1 Coríntios 12.3b-13 - Domingo de Pentecostes - 31/05/2020

Caderno de Cultos 2020 - Sínodo Mato Grosso

28/04/2020

31/05/2020 – Domingo de Pentecostes
Pregação: 1 Coríntios 12.3b-13; Leituras: Números 11.24-30; João 20.19-23
Pastora Camila Luísa Faber Kerber – Alta Floresta - MT


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA

Bom dia/Boa noite! “(...) mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra” (Atos 1.8)
Hoje, é dia de Pentecostes! Dia onde relembramos a descida do Espírito Santo ao mundo. E, como nos diz o texto, o Espírito de Deus soprou dando poder as suas testemunhas em cada um dos cantos e lugares deste mundo. Ainda hoje, este Espírito sopra e nos conduz. Por isso, somos constituídos como igreja de Jesus Cristo, para pregar sua mensagem em qualquer lugar que estivermos.
Esta é a casa de Deus. Que nela possamos sentirmo-nos bem. Que aqui se sintam bem todos aqueles que nos visitam.

SAUDAÇÃO

Reunimo-nos como família cristã em nome do Trino Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

CANTO DE ENTRADA

Nº 466 - LCI – Vento que anima e faz viver

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS

Bondoso e Misericordioso Pai! Gratos te somos, pois hoje nos reúnes em tua presença. Gratos te somos, pois tem nos conduzido na caminhada cristã, mesmo quando temos falhado ou nos desviado da tua vontade e querer. Por nossos pecados, queremos te pedir perdão. Perdão, Senhor, pois, deixamos de olhar para o caminho que tens nos preparado e os nossos pés vacilaram. Perdão quando outras coisas nos parecem mais prioritárias do que as que vem de Ti e acabam nos desviando do verdadeiro foco. Perdão quando deixamos de orar e colocar tudo em tuas mãos; quando deixamos de buscar em tua palavra o refrigério e o consolo para a alma. Por cada um de nossos pecados, que nos afastam de Ti e do teu querer para o nosso caminhar, nós te pedimos perdão. Assim, Senhor, limpa-nos e renova-nos para a caminhada. Nós oramos e cremos em nome de Jesus Cristo, que contigo e o Espírito Santo reinam pelos séculos dos séculos. Amém!

ANÚNCIO DO PERDÃO

O Salmo 32.5 nos diz: “Confessei-te o meu pecado e a minha iniquidade não mais ocultei. Disse: confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a iniquidade do meu pecado.” Quando chegamos a Deus de forma humilde e lhe pedimos perdão de nossos pecados, Ele ouve o nosso clamor, nos perdoa e nos renova para a caminhada cristã. Assim, eu anuncio o perdão dos nossos pecados, não em meu nome, mas no nome do Trino Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!


GLÓRIA IN EXCELSIS

Pela condução de Deus em nossas vidas, por podermos lhe pedir perdão e sermos renovados para a caminhada, pela condução e discernimento que o Espírito Santo nos dá, queremos render glórias a Deus, cantando:

Nº 579 - LCI – Muitos virão te louvar

Ou: Nº ____________________________________________________


ORAÇÃO DO DIA

Senhor Deus, gratos te somos pelas bençãos que tu nos dá, dia após dia. Gratos te somos pelo teu amor e condução dada ao teu povo. Por tudo isso, te pedimos, que o teu Espírito Santo esteja no meio de nós, nos dando discernimento e sabedoria diante da tua palavra. Que Ele motive nossos corações e mentes a ações concretas. Isso nós de pedimos em nome de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Amém!

LITURGIA DA PALAVRA

1ª Leitura Bíblica: Números 11.24-30

Aclamação do Evangelho: “(...) mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra” (Atos 1.8). Queremos aclamar o Evangelho cantando Aleluia.

