Liturgia para o Primeiro Domingo de Advento - 2018

Obra Gustavo Adolfo

28/11/2018

Advento 2018
Advento OGA 1
Advento OGA 2
1 | 1
Ampliar


LITURGIA PARA O PRIMEIRO DOMINGO DE ADVENTO – 2018

A presente liturgia é uma sugestão que a Obra Gustavo Adolfo/OGA põe à disposição das comunidades para a celebração do culto no 1º Domingo de Advento, quando as ofertas se destinam para o trabalho da OGA em favor de comunidades que necessitam de auxílio. Esta proposta ampla e bem detalhada é um subsídio que nós preparamos e que pode/deve ser adaptado à situação local da comunidade.
Além disso, está previsto um espaço para o lançamento do tema do ano para 2019, para o que há subsídios específicos enviados pela Direção da Igreja que não constam nesse material.

Preparação do ambiente: Sugere-se utilizar ramos de alguma árvore com brotos novos para ornamentar o altar. Os mesmos também podem ser colocados junto à entrada da igreja. A intenção é lembrar que, da mesma forma que os brotos lembram a chegada de uma nova estação, assim também o advento lembra que vem chegando o tempo do nascimento de Cristo. O assunto pode ser abordado na pregação, já que o exemplo é citado no texto do Evangelho.

LITURGIA DE ENTRADA

Acolhida:
L: “Jesus fez esta comparação: Vejam o exemplo da figueira ou de qualquer outra árvore. Quando vocês vêem que as suas folhas começam a brotar, vocês já sabem que está chegando o verão.” (Lucas 21.29-30)
Com estas palavras de Jesus, quero acolher a todos e todas para celebrarmos este 1º Domingo de Advento e o início de um novo ano eclesiástico. Sejam bem vindos e bem vindas!

Hino: HPD I n° 05; Livro de Canto nº 361 (Erguei os arcos triunfais)

Invocação Trinitária:
L: Estamos aqui reunidos em nome de Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Confissão de pecados:
L: Acheguemo-nos a esse Deus assim como nós somos e nos sentimos, confessando a ele os nossos pecados. Oremos:
Deus de amor e bondade, todos os dias tu colocas sinais da tua presença entre nós. Em tua criação, nas outras pessoas, na tua Palavra, em teu Filho, Jesus, tu te revelas e comunicas a tua vontade para o ser humano. Nós, porém, nem sempre conseguimos perceber e compreender o que tu queres de nós. Falta-nos fé e, por isso, nos afastamos de ti e de nosso próximo. Preocupamo-nos por demais com os preparativos para o Natal, com as festas de final de ano, mas esquecemos de voltar nosso olhar para o que realmente importa: a espera e a preparação para o encontro com o menino Jesus. Pela nossa dificuldade em crer, pela nossa ansiedade em torno de coisas nem tão importantes, pela facilidade que temos em ferir os outros com palavras e ações, pedimos o teu perdão, cantando juntos:

C: ♫ Perdão, Senhor, perdão! (2x)

Anúncio da graça:
L: O lema deste domingo encontra-se no Salmo 85.7 que diz: “Mostra-nos, Senhor, a tua misericórdia e concede-nos a tua salvação”. Em Cristo Jesus, Deus se mostrou misericordioso e perdoou os nossos pecados na cruz. Assim, em resposta à nossa confissão, anuncio o perdão dos pecados, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

L: A comunidade pode se sentar.

Kyrie eleison:
L: Advento é tempo de espera e de preparação para a vinda do Messias. Esta preparação não é apenas individual, mas inclui a preocupação e o envolvimento com quem sofre. Por isso, queremos pedir misericórdia a Deus e que sua mão cuidadora se estenda sobre todas as situações de dor e injustiça. (Aqui podem ser colocadas preces relacionadas ao contexto da comunidade. Sugerimos algumas, de forma geral:)
- Pelas pessoas que trabalham em condições de exploração e opressão;
- Pelas pessoas que são vítimas de violência em assaltos, sequestros, atentados contra a vida e vivem com medo;
- Pelas pessoas refugiadas que precisam sair de seu país em busca de vida digna;
- Pela natureza que é afetada pela ação humana irresponsável em desmatamentos, poluição e uso de agrotóxicos.
L: Por tudo isso cantamos “Kyrie eleison”, pelas dores deste mundo.

