A jumenta sábia (Um conto judaico)

01/12/2014

A jumenta sábia

(Um conto judaico)

Certo camponês tinha três animais: um cavalo, uma jumenta e um porco.

O cavalo e a jumenta tinham que trabalhar duro, e em troca ganhavam todos os dias o alimento de que precisavam.

Muito mais favorável parecia ser a sorte do porco. Ele não trabalhava. E mesmo assim recebia todos os dias generosas porções de comida.

Certo dia o cavalo falou para a jumenta:

– Como é tolo e ingrato o nosso dono! Veja, nós temos que trabalhar muito, com esforço e canseira. E em troca recebemos a nossa comida na medida exata do necessário. Enquanto isso o porco não faz nada. E, no entanto, recebe porções de comida à vontade. Isso não é justo!

A jumenta respondeu:

– Espere até que chegue o momento oportuno. Então você verá o triste fim deste porco. Aí você compreenderá que ele não recebe debalde ração em tão grande quantidade. Comida sem trabalho nunca trouxe felicidade para ninguém!

E de fato, não demorou muito, e o porco – bem alimentado e gordo – entrou para a faca: Foi carneado!

A jumenta, naquela época tinha um filhote. E este ouviu a profecia de sua mãe! E quando, mais tarde, certa vez ele recebeu uma porção um pouco maior de cevada, ele não quis comer. Pois temia a mesma sorte do porco que tinha sido tão bem alimentado!

Mas a mamãe jumenta lhe disse:

– Meu filhote, você pode comer sem medo. Pois não é a alimentação que traz a morte, mas sim, o ócio!

Extraído de
Familienkalender 2014, página 89;
tradução: P. Dr. Osmar Zizemer


Voltar para índice Anuário Evangélico 2015


Âmbito: IECLB
Título da publicação: Anuário Evangélico - 2015 / Editora: Editora Otto Kuhr / Ano: 2014
ID: 35027
REDE DE RECURSOS
+
Mal tenho começado a crer. Em coisas de fé, vou ter que ser aprendiz até morrer.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br