Cristo caminha conosco e deixa exemplos para seguir seus passos.

Discipulado na quarentena.

26/04/2020

Caminho de discipulado I
Caminho de discipulado II
Caminho de discipulado III
Caminho de discipulado IV
Caminho de discipulado V
1 | 1
Ampliar

1 Pedro 2.21b-25

Cristo caminha conosco e deixa exemplos para seguir seus passos.

O texto bíblico que lemos nos desafia a seguirmos em uma direção bem clara, mesmo durante o distanciamento social. O autor escreve em um contextro de sofrimento — dos esquecidos, dos afastados, dos amedrontados — mas nos exorta para que permaneçamos nos passos de Jesus. Eles nos levam a um lugar amplo, saudável, arejado, onde olhamos novamente o horizonte amplo da esperança.

A eficácia do dicipulado nestes dias

Caminhar com Jesus nos leva a redescobrir a eficácia do discipulado. Somos historicamente uma comunidade de fé que praticamente terceiriza o chamamento de Jesus de ir, fazer discípulos… Provavelmente muitas pessoas pensam: pago para não precisar fazer isso… O texto inclusive fala de um sofrimento inerente ao discipulado, e isso nos parece muito estranho. Afinal, que de nós quer sofrer? Já não basta tudo o que somos forçados a viver no momento? O discipulado força uma transformação necessária.

Um desafio como nossa geração nunca viveu antes

A comunidade cristã precisa ser hoje o que ninguém de nós havia vivido com esta intensidade: sal e luz. Por isso o discipulado não pode ser encarado com fraqueza, e sim com determinação. Nossas comunidades, e as pessoas que as compõe, não mais tem a desculpa de se acomodar e — justamente no isolamento social — vamos fazer a diferença olhando e seguindo Jesus.

Andar como Jesus andou

Enumeramos alguns predicados do andar como Jesus que podem ser diferencial no mundo novo e desconhecido no qual estamos sendo introduzidos. Quem sabe possamos fazer deles um incentivo às nossas ações futuras.

Retidão — “Quem diz que vive unido com Deus deve viver como Jesus Cristo viveu”. “…deve andar como Ele andou” — 1 João 2.6 (NTLH e NVI)

Humildade — “Pois que é maior: o que está à mesa, ou o que serve? Não é o que está à mesa? Mas eu estou entre vocês como quem serve.”— Lucas 22.27 (NVI)

Mansidão — “Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas.” “Sejam meus seguidores e aprendam comigo…” Mateus 11.29 (NVI e NTLH)

Benevolente — “Vocês mostram que, em tudo, são mais ricos do que os outros: na fé, na palavra, no conhecimento, na vontade de ajudar os outros e no nosso amor por vocês. E nesse novo serviço de amor queremos também que façam mais do que os outros. Porque vocês já conhecem o grande amor do nosso Senhor Jesus Cristo: ele era rico, mas, por amor a vocês, ele se tornou pobre a fim de que vocês se tornassem ricos por meio da pobreza dele.” 2Coríntios 8.7, 9 (NTLH)

Servir aos outros — “Pois bem, se eu, sendo Senhor e Mestre de vocês, lavei os seus pés, vocês também devem lavar os pés uns dos outros. Eu dei o exemplo, para que vocês façam como lhes fiz.” João 13.14-15 (NVI)

Reconciliador — “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou. Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é o elo perfeito.” “…tenham amor, pois o amor une perfeitamente todas as coisas.” Colossenses 3.13-14 (NVI e NAA)

Sofrer pela justiça — “Portanto, pensem naquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem desanimem. Na luta contra o pecado, vocês ainda não resistiram até o sangue.” Hebreus 12.3-4 (NAA)

Vencer o mundo — “Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”. João 16.33 (NVI)

Caminhando com Jesus, façamos a diferença neste tempo sombrio.

Caminhemos em fé. Neste caminhar alguns de nós se sentem aliviados, outros tristes e cansados; alguns sorriem nervosos e outros choram, mas nós todos, Senhor, te buscamos porque necessitamos de Ti. Pedimos que nos olhes com tua misericórdia  paterna e aguardamos que nos fales com tua voz materna; precisamos que nos animes e nos dês forças. Viemos como teus filhos e filhas, Senhor,
buscando tua presença; vida para a nossa vida.

Pedimos-te que estejas conosco agora, depois, ó Deus, como sempre tens estado.

Amém! 


Autor(a): Pr. Rolf Rieck
Âmbito: IECLB / Sinodo: Sudeste / Paróquia: Rio de Janeiro - Martin Luther (Centro-RJ)
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações
Testamento: Novo / Livro: Pedro I / Capitulo: 2 / Versículo Inicial: 21 / Versículo Final: 25
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 56285
REDE DE RECURSOS
+
Felizes aqueles que ajudam os pobres, pois o Senhor Deus os ajudará quando estiverem em dificuldade!
Salmo 41.1
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br