Nº 183 - LCI – Glorificado seja teu nome

Ou: Nº ____________________________________________________

2ª Leitura Bíblica: João 20.19-23

PREGAÇÃO

3ª Leitura Bíblica: 1 Coríntios 12.3b-13

Estimada comunidade!
Diante de nós está um texto que por diversas vezes já ouvimos em nossa caminhada cristã. Um texto que nos fala dos dons que foram distribuídos aos membros da comunidade de Corinto. Aqui, não se encontram todos os dons que o Espírito pode dar, mas apenas aqueles que ele deu aquelas pessoas, naquele lugar chamado comunidade de Corinto.
Mas, para que nós possamos entender este texto, é necessário que olhemos para duas coisas: para o contexto histórico e para a época do ano litúrgico em que nos encontramos. Primeiro, vejamos o contexto histórico.
Este é um trecho e/ou uma perícope de uma das cartas de Paulo endereçadas a comunidade de Corinto. Uma comunidade que, ouviu o Evangelho, a boa-nova, creu nela e, naquele lugar se estabeleceu para engrandecer o nome de Deus e levar sua palavra aos que dela necessitavam.
Mas, para que isso acontecesse, foi necessário alguns acontecimentos anteriores. Cristo teve de vir ao mundo, passar seus ensinamentos, preparar seus discípulos, padecer a morte de cruz e no terceiro dia ressuscitar. Só que a história não termina aqui. Sabemos que Cristo passou, após a ressurreição, 40 dias com seus discípulos e, ascendeu aos céus. Com isso, para que não ficassem desamparados, 10 dia depois, O Espírito Santo de Deus desceu ao mundo para que pudesse guiar os seus: o dia de Pentecostes.
E, a partir de sua descida ao mundo, o Espírito Santo capacitou homens e mulheres para levarem a mensagem da vitória sob a morte e o pecado, dando-lhes dons para cumprir a tarefa. Aqui, nascia a igreja cristã. Igreja esta que tem por maior tarefa cumprir a comissão de Cristo: Ir e fazer discípulos de todas as nações. Sobre estes dons é que nos fala o trecho da carta de Paulo a comunidade de Corinto.
Todavia, diferente do que nós pensamos, no trecho não nos são apenas importantes os dons ali apresentados, mas entendermos que, assim como naquela época, hoje o Espírito Santo atua e capacita com dons. O texto nos diz que “(...) ninguém pode dizer: Senhor Jesus, senão pelo Espírito Santo.” (Versículo 3), ou seja, nós só entendemos o Cristo fez por nós e, dizemos que Ele é nosso Senhor, quando o Espírito Santo trabalha em nossas vidas e nos dá o verdadeiro discernimento destas palavras e ações.
Da mesma forma, acontece com cada uma de nossas orações, confissões, súplicas e louvores. Se hoje podemos adorar a Deus é, única e exclusivamente, porque o Espírito Santo nos capacita. Ele não o faz apenas com dons, mas também revelando a boa-nova do Evangelho, nos abrindo os olhos diante da Escritura Sagrada e, nos capacitando como seus servos.
E, diante de tanta diversidade de culturas, tradições e formas de pensar, é certo que o Espírito Santo capacita cada um com dons diversos, pois nós somos diferentes. E, é justamente na diferença, que se tem a visão perfeita do todo. Assim, diante da diversidade de dons, percebemos que um não é maior do que o outro, ou melhor do que o outro, pois eles não vem de nós, mas são obras de Deus em nossa vida, através do agir do Espírito Santo.
Com isso, ninguém é melhor ou maior do que o outro por ter um ou outro dom, mas precisamos uns dos outros, para juntos, mantermos o nosso foco. Portanto, os dons dados pelo Espírito Santo, não são dons para a própria felicidade ou exaltação de alguns membros da igreja, mas devem ser proveitosos para os outros, para a igreja toda.
Sendo assim, quando entendemos que somos como o barro nas mãos do oleiro e que nossos dons não são para honra e glória própria, conseguimos pensar como igreja, como parte do corpo de Cristo. E, a imagem do corpo e seus membros se tornam reais e praticáveis para nós: imagens onde sabemos que não estamos no comando de tudo, pois é Cristo que é o cabeça, o comandante. Imagens que nos fazem refletir que, ao mesmo tempo que somos parte, se não fizermos a nossa parte, o corpo todo sofre.

Ou seja, imagens que revelam a grande missão do povo de Deus: levar o seu Evangelho a toda e qualquer pessoa, ensiná-las a entender a missão de Deus e, também, auxiliar, quando possível, diante das dúvidas e questionamentos. Mas como fazemos isso? Unindo os nossos dons. Orando e pedindo a Deus por discernimento e condução na caminhada. Buscando na sua Palavra a força e o poder que vem de Deus. Assim, exercemos nossos dons como a Deus apraz. Que Deus nos capacite com sabedoria e discernimento diante da tarefa que Ele nos dá. Amém!

CONFISSÃO DE FÉ

Queremos confessar a nossa fé, com as palavras do Credo Apostólico: Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)

Nº 462 - LCI – Vem, Espírito divino

Ou: Nº ____________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO

Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO

Que o bondoso Deus, cuja mão tem conduzido a humanidade no caminhar, possa continuar enviando o Seu Espírito Santo para nos capacitar e conduzir no nosso viver. Que o bondoso Deus conduza e fortaleça os nossos passos. Que Ele nos capacite e nos dê discernimento em nossas escolhas. Que assim Ele nos abençoe em nome do Trino Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

ENVIO

O Espírito Santo sopra onde lhe apraz. Que Ele seja o nosso condutor na missão de levarmos a boa-nova do Evangelho a toda e qualquer criatura. Amém!
 


Autor(a): Pastora Camila Luísa Faber Kerber
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: Domingo de Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Coríntios I / Capitulo: 12 / Versículo Inicial: 3 / Versículo Final: 13
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2020
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 56318
REDE DE RECURSOS
+
Jesus Cristo diz: Eu estou com vocês todos os dias até o fim dos tempos.
Mateus 28.20b
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br