Dia da Igreja anima a servir com alegria

15/07/2014

“Para mim, o Dia da Igreja do Sínodo Nordeste Gaúcho, da forma como está estruturado, favorece o sentimento de unidade, o sentimento que também somos muitas e muitos, que também conseguimos mobilizar um grande número de pessoas”, afirmou a pastora vice-sinodal e pastora na paróquia de Nova Hartz, Tânia Cristina Weimer. “Isso dá visibilidade pra nossa igreja, isso gera orgulho e satisfação. Saber que eu estive lá, que participei de um encontro que reuniu grande número de pessoas me enche de satisfação e me anima a continuar servindo com muita alegria a esta Igreja que é de Deus”.

Leia a entrevista sobre a preparação de Nova Hartz para o Dia da Igreja 2014, no dia 31 de agosto, em Nova Petrópolis (RS).

Qual o sentimento dos membros sobre o Dia da Igreja?
Pastora Tânia Cristina Weimer: As pessoas gostam, de sair, de ver outras comunidades participando, de saber que estão se reunindo com irmãos e irmãs na fé. Que estão compartilhando e confraternizando.

Como muitas pessoas já participaram nas outras vezes, elas acabam contando e animando os outros. Desde a edição do Dia da Igreja em Gramado, quando começamos a trabalhar mais intensamente a participação, nosso pessoal aqui recebeu uma motivação especial e engrenou nessa atividade promovida pelo sínodo.

Como a paróquia está se organizando?
Pastora Tânia Cristina Weimer: Da mesma forma que em anos anteriores, estamos nos organizando emotivamente, financeiramente e logisticamente. Estamos anunciando o Dia da Igreja 2014 desde o final do ano passado, pedindo para as pessoas colocarem esse compromisso na agenda. E em quase todos os cultos, na hora dos avisos, repetimos o convite.

O material que o sínodo envia de tempos em tempos (camisetas, adesivos, cartazes e outros que estão por vir) vai reforçando o convite e fazendo com que esse evento seja sempre lembrado e esteja em nossa memória ativa. Também o culto motivacional, ou culto de louvor, como chamamos, realizado com o grupo Amigos do Canto, foi animador para esse dia.

E financeiramente colocamos uma pequena quantia no orçamento da paróquia e estamos buscando patrocinadores e pessoas que queiram contribuir para tornar a viagem mais acessível a todos. Em breve vamos começar as inscrições. Já fizemos o pedido de cinco ônibus para deslocar o pessoal.

Qual a sua expectativa e a dos membros?
Pastora Tânia Cristina Weimer: Tenho a esperança de que seja mais uma vez um evento com boa participação, e que o Tema Servir e ser Feliz seja gerador de muitas ações diaconais, de muita solidariedade e que desperte um enorme respeito e compromisso entre nós Sínodo Nordeste Gaúcho, que somos um pedacinho dessa IECLB.

Os membros estão curiosos. Olham com curiosidade para o cartaz. Uma pessoa perguntou, apontando para o serviço do beija-flor: “A gente precisa levar alimento para outras pessoas para ser feliz? Alimento não quer dizer só comida, certo? Posso levar o Evangelho também”.

COMUNICAÇÃO
+
Jamais a fé é mais forte e gloriosa do que ao tempo da maior tribulação e tentação.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br