Culto Eucarístico

Dia Nacional da Diaconia - 2012

22/04/2012

 

Celebração do Dia Nacional da Diaconia

22 de abril de 2012 - 3° Domingo da Páscoa
 


LITURGIA DE ENTRADA

Prelúdio
(Distribuir anteriormente nos bancos da igreja um saquinho com feijão; pode ser amarrado com um cartão pequeno com o logotipo da Diaconia - veja ane-xo).

Acolhida
L “Jesus Cristo diz: eu vim para que as minhas ovelhas tenham vida e a te-nham em abundância”. João 10.10

Com estas palavras damos as boas-vindas a todas as pessoas presentes no culto deste dia! Celebramos hoje o Dia Nacional da Diaconia em toda a IECLB. Isto é, o dia em que, em todas as comunidades da nossa Igreja, refletimos sobre o serviço ao próximo, missão esta que recebemos do próprio Deus pelo exemplo de seu Filho que diz: “Não vim para ser servido, mas sim para servir”. Mc 10 .45 -

Saúdo a comunidade reunida e também as pessoas que nos visitam. Que possam sentir-se bem na casa de Deus. - (Compartilhar o logo da Diaconia em power-point, cartaz, ou pequenos cartões impressos).

L O versículo do Evangelho de João que ouvimos tem um grande significado para a Diaconia. Gostaríamos de compartilhar o logotipo da Diaconia bem como seu significado, neste dia tão importante no âmbito de nossa Igreja.

O logotipo da IECLB-Diaconia representa uma pomba em forma de cruz. Ela traz no bico um grão de feijão germinando. A Diaconia vê o ser humano de forma integral, por isso também se preocupa com a sobrevivência física. No Brasil, grande parte da população ainda tem no feijão um de seus alimentos fundamentais.

É uma pomba em movimento. Ela está dentro da estrutura e fora dela. É dinâmica. Representa também a paz, com base na justiça, e vida digna para todas as pessoas, conforme Jesus propõe em João 10.10.

Hino

C (canta) Diaconia
1. Quero aprender de Maria a ouvir com devoção;
E A m
ter de Marta a energia, pressa e dedicação.
F G C Em Am
Acontece diaconia na ação em oração.
E Am
Ser uma Marta-Maria: que bonita vocação!
F C
Refrão : Vamos juntos trabalhar na seara do Senhor,
G C
Pois o povo está a vagar, qual ovelhas sem pastor.
F C
Libertados pela graça, nos dispomos a servir.
G C
Sirvamos com alegria, exaltando o Deus do amor.

2. Do pequeno ser amigo ao faminto dar o pão,
Com o nu buscar abrigo, com o doente, comunhão.
Acolher o forasteiro, ao sedento saciar.
Libertar o prisioneiro e os mortos sepultar.

3. Todos nós somos chamados para este mutirão.
Venham, pois, muito animados, integrar a comunhão!
Vivenciar diaconia com os mais pobres deste chão;
Resgatar a cidadania, superar a escravidão!

Saudação apostólica

L A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com vocês.
C E também com você.

Kyrie eleison

L Trazemos a Deus o clamor pelas pessoas que sofrem, através da canção:
C (canta) Pelas dores deste mundo.

Confissão de pecados

Oremos: Bondoso Deus, tu és como um pai e uma mãe; e te preocupas com aquilo que acontece a teus filhos e tuas filhas nesta terra. Chegaste ao extremo de sacrificar o teu Filho, demonstrando teu grande amor pelo ser humano e pelo mundo.
Perdoa-nos, Pai, quando não levamos em conta tua grande bondade em relação a nós. Desprezamos, muitas vezes, o sofrimento e a cruz de teu Filho Jesus Cristo. Ó Deus, perdoa a dureza de nosso coração, que nos torna distantes até mesmo de pessoas queridas. Perdoa-nos por não aceitarmos e por não praticarmos os teus ensinamentos. Perdoa-nos pelas palavras que sacrificam ou machucam ao próximo. Perdoa-nos, quando apenas buscamos vantagens em qualquer situação. Perdoa-nos quando negamos a cruz que tu nos convidas a levar.
Perdoa-nos, Senhor, nossa falta de fé e ação, quando deixamos de lutar por uma vida mais justa e mais fraterna. Olha para nós, ó Deus, e pelo teu perdão anima-nos. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

