A caminho dos 500 concertos - Fazenda Ibicaba - Cordeirópolis/SP

17/08/2015

17 pessoas para circundar a figueira
A casa grande
A Senzala
Concerto Fazenda Ibicaba
Contando a história
Fim de tarde
Louvor a Deus
Palmeiras gigantes. Quase 200 anos!
Sinais da escravidão
1 | 1
Ampliar

Hoje é Museu! Mas a Fazenda Ibicaba já foi a maior produtora de café do Brasil. Com mão de obra escrava (da África e da Alemanha e Suíça).

A longa história de sofrimento humano começou em 1817, com sua fundação por Nicolau Vergueiro, Senador do Império. E durante anos foi palco da escravidão negra. Conserva a senzala para visitação.

A partir de 1847 vieram os colonos prussianos (Alemães e Suíços). Deveriam substituir a força de trabalho negra. Ali começava a escravidão branca, pois a dívida contraída para chegar da Prússia até o Brasil se tornava impagável. Os alemães e Suíços se revoltaram. Esta “Revolta dos Parceiros” forçou a mudança das leis trabalhistas em todo o Império Brasileiro. Afinal, as famílias de imigrantes prussianos, fugidos da miséria, não podiam se tornar escravas de fazendeiros portugueses aqui no Brasil.

Theodoro, filho do atual proprietário da Ibicaba, nos contou toda essa história. Mostrou os locais onde tudo isso aconteceu. E pediu se não queríamos tocar umas músicas. Atendemos!

Os “Cantos Nordestinos”, música de nosso repertório, é um pequeno conjunto de lamentos, maracatu e baião. Soaram bem diferentes diante da casa grande. Na senzala só caberia um Kyrie. Não tocamos. É bem provável que não conseguiríamos.

Foi uma tarde de história brasileira o que o Coro Paroquial de Metais viveu naquela tarde de 17 de agosto de 2015.

Clique aqui ... confira onde já foram realizados concertos.
 

COMUNICAÇÃO
+
ECUMENE
+
Meu Deus e meu Rei, eu anunciarei a tua grandeza e sempre serei grato a ti. Todos os dias, te darei graças e sempre te louvarei.
Salmo 145.1-2
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br