C: Livro de Canto nº 56 (Pelas dores deste mundo, ó Senhor)

Glória:
L: Glorifiquemos a Deus que ouve a nossa oração e nossa súplica, cantando o hino:

C: HPD I n° 253; Livro de Canto nº 183 (Glorificado)

Oração do dia:
L: Oremos: Deus criador da vida, hoje inicia o tempo de Advento. Neste tempo, somos lembrados e lembradas de que não esperas de nós uma ceia de Natal farta, nem caros e finos presentes, apenas um coração aberto para receber-te. Envia teu Espírito para que a tua Palavra nos alcance e fortaleça a nossa fé. Por Jesus Cristo, que contigo e com o Espírito Santo vive e reina eternamente. Amém.

Preparemo-nos para ouvir a Palavra de Deus!

LITURGIA DA PALAVRA

L: Coquemo-nos de pé e aclamemos o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, cantando Aleluia

C: Aleluia

1ª leitura bíblica: Lc 21.25-36

Hino: HPD II n° 308; Livro de Canto nº 358 (Advento é tempo de preparação)

2ª leitura bíblica: Jr 33.14-16

Prédica

Confissão de fé:
L: Em resposta ao anúncio da Palavra, coloquemo-nos de pé e confessemos nossa fé com as palavras do Credo Apostólico:

C: Creio em Deus Pai ... Amém!

Hino: HPD I n° 1; Livro de Canto nº 364 (Como hei de receber-te)

Ato de lançamento do tema e lema do ano da IECLB, conforme subsídio enviado pela Direção da Igreja.

Tema: Igreja, Economia e Política

Lema: “Deixo com vocês a paz, a minha paz lhes dou” (Jo 14.27a).

Hino: HPD II n° 377; Livro de Canto nº 262 (A paz do Senhor).
Não havendo celebração da Santa Ceia, poderá ser feito o recolhimento das ofertas durante este hino. Veja o texto motivador mais abaixo!

Oração geral da Igreja:
L: Oremos: Senhor, nosso Deus, agradecemos por nos teres enviado Jesus, teu Filho, para que ele nos reaproximasse de ti. Agradecemos porque, por meio dele, nos dás a salvação graciosamente, sem que a mereçamos.
Por tua graça, somos livres e chamados e chamadas para cuidarmos uns dos outros. Por isso, queremos interceder por pessoas que, perto ou longe de nós, se encontram doentes, lutando por sua saúde, ou enlutadas. Lembramos também de famílias em que há conflitos. Que cada pessoa possa encontrar em ti amparo e conforto, orientação para sua caminhada. Capacita-nos para olharmos e agirmos com compaixão e solidariedade para com elas.
Oramos por nossa comunidade e pela tua Igreja no mundo inteiro. Que não fraquejemos no testemunho do Evangelho. Acompanha-nos em tempos de adversidade e encoraja-nos para a diaconia e a comunhão.
Pedimos, Senhor, por nosso país, nosso estado e nossa cidade. Que seus governantes tenham sabedoria para trabalhar em prol do povo e que não sejam levados pela tentação de agir em benefício próprio, corrompendo a justiça e o direito. Auxilia para que cada um e cada uma de nós sejam conscientes de sua participação na construção de uma sociedade justa.
Tudo o que ainda temos para pedir e agradecer, bem como toda a nossa vida, nós entregamos em tuas mãos. Em nome de Jesus, teu Filho, é que oramos. Amém.

Hino em preparação à Ceia: HPD I n° 165; Livro de Canto nº 582 (Há sinais de paz e de graça)

Durante o hino: Recolhimento das ofertas para a OGA. Texto motivador (ler antes de iniciar o hino):

O 1º Domingo de Advento é o domingo da Obra Gustavo Adolfo/OGA! Isso já se tornou uma tradição na IECLB: As ofertas nos cultos no 1º Domingo de Advento se destinam para o trabalho da OGA.
A OGA é uma obra de muitas mãos, porque com as ofertas que vêm de muitas mãos, a OGA consegue ajudar as comunidades que precisam de apoio para a construção de sua igreja, de seu centro comunitário ou para o trabalho educacional, diaconal e missionário.
A OGA só consegue prestar essa ajuda, porque ela recebe ajuda. E as ofertas no culto de hoje são uma forma de agradecer a Deus por tudo o que Dele recebemos, contribuindo com a OGA para que ela possa continuar a prestar essa ajuda.
As ofertas no Advento de 2017 somaram R$ 152.607,69. Com essa soma foram concedidos auxílios para 16 comunidades num total de R$ 153.144,00.
Desde já agradecemos por esta oferta e pelas múltiplas doações em favor da OGA ao longo dos anos. Doações e ofertas feitas nas comunidades são um verdadeiro mutirão de solidariedade.

