Datas Comemorativas 1998

01/12/1997

Datas Comemorativas

1998

Comemorar datas jubilares é uma tradição muito antiga, ela remonta há milhares de anos. Há muito tempo existe a tradição de lembrar, a cada 25 anos, datas marcantes. Em nossos dias, infelizmente, se valoriza muito pouco as datas jubilares, conforme a seqüência acima citada. Hoje cada qual escolhe ocorrências e datas de acordo com seus interesses para comemorá-las. Comemora-se ¨jubileus¨ de 10 anos, de 30 anos ou qualquer outro número de anos. Com isso corre-se o risco de inflacionar datas comemorativas.


25 anos: 1973 Guerra do Yom Kippur e boicote da OPEP

No dia 6 de outubro de 1973, no feriado judáico do Yom Kippur = dia do Perdão, tropas do Egito e da Síria invadiram Israel, num ataque de surpresa, para reconquistar terras perdidas na guerra dos 6 dias de 1967. A guerra durou 19 dias e foi concluída sob intervenção das potências mundiais.

Nesses dias, os árabes descobriram no petróleo uma arma de guerra: usando a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), boicotaram o fornecimento aos países que apoiavam Israel e provocaram pânico mundial com o aumento de preços dos seus derivados.

50 anos: 1948 Morre Mahatma Gandhi

No dia 30 de Janeiro de 1948 foi assassinado o libertador da índia: Mahatma Gandhi. Ele nascera no dia 2 de outubro de 1869 em Porbandar, uma pequena cidade na costa da índia Ocidental e recebeu o nome: Mohandas Karamchand Gandhi.

A índia, o segundo país mais populoso do mundo — hoje com aproximadamente 900 milhões de habitantes — caiu a partir do século XVIII sob domínio britânico. Aconteceram várias tentativas de conquistar sua independência, mas todas foram frustradas pelo poderio militar e econômico da Inglaterra.

Mahatma Gandhi foi o idealizador de um movimento de resistência passiva aos ingleses. Ele e os seus adeptos não cooperavam com os ingleses: não compravam produtos ingleses e bloqueavam a movimentação de tropas, deitando-se nas ruas e assim passivamente imobilizavam os ingleses. Gandhi levava uma vida de asceta, se alimentava só com o essencialmente necessário para sobreviver e ele mesmo tecia suas roupas de algodão. Era uma pessoa extremamente humilde, que tinha o dom de convencer através de seus ensinamentos e de seu exemplo de vida. Ele passou muitos anos de sua vida em prisões dos ingleses e também nestas ocasiões ele conquistava simpatias pela sua maneira de ser. Ele irradiava paz e amor e não conhecia o medo. Ele batalhou muito para reconciliar adeptos do Induísmo e Islamismo, grupos de religiosos que se combatiam ferozmente. Lutou por justiça social e tentou superar o sistema de castas, que discriminava a população da índia. Empenhou- se pelos direitos da mulher e amava Jesus Cristo. Gandhi não era cristão, mas lia regularmente a Bíblia, principalmente os Evangelhos, e dizia: se os cristãos vivessem como seu mestre ensinou, já não haveria mais problemas no mundo.

75 anos: 1923 1ª. emissora de rádio no Brasil

Em 1923 foi fundada a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, que foi a primeira emissora de rádio comercial do Brasil — na época, existiam 80 aparelhos de rádio espalhados pela cidade. Em 1996 existiam no Brasil 2.961 emissoras comerciais de rádio.

150 anos: 1848 Manifesto Comunista

O ano de 1848 é caracterizado na Europa como o ano das revoluções socialistas. A industrialização atraía cada vez mais pessoas para as cidades. Mas não havia emprego para todos e os que conseguiam trabalho não recebiam um ordenado justo. Por isso Karl Marx lançou nesse ano o seu afamado Manifesto Comunista. Nesse manifesto ele conclamava os operários de todos os países a se unirem para assumir os meios de produção e distribuição de todos os bens de consumo. O grande sonho dos socialistas era que o mundo se transformaria num verdadeiro paraíso, quando o comunismo estivesse implantado.

De 1848 até 1852 também aconteceram várias revoluções socialistas em províncias da Alemanha. Tanto na Alemanha, como em outros países da Europa, estas revoluções socialistas foram violentamente sufocadas e trouxeram consigo uma frustração muito grande.

