizer que Deus hoje nos diz pela sua Palavra, que ele enviou para nós a torre segura para nos ajudar. E esse alguém é Jesus Cristo. É o Deus-conosco. Ele veio para ensinar o caminho do amor e da solidariedade. Muitos não o aceitaram. A sua caminhada foi difícil e penosa. Ele carregou a sua cruz, levando muitos tombos. Mas Deus o levantou e o ressuscitou dentre os mortos. Esta é a promessa que herdamos. É a esperança plena para a nossa vida. Por isso, aproveitemos o ano novo para começar uma vida nova. Para fazer o bem às pessoas. Para promover a paz e contribuir para um mundo melhor.
E como cristãos carregamos conosco parte deste nome, pois um dia fomos batizados em nome de Jesus, marcados com a sua Cruz e vivemos na esperança da Ressurreição. E o ano novo traz para nós a esperança, a alegria de sonhos de vida, de bem viver cuidados e guiados pelo Senhor. Arão, ao colocar o nome do Senhor sobre o povo, o fez dizendo: “que o Senhor lhe abençoe e lhe guarde; que seu rosto brilhe sobre você; que ele lhe trate com misericórdia; que ele levante seu rosto e lhe dê a paz” (Números 6.22-27). Com esta palavra de benção só temos a dizer muito obrigada por mais este ano que tu nos concedes.
Felizes são as pessoas que ouvem, guardam e praticam a Palavra de Deus. Amém!!!

HINO
36 – HPD I – Eis, num ano novo entramos

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta a Palavra anunciada, confessemos nossa fé com as palavras do Credo Apostólico:

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 37- HPD I – No ano novo

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________
Senhor, chegamos ao final desta celebração, mas com nossos corações agradecidos e cheios de alegria e esperança, pois Tu és o nosso refúgio e proteção bem presente em todos os tempos e situações. Por isso, como teus filhos/as agradecemos por nos permitires viver mais este ano na tua presença e nesta Comunidade de fé, junto com irmãos/ãs.
Te agradecemos por nossa Comunidade, Paróquia, Sínodo e nossa Igreja espalhada pelo território brasileiro e mundo, e te pedimos, continue a levantar homens e mulheres para te servirem com seus dons e capacidades;
Te agradecemos pelas lideranças, ministros/as e te pedimos, para que vivam sua fé firmes nas tuas Palavras e promessas, e que os auxilies na adversidades e dificuldades, derramando o seu Espírito Santo sobre cada um/a.
Te agradecemos pelos aniversariantes, aniversário de casamento, e te pedimos que até aqui nos acompanhaste e guiaste e mais uma vez tua promessa se renova nas vidas.
Deus Pai, tu que és amor e compaixão, derrama suas bênçãos e seu cuidado sobre este mundo, para as pessoas possam viver em harmonia. E assim, te pedimos, afasta de nós neste novo ano, toda e qualquer coisas e situação de doença, perigo ou morte. Senhor, também te pedimos por aqueles que se encontram entristecidos e aflitos por motivos diversos. Derrama seu Espírito Santo e traga paz, amor e fé aos nossos das pessoas. E permita Senhor que 2018 seja um ano onde haja mais amor, mais justiça, mais igualdade e união entre pessoas e também com aqueles que governam nossos municípios, estados e país.
Assim te pedimos, Pai de amor, esteja sempre conosco nos guardando e cuidando, e não permita que nos desviemos do teu caminho. Em nome de Jesus, oramos a uma só voz:
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________


BÊNÇÃO
Que a benção do Trino Deus, o Pai, Filho e o Espírito Santo, venha sobre vocês e permaneça com todos vocês para que Ele nos liberte de nós mesmos e nos mostre a riqueza da sua graça, recebida pela fé, alicerçada na Sagrada Escritura que aponta para Cristo vivo, nosso único Senhor. Amém.
ENVIO
Vamos em Paz e vivamos a felicidade do Reino de Deus nesta no de 2018.
C: Demos graças a Deus.


CANTO FINAL
Nº118 – HPD I – Deus vos guarde


Autor(a): Pa. Ariádner Jastrow Potratz Berger
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Natureza do Domingo: Ano Novo

Testamento: Novo / Livro: Filipenses / Capitulo: 2 / Versículo Inicial: 5 / Versículo Final: 11
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2018
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 45553
REDE DE RECURSOS
+
Assim diz o Senhor: Buscai-me e vivei.
Amós 5.4
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br