Anúncio do perdão

No amor de nosso Pai somos um em Jesus Cristo. Assim o doador do Espí-rito de reconciliação acolhe a nossa confissão e nos agracia com seu perdão. As palavras de Isaías 57.16 anunciam: “Não continuarei repreendendo o meu povo e não ficarei irado para sempre; senão morreriam os seres que eu criei, aqueles a quem dei o sopro da vida.”

Hino

C (canta) Aqui você tem lugar. 325 HPD

Oração do dia

L Assim como estamos, oremos:
Pai amado, que em Jesus nos permitiste aprender o teu caminho, dá-nos agora a visão e a compreensão do teu Santo Livro. Que na leitura e na meditação possamos aprender a usar a nossa vida para engrandecer o teu nome e que a chama do Evangelho que nos concedeste jamais se apague. Vem, Espírito Divino, grande ensinador, revela às nossas almas o teu grande amor. Amém.

 

LITURGIA DA PALAVRA

Leituras bíblicas

L Preparemo-nos para ouvirmos a palavra de Deus cantando:
C (canta) Aleluia, aleluia, aleluia - 351 HPD 2

Primeira leitura

L Atos 3.12-19
C (canta) Aleluia, aleluia, aleluia - 351 HPD 2

Salmo do Domingo – Salmo 4

C (canta) Aleluia, aleluia, aleluia - 351 HPD 2

Segunda leitura

Aclamação do Evangelho

L Em respeito ao Evangelho, convido aquelas pessoas que puderem a se co- locarem de pé.
L Leitura do Evangelho de Lucas, 24.36b-48 ... (ao final:) Palavra do Senhor!

Mensagem

Confissão de fé

Oração Geral da Igreja

L Bondoso e eterno Deus, tu nos amaste primeiro, e continuas nos amando. Tu te entregaste por nós e continuas te entregando. Tu nos serves e continuas a nos servir. E por isso nós podemos amar, entregando-nos e servindo a outras pessoas.

Pedimos-te que nos ajudes e nos libertes de tradições e regras morais que não são evangélicas, que nos mantêm amarrados e que não permitem darmos testemunho da tua misericórdia e justiça.

Pedimos-te pelas pessoas que ainda não sentem o teu amor e não se dispõem a servir, para que encontrem consolo e paz e que venham a ti.
Pedimos pelas pessoas enfermas: faze-te presente em suas vidas, dá-lhes o teu sustento para que possam recuperar-se. Convoca os familiares, irmãos/as na fé, comunidade, para que sirvam em suas necessidades.

Bondoso Deus, pedimos-te pelas igrejas cristãs no mundo inteiro, pelas lideranças, pelos ministros e ministras. Ajuda-nos a sermos fieis testemunhas em meio a um mundo tão carregado de dor e egoísmo.

Tudo isso te pedimos por Cristo, nosso Senhor e Salvador. Amém.

 

LITURGIA DA CEIA DO SENHOR

Preparo da Mesa e do Ofertório

Recolhimento das ofertas

L (Enquanto são trazidas até a mesa as ofertas e os elementos da ceia, a comunidade entoa:)

Hino

C (canta) Obrigado, Pai celeste - HPD 286

Oração de ação de graças

L O Senhor esteja com vocês.
C E também com você.
L Vamos elevar os nossos corações a Deus.
C Ao Senhor os elevamos.
L Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
C Isso é digno e justo.

(Prefácio)
L Sim, é verdadeiramente digno e justo que te glorifiquemos e te rendamos graças, sempre e em qualquer contexto. Tua criação é perfeita e ela nos alegra e nos faz perceber quão grande és, bom Criador! Desejaste que tua criação vivesse em harmonia e paz, mas a humanidade, por sua ganância e sede de querer sem-pre mais, causou modificações nessa realidade.