LITURGIA DA SANTA CEIA

Ofertório:
L: Ceia é presença real de Cristo entre nós. É sinal do Reino de Deus no mundo. Através dela Deus quer saciar nossa fome de comunhão com Ele e com nossos irmãos e irmãs. Celebramos a Ceia, lembrando de tudo o que Cristo fez e faz por nós. Por isso, de pé, oremos.

Oração do ofertório:
L: Todo poderoso Deus, nós agradecemos pelo pão, fruto da terra e do trabalho. Faze com que este pão se torne pão da vida para nós. Também agradecemos pelo fruto da videira. Permite que nesta Ceia ele seja bebida da salvação para nós. De forma semelhante ao trigo e aos grãos de uva que estavam espalhados pela tua criação e foram reunidos sobre o altar na forma do pão e do vinho, também nós viemos de diversos lugares e formamos esta comunidade. Permite, Senhor, que sejamos reunidos em teu Reino, por Cristo, nosso Senhor. Amém!

Prefácio:
L: Diante de Deus reconhecemos seu amor e sua misericórdia. Por isso rendemos graças por tudo o que Deus tem feito por seu povo. Neste tempo de advento esperamos e nos preparamos para a sua vinda. Através do seu Espírito Santo Ele nos mantém unidos como igreja de Cristo. Por isso, glorificamos a Deus, cantando: santo, santo, santo.

C: HPD I n° 125; Livro de Canto nº 242, estrofe 1 (Santo, santo, santo)

Narrativa da instituição:
L: Nosso Senhor Jesus Cristo, na noite em que foi traído, tomou o pão e, tendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim. Por semelhante modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a nova aliança no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim.

Anamnese, Epiclese e Mementos:
L: Eterno Deus, reunidos em torno desta mesa, celebramos a vitória do sofrimento, morte e ressurreição de teu Filho Jesus Cristo. Rogamos-te que envies o teu Espírito Santo sobre nós para que sejamos fortalecidos nesta ceia e, como libertos, testemunhemos o teu amor. Reúne tua Igreja de todos os tempos e lugares em torno do banquete por ti preparado e por Cristo inaugurado. Por Cristo, com Cristo e em Cristo.

C: ♫ Por Cristo, com Cristo e em Cristo, seja a ti, Pai todo poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. Amém, amém, amém.

Pai Nosso:
L: Oremos como Cristo mesmo nos ensinou

C: Pai Nosso ... Amém!

Fração:
L: O cálice pelo qual damos graças é a comunhão do sangue de Cristo.
L: O pão que partimos e repartimos é a comunhão do corpo de Cristo.

C: ♫ Nós embora muitos, somos um só corpo.

L: Eis que tudo está preparado. É Cristo quem nos convida. Venham, vejam e provem como Deus é bom!

Comunhão

Oração pós-comunhão:
L: Eterno Deus, somos gratos por esta Ceia. Permite que ela fortaleça a nossa fé em ti para que possamos agir em favor do próximo, assim como Cristo agiu em nosso favor. Amém!

LITURGIA DE DESPEDIDA

Avisos:

Hino: HPD I n° 118; Livro de Canto nº 300 (Deus vos guarde pelo seu poder)

Bênção e envio:
L: Vamos nos colocar de pé para recebermos a bênção de Deus.
L: Que o Senhor vos abençoe e vos guarde. Que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre vós e tenha misericórdia de vós. Que o Senhor sobre vós levante a sua face e vos dê a paz. Em nome do Pai, do Filho e do espírito Santo. Amém!
L: É tempo de preparação. Vamos nos preparar para o que realmente importa. Vão em paz e sirvam ao Senhor com alegria.

REDE DE RECURSOS
+
ECUMENE
+
A Bíblia é uma erva: quanto mais se manuseia, mais perfume ela exala.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br