Atos 11.1-18 - 5° Domingo da Páscoa - 19/05/2019

Caderno de Cultos 2019

19/05/2019

19/05/2019 – 5° Domingo da Páscoa
Pregação: At 11.1-18; Leituras: Sl 148; Ap 21.1-6; Jo 13.31-35
Pa. Daiane M. B. Pasqualotti – Gaúcha do Norte - MT


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia ou Boa noite!
Sejam todos e todas bem vindos e bem vindas. É bom podermos mais uma vez nos reunir em nome e sob a graça e benção do Deus Pai, Filho e Espírito Santo. A palavra bíblica que nos acolhe hoje é de João 13.34-35 “Eu lhes dou este novo mandamento: amem uns aos outros. Assim como eu os amei, amem também uns aos outros. Se tiverem amor uns pelos outros, todos saberão que vocês são meus discípulos” . Essas palavras são muito bem conhecidas por nós, mas é sempre bom relembrar de que a nossa tarefa primeira como cristãos é amar, amar em todos os momentos, sob qualquer circunstância. O amor resolve muitas situações de dor, de conflito, de angústias. Por isso, amemos, e aqui estamos para aprender e viver ainda mais esse amor entre nós. Tenhamos um encontro em harmonia, amor e paz. Amém.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA Em tuas mãos, 15 – Livro de Canto

SAUDAÇÃO
Que a graça do nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus o Pai, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos e todas. Amém.


CONFISSÃO DE PECADOS
Oremos ao nosso Deus confessando a Ele nossos pecados:
Querido Deus, aqui estamos reunidos como tua comunidade, trazendo diante do teu altar, aos pés da cruz, toda a nossa culpa, toda nossa vergonha, todas as nossas falhas, especialmente aquelas que tão bem conhecemos e das quais não nos orgulhamos nem um pouco. Mas também aquelas que nos são desconhecidas, aquelas que nem percebemos que cometemos. Nossa culpa, nossos erros cometidos estejam diante dos teus olhos e que o Senhor, em sua infinita bondade e misericórdia, possa mais uma vez ter piedade de nós, e assim, além de nos perdoar, também transformar as nossas vidas, assim como cantamos “em tuas mãos ó Senhor sempre estamos”. Por isso, tenha-nos sob os teus cuidados, perdoe nossos pecados e nos liberte para uma nova vida junto contigo em todos os momentos. Por Cristo, nosso Salvador, oramos. Amém.


ANÚNCIO DO PERDÃO
Em Cristo, os braços de Deus tornam-se mais compridos para nos alcançar, mais fortes para nos segurar, mais humanos para nos compreender, mais divinos para nos perdoar, mais sensíveis para nos prender a seu infinito amor! “Todos aqueles que Deus aceita e que recebem como presente a sua imensa graça reinarão na nova vida por meio de Cristo” (Rm 5.17b). Assim como cremos, assim será. Amém.

KYRIE ELEISON
Em certos momentos olhamos para nosso mundo e nos entristecemos com o que vemos: a violência, as guerras, a desonestidade, o desrespeito, a injustiça, o medo, a crueldade, estão presentes em muitos momentos, mas queremos e devemos crer de que não estamos abandonados a própria sorte, apesar de parecer que o mundo se esqueceu de Deus, Deus não se esqueceu do mundo, do seu povo amado e querido, por isso clamemos ao nosso Deus cantando...

Concede o teu perdão, 34 - Livro de Canto

GLÓRIA INEXCELSIS
E lembremos de que tudo que somos e temos vem, em primeiro lugar de Deus, por isso louvemos a Deus cantando
Senhor meu Deus, 623 - Livro de Canto

ORAÇÃO DO DIA
Deus eterno e todo poderoso, que esteve presente em todos os momentos na história do seu povo amado, guiando, amparando e abençoando esse povo sob teus caminhos, hoje, aqui estamos, para pedir esse mesmo amparo, essa mesma benção e essa mesma orientação para nossas vidas. Por isso, com teu Santo Espírito, guia nossa reflexão, nossos pensamentos e corações estejam voltados a Ti neste momento e, que assim, possamos compreender tuas palavras com sabedoria, discernimento e respeito. Seja conosco, por Cristo, nosso Senhor. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
Salmo 148
Apocalipse 21.1-6

Em respeito ao Evangelho, nos coloquemos de pé e aclamemos o mesmo cantando ALELUIA com o hino Vem ouvir a Palavra de Deus, 191 – Livro de Canto
Leitura do Evangelho de João 13.31-35

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO Tua Palavra é lâmpada, 151 – Livro de Canto

PREGAÇÃO – Atos 11.1-18

Que a paz de Deus, que excede todo nosso entendimento, guarde nossos corações e mentes em Cristo Jesus. Amém.

