Enquanto eu calei o meu pecado

LCI 99

01/01/2005

 

1. Enquanto eu calei o meu pecado,
envelheci, eu sei, de tão cansado.

Porque a tua mão pesava sobre mim
e o meu vigor chegou ao fim.
O meu pecado, então,
eu não mais ocultei
do meu Senhor e Rei.

2. Assim, eu confessei o meu pecado
e pelo sangue de Jesus, eu fui lavado.

Porque a tua mão pesava sobre mim
e o meu vigor chegou ao fim.
O meu pecado, então,
eu não mais ocultei
do meu Senhor e Rei.


Letra: Salmo 32 e Luciano Garruti Filho

Autoria da melida: Luciano Garruti Filho

 


Autor(a): Luciano Garruti Filho
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
ID: 49891
REDE DE RECURSOS
+
Devemos orar com tanto vigor como se tudo dependesse de Deus e trabalhar com tanta dedicação como se tudo dependesse de nosso esforço.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br