Como um vaso nas mãos do oleiro

Rede de Recursos Educação Cristã Contínua

Saudação: Sejam bem vindos e bem vindas. Saúdo vocês com o versículo bíblico de Isaías 64.8:
“mas tu, ó Senhor Deus, és o nosso Pai, nós somos o barro, tu és o oleiro, todos nós fomos feitos por ti”.

Canto – Reunidos aqui – HPD 2 nº 337

Oração: Bondoso Deus, agradecemos por mais um dia de vida que recebemos de Ti. Agradecemos também por tua acolhida aqui nesta celebração. Permaneça conosco. Em nome de Jesus Cristo, amém.

Reflexão:
Para iniciar nossa reflexão quero falar um pouquinho da argila. Talvez para muitos não seja nenhuma novidade o que vou falar. A argila é uma rocha sedimentar, um material natural de origem mineral.

É extraída do solo. Os locais onde a argila é extraída, no solo ou em subsolo chamam-se jazidas ou barreiros. A argila é conhecida e utilizada pelos seres humanos desde os tempos primitivos, quando este descobriu que podia modelá-la. Depois de seca e levada ao fogo, a argila fica estável e resistente.

Algumas características e propriedades da argila: Existem dois tipos de argilas: uma mais fina e plástica e outra mais grosseira e difícil de trabalhar. Quanto à sua COR – De acordo com a sua composição, a argila apresenta-se nas cores (branca, alaranjada ou cinzenta). Outra característica é a PLASTICIDADE – A argila tem a capacidade de adquirir e manter diferentes formas ao ser trabalhada. Ela pode ser modelada nas rodas do oleiro ou apenas por mãos. É fundamental acrescentar água ao amassar a argila para buscar uma forma homogênea. Mesmo depois de seca e antes de ser queimada, pode ser novamente trabalhada se lhe adicionarmos mais um pouco de água. Após ser queimada torna-se IMPERMEÁVEL. Outra propriedade que a argila tem é a SONORIDADE – emite sons, através de pequenos batimentos, após ser queimada. Apresenta PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS – o barro pode curar doenças e enfermidades. Temos inclusive, exemplos na Bíblia: a cura do cego. Jesus cuspiu no chão, fazendo um barro e passou nos olhos do cego. Este se lavou e começou a enxergar.

Na transformação da argila, o oleiro utiliza e precisa de alguns elementos: 1) Barro/argila misturados com água; 2) Rodas do oleiro ou as mãos – o oleiro usa óleo para não danificar a peça a ser fabricada. 3) Forno – para queimar as peças e torná-las mais resistentes. O calor do forno também pode quebrar as peças defeituosas. 4) Vaso – É o resultado do seu trabalho. Mas, o vaso não passa de um objeto se não tiver uso para ele.
A partir de Isaías 64.8, percebemos que somente através das mãos de Deus, o oleiro, nossa vida é transformada, modelada e remodelada. Para Deus todas as “peças”/pessoas têm seu propósito.

Aprendemos com a argila que: Se em um vaso colocarmos água quente/fervendo ele se quebra em pedaços. E, se no outro vaso colocamos água fria/gelada ele ficará todo trincado. Portanto, é importante ter equilíbrio na temperatura da água. Nenhum extremo e nem outro. Assim é importante ter equilíbrio também em nossa vida.

Leitura do texto: Jeremias 18.1-6
Chamo a atenção para o lugar - onde o vaso é moldado? Na casa do oleiro. Nos nossos dias, onde é a casa do oleiro? É a Igreja/Templo? São os momentos de comunhão com Deus?

Nestes diversos momentos da nossa vida, o vaso quebrado é recuperado/ restaurado pelas mãos do oleiro.
Ajuda-nos Senhor para que nos deixemos modelar e remodelar conforme a Tua vontade. Amém.

Canto: Eu quero ser, Senhor amado - nº 421, HPD 2

Oração de intercessão
Para este momento vamos nos dar as mãos. Quem se sentir a vontade pode manifestar um motivo de intercessão. A cada 2 ou 3 intercessões, cantamos: Ouve Deus, nossa oração (2x). Para encerrar oramos em conjunto o Pai Nosso.

Bênção
Dá-me tua mão, eterno caminhante, dá-me tua mão, quero acompanhar-te.
Dá-me tua mão, fiquemos bem unidos, até podermos compartilhar com todos a paz.
Dá-nos tua mão, ó Deus, e protege nosso andar. Não nos deixes tropeçar.
Dá-nos tua mão e abençoa-nos, nosso Deus – Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Canto final – Irmão sol – HPD 2, nº 482
 


Âmbito: IECLB
Testamento: Antigo / Livro: Jeremias / Capitulo: 18 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 6
Natureza do Texto: Pregação/meditação
ID: 22453
REDE DE RECURSOS
+
Quem persiste na fé, verá, ao final, que Deus não abandona os seus.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br