Dia da Igreja Nordeste Gaúcho - 2006

Dia da Igreja 2006 cartaz
Dia da Igreja 2006 (2)
Dia da Igreja 2006 (3)
Dia da Igreja 2006 (4)
Dia da Igreja 2006
1 | 1
Ampliar

Mais de duas mil pessoas foram no Parque Centenário, em São Sebastião do Caí (RS), para a celebração do 5° Dia da Igreja do Sínodo Nordeste Gaúcho. Caravanas das mais diversas localidades ocuparam os espaços do ginásio, onde faixas identificavam as paróquias e grupos presentes.
A programação iniciou com culto eucarístico, e seguiu por todo o dia, contando com a participação de todos os obreiros e obreiras do Sínodo Nordeste Gaúcho.

Teatro – Um grupo de jovens fez uma pequena encenação, dramatizando a leitura da epístola de Atos 9.15-20, quando Ananias impõe as mãos sobre Saulo, para que este recupere a visão e fique cheio do Espírito Santo.
O pastor Presidente da IECLB, Walter Altmann, fez a pregação falando da Ascensão do Senhor e do Dia de Pentecostes, que é tido como a data de nascimento da igreja cristã, “uma vez que a partir do Espírito Santo assumimos o compromisso de testemunhar o evangelho até os confins da terra, sendo igreja missionária”.

Altmann destacou que muitas coisas acontecem e são vivenciadas e testemunhadas na caminhada missionária. Como exemplo, falou da música Kyrie Eleison, que foi composta pelo pastor Rodolfo Gaede Neto e que é cantada em diversos países.

Altmann também citou a Comunidade São Luis do Maranhão, que é uma expressão de como a Palavra ultrapassa fronteiras, reunindo pessoas amadas por Deus. “Deus ama a todas as pessoas e as reúne. A partir daí é preciso apoiar-se mutuamente e valorizar os dons que Deus nos deu. Mãos juntas transformam vidas”.

Para ele o poder dos cristãos é a união e o serviço. Servir a todos que necessitam, sem pensar em vantagens pessoais, como o próprio Cristo, que “não veio para ser servido, mas para servir e dar sua vida em resgate por muitos”.

Ofertas – “Não precisamos e muitas vezes não recebemos o aplauso do mundo”, disse o pastor presidente, destacando a importância da persistência em servir e testemunhar o amor de Deus. “A palavra não volta vazia, o cristão  segue dando seu testemunho. E assim a igreja vai crescendo. É preciso amar muito, amar e olhar além de fronteiras.”
Obreiros receberam o Certificado

O 5° Dia da Igreja foi a hora e a ocasião para que os obreiros e obreiras ordenadas do Sínodo recebessem os Certificados de Habilitação. A entrega foi feita pelos integrantes do Conselho Sinodal. O presidente sinodal, Egon Schwarz, agradeceu a participação e o empenho de cada um e cada uma na caminhada sinodal.

Dia contou com atrações para todas as idades
Após o culto, ainda na parte da manha, o publico se dividiu para prestigiar as diversas atividades oferecidas. O pastor Carlos Eduardo Bock falou sobre o tema Mãos na Família – Dedos entrelaçados ou apontados?Já a professora Hildeburg Bühler abordou o tema Nosso corpo pede cuidado. Os jovens participaram de oficinas. Houve que preferisse envolver-se em atividades diaconais e as crianças tiveram um espaço só seu.

Na parte da tarde, após uma animada apresentação de cada uma das paróquias presentes, foram oferecidas mais opções de atividades e atrações culturais da região e resultados de trabalhos, mostrando toda a força transformada das mãos que se unem não apenas em oração, mas em ação, e assim, transformam vidas.

O grupo musical Integração da Comunidade de São Sebastião do Caí, e um grande coral formado por integrantes de diversas comunidades fizeram com que a musica fosse outro elemento significativo do 5° Dia da Igreja, colocando ainda mais sonoridade no testemunho de amor a Deus.

O próximo Dia da Igreja do Sínodo Nordeste Gaucho acontece dentro de dois anos, em local a ser definido.














 

Vivam como pessoas que pertencem à luz, pois a luz produz uma grande colheita de todo tipo de bondade, honestidade e verdade.
Efésios 5.8-9
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br