(Anamnese)
L Deus, Rei da Paz, te damos graças que enviaste teu amado Filho, o Príncipe da Paz, a fim de refazer teu plano de paz na tua criação. Jesus nasceu na humildade, cresceu e serviu-te, sendo recebido pelas pessoas simples e de coração aberto, e ele aceitou assumir o caminho do Calvário em obediência a ti, bondoso Deus, e por amor a todos nós. Jesus, porém, não permaneceu morto, mas ressuscitou e ascendeu para junto de ti, de onde o esperamos voltar.

(Narrativa da instituição)
L Ele veio nos salvar por meio de seu sacrifício; pois na noite em que Jesus foi traído, ele tomou o pão, deu graças, o partiu e o deu aos seus discípulos dizendo: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.
L Semelhantemente, depois de cear, Jesus tomou o cálice, dizendo: este cálice é a nova aliança no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.
E nós, ó Deus, faremos esta refeição até que voltes, conforme prometeste.

(Epiclese)
L Para nossa comunhão de mesa, responde quando a ti pedimos:
C (canta) Vem, Espírito Santo, vem, vem nos congregar. (2x)
De todas as línguas vem nos reunir,
na unidade vem nos reunir.
Vem, Espírito Santo, vem, vem nos congregar.

(Mementos)
L Lembra-te, Senhor, de todas as pessoas que se envolveram na causa da paz, muitos familiares e amigos que já partiram desta vida. Reúna-nos com essas pessoas no banquete por ti prometido.

(Doxologia)
C (canta) Por Cristo, com Cristo e em Cristo, seja a ti, Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. Amém, amém, amém.

Pai-Nosso

A paz

L A paz necessita ser construída entre nós. Reconhecemos que falhamos nisso. Nossa boca fala palavras duras e amargas, muitas vezes sem dó e quase sem arrepender-se. Nossas mãos se fecham para nosso semelhante, não cooperam, mesmo vendo os que mais amamos sobrecarregados, ou ainda, fecham-se e machucam mortalmente outras vidas. Nosso olhar, ao invés de ser um brilho de luz sobre a vida do outro, sombreia e ameaça a liberdade e espalha rancor e ódio. Por tudo isso, necessitamos reconciliar-nos uns com os outros e, assim, reconciliar-nos com Deus. A paz entre nós, pessoas, necessita da intervenção divina! Saudemo-nos, por isso, dando-nos as mãos num aperto de mão, ou num abraço uns aos outros, desejando-nos a paz de Cristo.

Fração

L (elevando o cálice com o fruto da videira)
O cálice pelo qual damos graças é a comunhão do sangue de Cristo.
L (elevando o pão e partindo-o)
O pão pelo qual damos graças é a comunhão do corpo de Cristo.
C (canta) Nós, embora muitos, somos um só corpo.

Comunhão
L A paz é iniciativa do próprio Deus para conosco. Nessa ceia, experimente-mos a bondade de Deus através do corpo e do sangue de seu Filho Jesus Cristo.
Venham, pois tudo já está preparado.

 

LITURGIA DE DESPEDIDA

Avisos comunitários

Hino

C (canta) Que a graça do Senhor Jesus - 350 HPD

Bênção

L Que o Senhor te acompanhe ao partires deste lugar;
Que vá à tua frente para iluminar teu caminho;
Que caminhe ao teu lado para ser sempre teu amigo;
Que vá atrás de ti para proteger-te de qualquer dano;
Que seus braços carinhosos estejam debaixo de ti para te sustentar
Quando o caminho for difícil e estiveres muito cansado;
Que esteja sobre ti para te cuidar, a ti e a todos que amas.
E, sobretudo, que Deus viva em teu coração
Para dar-te sua alegria e sua paz para sempre.
C Amém.

Envio
 

Diácona Mariane Schneider, ministra na Paróquia de Sinop-MT
 


Autor(a): Mariane Schneider
Âmbito: IECLB
Área: Missão / Nível: Missão - Diaconia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Celebração
ID: 13801
REDE DE RECURSOS
+
Um coração repleto de alegria vê tudo claro, mas, para um coração triste, tudo parece tenebroso.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br