Desperta em alegria, minh’alma, com louvor

Comentário e Reflexão

10/12/2013

HPD 65 – Desperta em alegria, minh’alma, com louvor.

Letra: Paul Gerhardt, 1647

Melodia: Johann Crüger, 1647

Textos bíblicos: Salmo 118.24; Filipenses 4.4; 1 Pedro 1.3-9

HPD nº 65 “Desperta em alegria, minh’alma, com louvor” (original: Auf, auf, mein Herz, mit Freuden” com 8 estrofes, das quais temos a tradução de 4 em nosso hinário) é mais um dos bonitos hinos de ►Paul Gerhardt (1607-1676) que fala de “alegria”. Ele compôs estes versos no ano 1647, um ano antes do fim da Guerra dos 30 Anos (1618-1648), época em que paz e alegria eram raridades. O poeta contava então com 40 anos de idade, ainda se chamava de “estudante de teologia” e ganhava seu pão de cada dia como professor particular. A melodia saltitante e viva do organista e compositor ►Johann Crüger (1598-1662) sublinha muito bem as palavras do texto. Ele se serviu para isso de uma melodia de uma dança italiana.

Frank Graf comentou a respeito deste hino (em 1972): Numa letra clara e forte o poeta nos coloca perante a história e alegria da Páscoa. Esta alegria da Páscoa não é, contudo, apenas algo que aconteceu na história, mas quer me atingir hoje. Jesus é vencedor, e nós vencedores com ele. Jesus triunfou sobre o mundo e nós triunfamos também. Jesus aniquilou morte e inferno, subjugou os poderes do mal – e nós também!

O tema principal é indicado logo na primeira estrofe: alegria, louvor, gratidão, pois Jesus ressuscitou. Raiou um novo dia, brilhou o sol da graça divina. Está na hora de despertar e começar nova vida. “Desperta em alegria!”

A segunda estrofe leva os nossos pensamentos inicialmente à sepultura, onde o corpo de Jesus havia sido guardado após a crucificação. Parecia noite escura, sem esperança, sem saída. MAS aconteceu o inesperado - Jesus ressuscitou, triunfou. Na luta entre vida e morte Jesus saiu como herói e vencedor. (Salmo 98.1; Salmo 118.15+16; 1 Coríntios 15.55-57; Apocalipse 12.10).

Na terceira estrofe são dados alguns exemplos da nova vida que nasce da vitória de Cristo. Aconteça o que acontecer. Venha quem quiser. Tendo a certeza da Páscoa no coração não precisamos mais temer nada e ninguém. Pois ninguém consegue roubar o que Cristo conquistou por nós: nova vida, vida que não é deste mundo, vida eterna (2 Coríntios 5.17).

Naturalmente, enquanto andamos por este mundo, vales escuros da sombra da morte ainda nos assustam. Naturalmente somos tentados e podemos cair, e certo dia teremos que morrer. Porém, o Senhor ressurreto nos assiste. Ele disse: “No mundo passais por aflições. Mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16.33). A quarta estrofe mostra algo muito importante ainda. Para que a alegria pascoal reine entre nós, é necessário permanecermos unidos a Cristo, como membros a um corpo (Colossenses 1.18) ou ramos na videira (João 15.4-5). Por isso - “Desperta, minh’alma”.

LC.


 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Hino: 65. Desperta em alegria
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Comentário ou reflexão sobre hino
ID: 26197
REDE DE RECURSOS
+
Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha.
Filipenses 2.5
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br