1° mandamento - Eu sou o Senhor teu Deus. Não terás outros deuses diante de mim.

01/12/2010

1° mandamento - Eu sou o Senhor teu Deus. Não terás outros deuses diante de mim.

Esta é a versão que estudamos e que conhecemos do Pequeno Catecismo de Lutem. É uma pena que Lutem não citou todo o versículo 2 de Êxodo 20, onde lemos: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão. É verdade que o Egito está distante. Além disso, lá não fomos escravos. Ainda assim, esta observação é vital para a compreensão do mandamento, pois ela caracteriza o Senhor teu Deus. O Senhor Deus é o Deus que LIBERTA.. Por isso alguém propôs uma tradução assim: Eu sou o Deus que te liberta .... A grande experiência do povo de Israel foi a libertação.

Deus continua sendo o Deus da libertação. Nós somos escravos de tanta coisa! Escravos de tradições, escravos de ideologias políticas e outras tantas, escravos de preconceitos, escravos do nosso próprio EU, teimoso, cabeçudo. Tudo grandezas capazes de nos impedir de ver a nós mesmos como realmente somos, e deixar os outros serem gente, criaturas de Deus, e de vermos o mundo como mundo de Deus.

Deus nos liberta para a vida plena como seus filhos e filhas, que sabem que são tutores de seus irmãos e tutores de toda a criação. Mais do que nunca temos que ouvir isso: Somos libertos para ser cuidadores de nós mesmos, das demais criaturas e de toda a criação. Os outros deuses estão sempre de olho e são muito mais sutis e eficazes do que simples imagens: São os deuses do egoísmo, da ganância, do lucro fácil. O egocentrismo que nos determina e ao qual somos constantemente induzidos, é fatal para nós e para os outros.

Deus não se limita a dizer que não devemos ter outros deuses, mas ele nos dá uma ferramenta. preciosa que nos ajuda: Os mandamentos. Eles falam das relações entre seres humanos. Eles são como um corri mão com ajuda do qual podemos caminhar na vida com Deus e com sua criação. E não só isso: Deus nos deu e dá seu Filho, o Cristo, que viveu radicalmente a liberdade que Deus dá.

P. em. Harald Malschitzky, Proeduc - São Leopoldo/RS


Oração:

Senhor, nosso Deus. Obrigado pela liberdade que nos liberta de nós mesmos e nos encaminha para ti e para todas as tuas obras. Não permitas que voltemos à escravidão de outros deuses, que destroem a vida e nos afastam de ti. Por Cristo. Amém.


Voltar para índice Anuário Evangélico 2011
 


Autor(a): Harald Malschitzky
Âmbito: IECLB
Título da publicação: Anuário Evangélico - 2011 / Editora: Editora Otto Kuhr / Ano: 2010
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 32335
REDE DE RECURSOS
+
A Deus, aos pais e aos mestres, nunca se poderá agradecer e recompensar de modo suficiente.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br