Abertura da II Consulta da Igreja da Baviera

Liturgia

06/09/2013

Liturgia para a abertura da Consulta da Igreja da Baviera


Acolhida
L. O Criador de céus e terra, nosso Deus, conduziu-nos a este lugar. A sua mão cuidadora guardou-nos e aqui estamos, no Brasil, em Itapecerica da Serra/SP, vindos de longe, de bem longe, e de perto. Bem-vindos, irmãos! Bem-vindas, irmãs! Que tenhamos uma significativa semana de convivência!
Viemos para a Consulta promovida pela Igreja Evangélica Luterana na Baviera, uma consulta que nos instiga à reflexão e ao compromisso a partir do tema How Churches Contribute to Overcome Violence.
Iniciamos esta Consulta com oração, cantos e reflexão na Palavra do Senhor, buscando inspiração na palavra do profeta Isaías, que é o Lema que guia a IECLB neste ano, Isaías 41.10: Fear nothing, for I am with you; be not afraid, for I am your God. I strengthen you, I help you, I support you with my victorious right hand.

Saudação
L. Reunimo-nos em nome do Trino Deus: que cria e mantém a vida, que redime e salva a humanidade e que consola e cuida de cada uma de suas criaturas.
C. Amém.

Hino de Acolhida

Confissão e arrependimento
L Amado Deus, antes de ouvir, receber e interpretar a Tua Palavra, colocamo-nos diante de ti em oração e reconhecemos que, na maioria das vezes, permanecemos inertes ao sofrimento alheio. A nossa tendência é:
Not wanting to see, we closes our eyes, to what we should see;
Not wanting to hear, we close our hear, to what should hear;
Not wanting to speak, we do not open our mouths, when we should speak;
Not wanting to help we hide our hands when we should act.

(Paul Reding. Sinfonia Oecumenica, p. 613)

Amoroso Deus, perdoa-nos! Ajuda-nos a sermos teus olhos, teus ouvidos, tua voz e teus braços junto daquelas pessoas que sofrem por causa da violência. Ajuda-nos a testemunhar o teu amor neste mundo carente de ações solidárias. Em ti confiamos. Em ti esperamos! Nós te pedimos, Deus de misericórdia! Dá que, mediante a tua palavra que agora vamos ouvir, possamos encontrar a motivação necessária para assumir a tarefa profética de denunciar a violência e anunciar a esperança para quem a sofre. Por Jesus Cristo, que contigo e o Espírito Santo reinam de eternidade a eternidade. Amém. 

Leitura bíblica e meditação

Isaías 41.8-10

Gesto de compromisso
L. Como sinal de compromisso entre nós, representantes das igrejas aqui presentes, na busca pela superação da violência, façamos agora o Gesto da Paz.

Hino

Oração de intercessão
L. Oremos! Deus de eterna compaixão, que visitas o teu povo, conheces o seu sofrimento e cuidas de suas feridas! Nós te damos graças por reunir Igrejas parceiras na mesma fé com o compromisso de descobrir, juntas, caminhos de superação da violência. O desafio é grande, mas a esperança e a confiança de que tu estás conosco nesta missão nos fortalece. Bom Deus, não permitas que a chama da esperança se apague nos corações das pessoas que sofrem por causa da violência. Renova nelas a fé em ti e a confiança em si mesmas. E dá que, como Igrejas, possamos unir nossas forças para ações que recuperam a dignidade ferida. Ajuda-nos a confiar de que tu nos dás a força necessária para desempenharmos a nossa tarefa e que tu nos envias a cuidar daqueles e daquelas que sofrem. Por Jesus, teu Filho amado. Amém!

Hino

Bênção final (araônica)

Coordenadora de Liturgia da IECLB, Cat. Dra. Erli Mansk
Assessor Teológico da Presidência, P. Dr. Romeu Martini
 

REDE DE RECURSOS
+
ECUMENE
+
Mal tenho começado a crer. Em coisas de fé, vou ter que ser aprendiz até morrer.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br