Celebração do 4º Domingo de Advento

Caderno de Celebrações Natalinas

21/12/2008

4º Domingo de Advento – 2008

P. Bruno Ari Bublitz
Restinga Seca - RS


Saudação:

Hino:
 

Intróito: “Deus não está longe de cada um de nós.” At 17.27. Com esta palavra das senhas do dia de hoje, quero acolher cada um e cada uma de vocês.
Deus não está longe de nós, pois nos ama e se preocupa conosco....
 Sabe da nossa vida... alegrias e preocupações que dela fazem parte;
 Sabe dos nossos acertos, mas também conhece os nossos erros, mas nem por isto se afsta de nós, pois nos ama e não deseja que nenhum dos seus filhos/as se perca na estrada da vida.
Com humildade queremos nos inclinar perante o nosso Deus e confessar os nossos pecados: Bondoso Deus, pai e mãe celestial, nos alegramos em saber que estás perto de nós, principalmente quando nos encontramos fragilizados e angustiados, mas quando tu nos convidas a ser teus instrumentos para promover vida e semear esperança, parece que estamos tão distantes de ti que a tua palavra não nos consegue alcançar. Os teus braços são o nossos porto seguro que nos abriga em nossa fragilidade, mas a tua palavra nem sempre é a luz que ilumina e determina o nosso pensar e o nosso agir... Deixamos-nos seduzir e ofuscar pelas luzes do mundo, afastamos-nos do caminho que leva à vida plena que Tu desejas para teus filhos/as...
Perdoe nos pela nossa cegueira e por nos distanciarmos da Tua amorosa presença, pedimos:
Tem, Senhor, piedade:

Absolvição: Assim diz o Senhor: “Se tu te arrependeres, eu te farei voltar e estarás diante de mim.” Jr 15.19

Em resposta ao perdão, queremos louvar ao Todo Poderoso com as palavras do Salmo 89.1-4,24-26:

Oração do Dia: Deus está perto de cada um de nós, não para castigar e sim para perdoar aos que se arrependem e buscam por sua presença. E é por isto que oramos em confiança. (neste momento alguém da comunidade pode acender as velas da coroa de advento).
Senhor, vem e acende em nós a chama da fé e da esperança. Aproxima-te de nós. Faze com que andemos de cabeça erguida e confiemos na tua presença junto de nós. Senhor, acorda-nos para podermos ouvir tua Palavra com ouvidos atentos. Ensina-nos a sonhar com a vida abundante que tu vieste nos trazer por meio do teu filho Jesus Cristo. Amém.

Leitura Bíblica: Rm 16.25-27

Hino:

Pregação:

Estamos no 4º domingo de Advento,... Natal está batendo á porta.

Ainda é noite... as trevas do mundo ainda nos inquietam e assustam: (neste momento o pregador poderia apontar para as preocupações bem concretas que atingem a comunidade e pessoas, ou da realidade brasileira) mas neste 4º domingo de Advento, a palavra de Deus quer fazer renascer a nossa esperança, apontando para a luz do novo dia que está prestes a irromper dentro desta realidade e terminar com o reino das trevas.
O povo de Israel, durante muitas gerações aguardava o cumprimento de uma antiga profecia: a vinda de um novo rei... alguém da descendência de Davi, que reinaria com justiça!!!
Esta profecia era ensinada de geração em geração. Quanto maior a angustia e o sofrimento do povo,... com mais ansiedade se esperava o cumprimento da mesma.
Enfim é chegado o tempo:

Leitura do texto Lucas 1.26-38:
Expectativas a respeito deste reinado e sobre a vinda deste rei... ahhh, com certeza havia inúmeras (basta apontar onde os magos do oriente procuraram pelo menino... no palácio de Herodes)...mas Deus tem um jeito único de tornar realidade a sua fidelidade... não é em vão que se afirma que a vontade de Deus é loucura para a sabedoria humana.

O anjo de Deus é enviado para uma vila insignificante da Galiléia para anunciar a uma mulher, de cuja vida não se sabe nada ( a não ser que está prestes a casar) de que ela será a mãe do Salvador, do rei esperado a tantas e tantas gerações. Tudo está pronto. O tempo de espera terminou. Deus torna realidade a profecia.

Olhando o versículo final do nosso texto, conseguimos entender por que Deus escolheu justamente esta mulher para ser a mãe do seu filho? “Eu sou uma serva de Deus; que aconteça comigo o que o senhor acabou de me dizer.” Ela se dispõe a servir a Deus assim como ela é... sem questionar!!! Quer ser instrumento por meio do qual a graça de Deus se manifesta no mundo.

O tempo de espera chega ao fim! Deus intervêm na história! O seu reino de vida está prestes a irromper. Para tornar realidade o seu amor por nós, seus filhos/as, ele chama pessoas, assim como chamou Maria, para ser seus instrumentos... Como reajo ao seu chamado? Estou pronto para servi-lo com a vida que ele me confiou? Que ao ouvir o seu chamado, possa responder: “Eis me aqui, Senhor!”

Em deus coloco a minha confiança e a minha esperança, por isto quero confessar a minha fé com as palavras do

Credo Apostólico:

Hino:
Avisos:

Oração de intercessão:

P.: Bondoso e misericordioso Deus! Tu estás perto de teus filhos/as,... não desejas que ninguém se perca... chamas e convidas pessoas para serem instrumentos por meio do qual a tua graça se manifesta no mundo... ao finalizarmos o nosso culto, intercedemos por todas as autoridades deste nosso querido país, para que as suas decisões sejam guiadas por tua santa vontade e estejam a serviço da vida.
C.: Ouve nossa oração e atende a nossa súplica.
P.: Pedimos, bondoso Deus, que neste tempo de Advento o espírito Santo transforme a nossa maneira egoísta e interesseira de pensar, em instrumentos que se colocam sob a tua vontade a serviço da vida.
C.: Ouve nossa oração e atende a nossa súplica.
P.: Intercedemos, Deus Emanuel, pelas pessoas que sofrem, pelos que já fraquejaram e desesperaram, para que neste tempo de Advento também eles encontre, novas forças e a ação da Igreja se transforme em apoio concreto para afastar o medo.
C.: Ouve nossa oração e atende a nossa súplica.
Oração do Pai Nosso:
Hino:
Bênção: Deus está perto de nós... chama pessoas para serem instrumentos de sua graça... Quero convidar vocês para cantarem a bênção e desta forma serem um sinal visível e palpável da graça e do amor de Deus:
Deus te abençoe
Deus te proteja
Deus te dê a paz,
Deus te dê a paz.
Ide em paz e servi ao Senhor com alegria. Amém

Voltar para Índice Caderno de Celebraçoes Natalinas


Autor(a): Bruno Ari Bublitz
Âmbito: IECLB / Sinodo: Centro-Campanha-Sul
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Advento
Perfil do Domingo: 4º Domingo de Advento
Título da publicação: Caderno de Celebrações Natalinas / Ano: 2008
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Celebração
ID: 790
REDE DE RECURSOS
+
Que ninguém procure somente os seus próprios interesses, mas também os dos outros.
Filipenses 2.4
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br