Milhares de europeus deixaram os seus países e emigraram. Também para o Brasil vieram muitos intelectuais desses movimentos sufocados. Aqui eles tornaram-se professores, líderes políticos e empresários bem sucedidos na indústria e no comércio. Em Santa Catarina, eles se destacaram em Florianópolis, Joinville e Blumenau e cer-tamente vamos encontrá-los em muitas outras cidades de nosso país.

350 anos: 1648 Paz da Westfália finda guerra de 30 anos

A guerra dos 30 anos, de 1618 até 1648, mostra uma das páginas mais sombrias da história. Trata-se de uma guerra religiosa entre católicos e protestantes, que custou a vida de dois terços da população da Alemanha.

A Alemanha estava dividida em províncias e regiões onde só viviam protestantes ou só católicos. Quando o regente de uma certa região mudava de credo religioso, a população tinha que acompanhá-lo ou emigrar. No decorrer do tempo, o povo tornou-se um verdadeiro joguete nas mãos de governantes inescrupulosos, para os quais o credo religioso só era usado para vantagens políticas.

Na guerra dos 30 anos se enfrentaram: a Liga, que reunia as forças católicas e a União, que reunia as forças protestantes. Também nesta guerra a convicção religiosa era secundária. No campo de batalha, em muitas ocasiões, protestantes se uniam com católicos e vice-versa, quando isso trazia vantagens pessoais ou locais. Nessa guerra se envolveram praticamente todos os países da Europa. Em certos períodos da guerra as forças protestantes quase liquidaram as forças católicas e em outras fases acontecia o contrário. Quando, após 30 anos de muito sofrimento, foi assinada a Paz da Westfália praticamente se voltou à mesma realidade de. 1618, quando a guerra iniciou. Esta foi a última grande guerra entre protestantes e católicos na Alemanha.

450 anos: 1548 Inicia a escravatura africana no Brasil

Em 1548 chegou a primeira grande leva de escravos africanos ao Brasil. Nos três séculos seguintes, até 1850, centenas de milhares de africanos foram trazidos à força para o Brasil. Só fazem 110 anos que o Brasil, pelo menos oficialmente, aboliu a escravatura.

500 anos: 1498 Descoberto caminho marítimo para as Índias Em 1498 o português Vasco da Gama descobriu o caminho marítimo para as Índias.

Girolamo Savanarola é queimado como mártir

Quando se aproximam grandes datas jubilares: 1.000 anos, 1.500 anos ou (em nossos dias) 2.000 anos, grandes inquietações costumam caracterizar a época. É comum surgirem movimentos apocalípticos, que pregam o fim dos tempos e que, com grande veemência, chamam ao arrependimento.

Girolamo Savanarola, que viveu de 1452- 1498, em Florença na Itália, foi um grande pregador que, como visionário profético e apocalíptico, exigia reformas gerais na Igreja e no Estado. Ele condenava a luxúria que caracterizava a Igreja de seus dias e exigia que a mesma reassumisse a simplicidade e humildade do tempo dos apóstolos.

Como a Igreja e os poderosos da época não tinham interesse algum em reformas e mudanças na Igreja ou no Estado, Savanarola foi entregue à Inquisição, que o julgou como herege, condenando-o à morte na fogueira.

No dia 31 de maio de 1498, após terríveis torturas, ele foi enforcado e queimado. Certamente Savanarola merece ser lembrado como um dos grandes batalhadores pela Reforma da Igreja no fim da Idade Média.

550 anos: 1448 Descoberta a arte de imprimir

Em 1448, o alemão Johann Gutenberg inventou a impressora de tipos móveis. Entre 1453-56 ele imprimiu a primeira Bíblia. Com essa invenção Gutenberg iniciou um trabalho, que em pouco tempo revolucionou e transformou o mundo. Com ele nasceu a imprensa, ou melhor, a comunicação de massa.


 

Estas informações foram compiladas por Nelso Weingärtner


Ver ìndice do Anuário Evangélico - 1998

 


Autor(a): Nelso Weingärtner
Âmbito: IECLB
Título da publicação: Anuário Evangélico - 1998 / Editora: Editora Sinodal / Ano: 1997
Natureza do Texto: Artigo
ID: 33102
REDE DE RECURSOS
+
Toda a vida dos crentes não é outra coisa senão louvor e gratidão a Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br