Dia da Igreja 2015 - Stuttgart/Alemanha

09/06/2015

O Dia da Igreja (Kirchentag) reuniu mais de 100.000 pessoas em Stuttgart, Alemanha, de 4 a 7 de junho. Crianças, jovens, famílias, pessoas idosas, estrangeiros, palestrantes, corais, grupos, instituições– milhares de xales vermelhos indicavam o grande anseio deste povo reunido:

“(.. .) para que alcancemos coração sábio” (Salmo 90:12).

Um livro de 600 páginas com 2500 opções de programas: estudos bíblicos, palestras, shows de música de todos gêneros, debates acalorados mas respeitosos, teatro, apresentações usando toda parafernália da mídia – tudo isto foi o Kirchentag para todos jeitos.

Diversos políticos dirigiram estudos bíblicos ou nortearam suas falas no tema proposto. O bispo de Wuerttenberg falou da sabedoria do coração”. Ouvimos um alemão comentar: “Olha só, temos um pastor evangélico luterano como presidente da República e a chanceler é filha de pastor evangélico luterano...ambos da antiga Alemanha Oriental!”

Também a sabedoria do idoso ex-secretário das Nações Unidas, Kofi Annan, emocionou milhares de pessoas quando disse: “Temos a sensação de que o mundo está desabando... e não temos mais a desculpa de desconhecer os fatos neste mundo globalizado...mas ninguém é novo demais para assumir responsabilidade e ninguém idoso demais para agir.”

Temas “quentes” no Dia da Igreja em Stuttgart foram, entre outros: a problemática e os desafios que representa a migração crescente de pessoas, culturas e raças por causa de violência, guerras e fome. Sobre este tema a pastora Margot Kaesmann disse em seu estudo bíblico que as pessoas devem ter o direito de migrar e que a Bíblia está cheia de exemplos positivos de pessoas, famílias e povos que migram, vão e voltam e ficam.

Outro tema brisante foi a inclusão do diferente no seu mais amplo sentido e o que esta exige de nós cristãos. Inclusão de pessoas portadoras de deficiência, de pessoas homo afetivas, de minorias, de estrangeiros, de outros credos etc. A perplexidade perante tantas mortes do Mar Mediterrâneo de pessoas que fogem de violência e terror, buscando na Europa novas perspectivas de vida, ocupou grande espaço no Kirchentag e sentimos que a disposição de acolhida – dividida entre diversos países – cresce.

Para satisfação de muitos, a ala pietista conservadora da igreja esteve presente no Kirchentag pela primeira vez, seja com palestras e encontros, ou em alguns dos muitos estandes no “Markt der Moeglichkeiten” (Mercado das Possibilidades), buscando claramente o diálogo e exercendo o respeito e a sugerida inclusão, mesmo tendo opiniões muito diversas sobre o que seja, por exemplo, a meta da missão! Também aqui: unidos na diferença e no mesmo Cristo!

Para nossa alegria também encontramos dois estudantes das Faculdades EST, servindo pessoas com bebidas e petiscos, pois muitos estavam deveras cansados neste calorão incomum que a primavera nos proporcionou no Kirchentag.

A temática do ecumenismo e da convivência inter-religiosa coloriu o Kirchentag e representantes de seis religiões oraram, inclusive o secretário geral do Conselho Mundial de Igrejas. Num momento passou por nós um senhor, dizendo: “O Papa Francisco deveria estar aqui.” Sua abertura em diversas questões gera esperanças entre o povo católico, mas também evangélico. Muitos usavam fitas cor laranja com dizeres como: “Juntos queremos celebrar a Santa Ceia.”

A economia mundial e os valores que transcendem o monetário foram temas em muitos eventos. Principalmente jovens pronunciaram a convicção que há o suficiente para todos, se a riqueza da terra for dividida com justiça. Inúmeras instituições sociais presentes testemunhavam este desejo com muita criatividade e projetos no “Mercado das Possibilidades”. O Brasil esteve bem presente!

Para nós estes dias foram marcados por encontros preciosos, alegria, confraternização e aprendizagem.

Dorothea e Ingo Wulfhorst.
 


Autor(a): Dorothea e Ingo Wulfhorst.
Âmbito: IECLB
Área: Ecumene
ID: 33641
COMUNICAÇÃO
+
A Comunidade cristã deve ser reconhecida, sem sombra de dúvida, na pregação do Evangelho puro
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br