Cristo entregou-se à morte

Comentário e Reflexão

15/09/2013

Letra: Martin Luther, 1524

Melodia: do século 11, adaptada por Martin Luther, 1524

Textos bíblicos: Apocalipse 5.9; Exodo 12.13; 1 Timóteo 1,10; 1 Coríntios 15.54seg.

Cristo entregou-se a morte” (Christ lag in Todes Banden) é um coral da autoria de Martin Luther. Ele foi publicado em 1524 no Enchiridion de Erfurt, com o sub-título “O coral ‘Cristo ressuscitou’ melhorado”.

No original alemão o coral conta com sete estrofes. As seis primeiras encontramos traduzidas em nosso hinário HPD. O hino celebra a ressurreição de Jesus, com particular referência a uma luta entre a vida e a morte. Para as primeiras quatro estrofes Martin Luther emprestou idéia e termos de uma antiga canção latina: “Victimae paschali laudes” (veja também o hino de HPD nº 61)1.

A 1ª estrofe convida para louvar, exultar e cantar porque Cristo nos libertou das algemas do pecado. A 2ª estrofe descreve o grande e indomável poder da morte; parece que pecado e morte estão triunfando, pois “todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3.23). Mas na 3ª fica claro que Jesus venceu esta luta, pois removeu “o aguilhão da morte” ( 1 Coríntios 15.56); a “picada” do pecado não incomoda mais. A 4ª estrofe acentua que não se trata de uma brincadeira, mas foi “uma guerra estranha” ou esquisita (no original “ein wunderlicher Krieg”). Ela descreve bem a agitação e inquietude da luta: ora um guerreiro parece mais forte, ora outro, até que finalmente se pode cantar “O inferno foi vencido. Aleluia”. A 5ª estrofe com o “real Cordeiro” e “o sinal de sangue na porta” recorda como Deus havia libertado o seu povo do jugo no Egito . Nas entrelinhas descobrimos João 3,16 “Deus amou ao mundo de tal maneiro que deu o seu Filho unigênito”. Na 6ª estrofe observe os termos usados! Quantas e quais as palavras que descrevem o raiar do sol da Páscoa que nos dá esperança e alegria e nos faz cantar “Aleluia”?

A melodia usada por Luther para este hino parece ter forte correlação com partes da Sequência litúrgica para o dia de Páscoa:”Victimae paschalis laudes”, Acredita-se que a melodia original tenha sido escrita por Ompi da Borgonha , no século 11. Este foi transformado, gradualmente em uma Leise, (uma canção devocional em alemão do tempo antes da Reforma Luterana) mas manteve as características de cantochão. Luther elaborou uma nova versão melódica, que foi publicada no Enchiridion de Erfurt (1524). E Johann Walter fez uma adaptação para o seu Wittembergisch Geistlisch Gesangbuch (1524).

Nota:

1. http://en.wikipedia.org/wiki/Victimae_paschali_laudes

Fontes: Wikipedia e Otto Schlisske “Handbuch der Lutherlieder” Göttingen, 1948
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Hino: 57. Cristo entregou-se à morte
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Comentário ou reflexão sobre hino
ID: 25156
REDE DE RECURSOS
+
Deus diz: trabalha, deixa de preocupar-te, eu te vou dar tudo. Depois de Ele o ter dado, aí, sim, deves empenhar o teu cuidado, distribuindo de forma justa o que recebeste, assim que não o guardes para ti, mas que dele possam usufruir a tua família e outros mais.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br