A sabedoria

Ainda em Homenagem às Pessoas Idosas em seu Dia

03/10/2019

Neste ano o 1º de outubro foi escolhido para nos fazer lembrar do Dia das Pessoas Idosas. Em vários lugares aconteceram as devidas homenagens a esta gente valorosa que já atravessou boa parte de sua vida. Agora, acumulados de experiências – boas e más – ensinam valores que devem ser cultivados desde a juventude. Sim, quanto antes “aprendermos” a envelhecer, tanto mais cedo poderemos colher os frutos da vida em sua plenitude.

Algo que podemos aprender com pessoas com experiência de vida há mais tempo, é sobre SABEDORIA. Se tivermos pessoas idosas ao nosso lado, vamos tentar sempre aproveitar a oportunidade de adquirir sabedoria com elas. A Bíblia, de igual forma, relata sobre sabedoria que muitas pessoas vivenciaram como experiência.

O primeiro passo a ser dado é reconhecer que a sabedoria vem de Deus. Desta forma podemos pedir a Deus esta qualidade para a nossa vida. Ela não é um privilégio apenas para pessoas idosas. Desde já podemos pedir que sejamos ensinados a respeito da sabedoria com as experiências que já temos acumulado. Temos indicativos para isto na história de José, no Egito. Embora jovem, recebe orientações sobre a sabedoria, como você mesmo pode comprovar em Gênesis 41.37-46.

Um segundo passo nos sugere que a sabedoria, além de ser dom, pode ser desenvolvida. Para além das nossas próprias experiências de vida, como podemos ver no caso acima, as experiências de outras pessoas, em outros contextos, com outras formas de viver, nos ajudam a desenvolver a sabedoria. Por isso não apenas os jovens devem ter curiosidade pelas coisas novas. Também pessoas idosas curiosas e sedentas de novidades tem um horizonte de vida ampliado. Podemos nos amparar no exemplo de Jesus, como se lê em Lucas 2.52. Esta curiosidade investigativa, que persegue os caminhos da sabedoria, desenvolve com maior clareza a visão do nosso próprio futuro. Portanto, peça a Deus também para você uma “visão do futuro”.

Em qualquer idade, mas pensando de forma especial nas pessoas que acreditam que já não podem mais fazer nada por causa da velhice, é importante sempre se colocar diante de novos desafios. É sob desafios que a sabedoria pode ser medida e avaliada através de projetos práticos. Toda vez que somos colocados diante de novos desafios, se torna saudável e sábio estabelecer metas. O que devo aprender? O que devo planejar? Como posso fazer? Quanto tempo vou me dar para esse desafio? Com quem vou poder contar? Que resultados esse desafio me trará? Estabelecer projetos para semanas, meses ou anos nos ajudam a ocupar a mente com conquistas e realizações. Podemos novamente olhar o exemplo de José, como já sugerimos no texto acima.

Por fim, as pessoas que já coleciona sabedorias suficientes na vida, lembrem de mais isto: você manifesta sabedoria ao deixar seu passado ser passado. Não, você não deve esquecer sua história, sua trajetória de vida. Simplesmente você não deve ser uma pessoa prisioneira do passado. O apóstolo Paulo deixa uma dica interessante ao dizer que “se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (2 Coríntios 5.17). É com esta certeza de que nossa vida se renova em cada nova época que Deus permite vivermos. Olhamos para o passado com gratidão pelos aprendizados e o futuro com determinação, pelos resultados que ainda queremos alcançar.

É agindo desta forma que a experiência de vida de cada pessoa, e em especial das mais avançadas em anos, se transforma em bênção e esperança, geração após geração. Você poderá transformar as bênçãos vividas em bênçãos para outras pessoas em toda a história futura. Viva na sabedoria.

P. Rolf Rieck
 


Autor(a): P. Rolf Rieck
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste
Área: Missão / Nível: Missão com Pessoas Idosas
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 53569
REDE DE RECURSOS
+
Ser batizado em nome de Deus é ser batizado não por homens, mas pelo próprio Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br