Campanha em Favor da Paróquia Centro de São Paulo - Prestação de Contas Intermediária

24/07/2018

paroquia centro sp
paroquia centro sp 5
paroquia centro sp 2
paroquia centro sp 3
paroquia centro sp 4
1 | 1
Ampliar

CAMPANHA DE SOCORRO À PARÓQUIA CENTRO DE SÃO PAULO
PRESTAÇÃO DE CONTAS


“Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos” (Salmo 133.1)
Na madrugada do dia 01 de maio de 2018, desabou um edifício no centro da cidade de São Paulo. O mesmo era ocupado pelo Movimento do Moradores Sem Teto. Algumas pessoas morreram e as demais estão acampadas até hoje no Largo Paissandu, próximo ao local, à espera de uma solução por parte dos órgãos públicos.
O Templo da Comunidade Martin Luther, Paróquia Centro de São Paulo, foi fortemente atingido, tendo seu teto e sua parede lateral completamente destruídos. A Igreja Martin Luther tem 108 anos e é tombada pelo Patrimônio Histórico da Cidade e do Estado. Recentemente, havia sido concluído o restauro das paredes internas do mesmo e previa-se o início do restauro das paredes externas.
Imediatamente após a tragédia, abriu-se uma conta para doações em favor da reconstrução da Igreja Martin Luther e da continuidade do trabalho diaconal, que a mesma realiza com pessoas em situação de rua na cidade de São Paulo. Foram muitas e generosas doações recebidas. Em anexo, fornecemos uma primeira prestação de contas sobre as mesmas, omitindo parcialmente nomes e números das contas dos/as doadores/as, por uma questão de privacidade e segurança. Somos profundamente gratos a Deus e agradecidos por ele ter tocado tantos corações, que não mediram esforços para ajudar neste momento tão sofrido e delicado ( 

Resumo dos valores

TOTAL DOS DONATIVOS RECEBIDOS  ATÉ  23/07/2018  =  R$190.575,78

VALORES UTILIZADOS PARA OBRAS EMERGENCIAIS     =  R$ 107.526,76

SALDO =  R$  83.049,02

(VEJA ANEXO EM PDF)

Escreveu recentemente o Pastor Frederico Ludwig, Pároco da Paróquia Centro: “Foram 67 dias de muito trabalho com a reconstrução de toda a infraestrutura básica: tubulações de esgoto, água, energia elétrica, gás, águas pluviais, telefone, interfone, tapume ao lado do prédio destruído, portões, rampa de acesso as dependências comunitárias, calçada, órgão desmontado e retirado da Igreja, escoramento das estruturas que sobraram da nossa Igreja. Enfim, dia 06 de julho, concluímos esta primeira etapa dos trabalhos. Isto nos permite retomar todas as nossas atividades nas dependências comunitárias. No próximo domingo, dia 08 de julho, às 10h15, teremos o primeiro culto no retorno a nossa casa. Somos gratos a Deus por todas as orações, palavras de ânimo, por cada doação feita que nos permitiu executar os trabalhos feitos até agora. A todos e todas, do fundo do nosso coração, o nosso muito obrigado. Também somos gratos a Deus por todos que trabalharam voluntariamente nesta empreitada. Sem a ajuda de vocês nada seria possível. Com as nossas atividades voltando ao normal, vamos nos concentrar na segunda etapa que é a reconstrução do nosso templo. Iniciamos com a fase de elaboração de todos os projetos que se fazem necessários e a devida autorização dos órgãos públicos (Prefeitura, Compresp e Condephaat) para o restauro da Igreja. Após estas aprovações daremos início as obras na Igreja”.

A partir do início de agosto, a Comunidade também retoma seu trabalho com as pessoas em situação de rua, cumprindo assim a sua vocação diaconal tão necessária junto às pessoas que sofrem. Pedras ruíram. Mas as pedras que vivem, edificadas sobre a pedra preciosa, que é Jesus Cristo, permanecem firmes no seu testemunho de fé e na sua pratica do amor de Deus.
São Paulo, 24 de julho de 2018
Pastor Sinodal Geraldo Graf

 

COMUNICAÇÃO
+
O verdadeiro cristão não vive na terra para si próprio, mas para o próximo e lhe serve.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br