Queridos irmãos e irmãs na fé,
Cada vez que voltamos de alguma viagem, seja ela mais curta ou longa, algumas pessoas perguntam sobre como foi a viagem, se correu tudo bem, quais as novidades, etc.. como estavam as estradas é uma das perguntas mais comuns aqui no Mato Grosso. As vezes até já se sabe de algo que aconteceu nessa viagem e ainda assim se quer ouvir de quem a fez se realmente o que se ouviu era verdade.
Pois bem, Pedro está voltando de uma viagem curta que ele fez. Alguns dos seus conhecidos vem ao seu encontro para saber se as informações que eles ouviram eram reais. E essas informações não haviam lhes deixado contentes: “Você ficou hospedado na casa de homens que não eram circuncidados e até tomou refeições com eles.” E, assim, Pedro relata tudo que aconteceu com ele nessa viagem, e o faz para tentar mostrar aos seus o quanto estes estavam errados em seus julgamentos.

O que estava em questão nessa cobrança feita a Pedro, era o fato de que ele havia se envolvido e, até mesmo, participado de eventos junto com pessoas que não eram da religião judaica. Esses amigos de Pedro queriam que essas pessoas fossem circuncidadas para assim fazerem parte do povo de Deus, no pensamento deles só a circuncisão tornava alguém cristão.
Porém, os eventos pelos quais Pedro passou mostraram que a vontade de Deus era diferente. Pedro, que também pensava como seus amigos, teve uma visão que o ajudou a abrir os seus olhos para a vontade de Deus e depois ele mesmo viu que também os não judeus receberam o Espírito Santo, assim como eles, anteriormente, também haviam recebido.
Em primeiro lugar vamos falar sobre a visão de Pedro.
O lençol amarrado pelas quatro pontas indica os quatro pontos cardeais, norte, sul, leste e oeste. Isso significa que aquilo que está dentro deste limite, que na verdade é tudo o que existe, vem de Deus. Dentro deste lençol aparecem animais de todas as espécies e uma voz (Deus) manda que Pedro mate e coma esses animais, Pedro se nega dizendo que são animais impuros, e a voz (Deus) responde dizendo “Não chame de impuro aquilo que Deus purificou.” E essa visão com a fala se repetem três vezes, para que Pedro então compreenda o que vem depois.
Essas três vezes também fazem Pedro lembrar das três vezes que negou Jesus antes mesmo do galo cantar, e por isso ele consegue compreender que essa visão vem sim de Deus e que ele não deve agir como da outra vez, com medo, mas abrindo os olhos para ver com clareza o que Deus tem a mostrar para ele.
Essa visão quer mostrar a Pedro, e a todos que depois ouviram falar sobre isso, que não existe distinção entre as pessoas, e que todos aqueles que querem ouvir falar de Deus podem ouvir e receber o Espírito Santo, sejam circuncidados ou não.
Tanto que depois dessa visão Pedro é levado por três homens a casa de um não judeu, Cornélio, e ali é convidado a pregar para todos que ali estão, e essas pessoas recebem o Espírito Santo.

Mas, o que este texto nos ensina hoje?
Esse texto nos ensina que nós não somos donos do Evangelho e menos ainda do Espírito Santo de Deus. Nos ensina que a Palavra de Deus, assim como também o seu Espírito podem e vão a todos os lugares, sem fazer distinção de pessoas, nem por classe social, nem por cor, raça, nem por ideologias, nem por idades ou por sexo. Todas as pessoas podem receber a graça de Deus. Repito mais uma vez...
TODAS AS PESSOAS PODEM RECEBER A GRAÇA DE DEUS.
Não somos nós que decidimos se o vizinho é digno ou não de ser abençoado por Deus, mas é o próprio Deus que decide isso.
Esse texto nos ensina a não julgarmos com os nossos olhos, mas a olharmos com os olhos de Deus e assim perceber em cada criatura o “dedo”, o “toque” de Deus.
Nos ensina a não nos acharmos superiores ou melhores do que outros.
Nos ensina que tudo que Deus criou é puro e santo.
Portanto, que assim possamos aprender como Pedro essa maravilhosa lição e cuidar para não sermos cruéis com nossos olhos e palavras, mas antes de criticar ou julgar, olhar o outro com os olhos de Deus.

CONFISSÃO DE FÉ
Movidos pela Palavra ouvida confessemos que nessa Palavra cremos através das palavras do Credo Apostólico...

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas) Te agradeço, 84 – Livro de Canto

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Com que carinho, com que esperança, com que paixão Jesus deve ter ensinado a orar Pai nosso! E porque em Jesus somos um, temos a fantástica possibilidade de vivermos fraternalmente. Por isto, oremos, de mãos dadas, como Jesus ensinou: Pai nosso...
PAI NOSSO

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Deus Pai, te ampare e sustente em teus caminhos.
Deus Filho, Jesus Cristo, seja a luz para iluminar teu coração e para que você possa também iluminar a vida de muitas pessoas.
Deus Espírito Santo, fortifique tua fé e te traga a paz.
Assim te abençoe o Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

ENVIO
Vamos em paz, servindo a Deus com alegria, gratidão, cheios de fé e esperança.

CANTO FINAL Canção do Cuidado, 567 – Livro de Canto


Autor(a): Pastora Daiane M. B. Pasqualotti
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Páscoa
Perfil do Domingo: 5º Domingo da Páscoa
Testamento: Novo / Livro: Atos / Capitulo: 11 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 18
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2019
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 50523
REDE DE RECURSOS
+
Cantai ao Senhor, bendizei o seu nome: proclamai a sua salvação, dia após dia.
Salmo 96.2
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br