Advento e Natal

01/12/2010

Advento e Natal

O profeta Isaías diz: Um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte. Pai da Eternidade. Príncipe da Paz. Isaías 2

Lendo o Evangelho de Marcos em 13.33-37, recebemos o convite de Jesus para ficarmos alerta, atentos. É assim que inicia o texto: Vigiem e fiquem alertas.

Na época de Jesus, as pessoas tinham diferentes interpretações daquilo que ele dizia. Quanto a estas palavras descritas aqui neste texto, uns achavam que elas eram para logo. Criam que o mundo ia acabar e estas palavras precisavam ser ditas. Outros achavam que ia demorar ainda um tempo, e assim poderiam ir refletindo e acolhendo com calma as palavras de Jesus.

E para nós hoje, nesta época de Advento, o que significa ficar alerta ou ficar vigiando?

Uma coisa é certa: Ficar alerta e vigiar é o contrário de desinteressar-se e dormir. Nós pessoas cristãs necessitamos estar sempre alerta, sempre vigiando. Advento é um tempo dado de presente por Deus para nosso preparo. Tempo para organizar a nossa vida na perspectiva da volta de Cristo! Esse é o convite bem claro, no nosso texto. E nós sabemos que falar da volta de Cristo é um assunto complicado e pode parecer até meio assustador.

Ouvimos muita gente falar desse assunto. Alguns até falam como se tivessem a verdade nas mãos. Esses dias, uma pessoa me disse: Olha pastor, não adianta fazer muita coisa. O mundo vai acabar em 2012. O medo de que o mundo vai acabar, não deve nos deixar tão preocupados. Nós não sabemos nem o dia, nem a hora. É somente Deus quem o sabe. Vamos deixar Deus cuidar disso para nós.

Tenho um sentimento de que a época do Advento nos deixa mais sensíveis, mais atentos, mais dispostos a ouvir do que em outras épocas do ano.

E é para essa nossa preparação, que o texto do Evangelho de Marcos nos fala. Se Jesus nos diz que tudo aquilo que é contrário ao Reino de Deus irá desmoronar, porque não começar a desmoronar em nossa vida, coisas que estão erradas e reconstruir nossas vidas de novo?

Vamos refletir um pouquinho sobre quantas coisas boas nós deixamos de praticar. O convite de Jesus é um convite para vivermos o novo e diferente no meio deste mundo tão sofrido e tão carregado de injustiça. Um convite muito claro.

Jesus nos convida para amar, ouvir, conversar, conviver, perdoar, consolar, ajudar, doar, olhar, amparar, celebrar e tudo o mais que favorece e promove uma vida mais digna e feliz. Vigiar e ficar alerta é isso!

Que nestas quatro semanas do Advento que nos separam do Natal possamos estar de ouvidos e coração bem abertos para este chamado de preparação pessoal e comunitária.

P. Sinodal Altemir Labes - Estância Velha/RS


Oração:

Jesus Cristo, minha vida seja só a ti rendida. Vem em mim morar, minha vida iluminar. Amém.


Voltar para índice Anuário Evangélico 2011
 


Autor(a): Altemir Labes
Âmbito: IECLB
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Título da publicação: Anuário Evangélico - 2011 / Editora: Editora Otto Kuhr / Ano: 2010
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 32346
REDE DE RECURSOS
+
É mais consolador ter Deus como amigo do que a amizade do mundo inteiro.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br