Estudos sobre Gênero - Introdução

20/10/2013

Introdução

Pa. Rosangela Stange1

Como uma colcha de retalhos costurada com o auxilio de várias mãos, assim surgiu este caderno de estudos. A cartilha “Assim Deus criou os seres humanos... homem e mulher os criou: Estudos sobre Gênero é um subsídio para trabalhar, com mulheres, homens e jovens, temas relacionados a gênero. O objetivo principal é promover a reflexão sobre as relações entre mulheres e homens para que as mesmas se tornem cada vez mais baseadas no respeito, na justiça e na valorização das diferenças.

No primeiro ensaio, a Pa. Dra. Claudete Beise Ulrich nos auxilia a compreender o que significa gênero e o que esse conceito tem a ver com as nossas relações pessoais e com o nosso cotidiano. Deus nos fez mulheres e homens à sua imagem e semelhança. A ambos abençoou e deu a tarefa de cuidar e de zelar pela Sua criação. A categoria de análise de gênero nos ajuda a compreender corno as diferenças biológicas se transformaram em desigualdades. O Prof. Dr. Felipe Koch Buttelli, no segundo texto, trabalha o conceito de equidade/igualdade de género, relacionando igualdade com justiça. As atividades para reflexão do texto nos levam a questionar e refletir se igualdade significa, necessariamente, justiça e o que, então, é necessário fazer para que a alcancemos.

A Pa. Dra. Elaine Neuenfeldt, por sua vez, aborda o tema justiça de gênero. A justiça de gênero concerne em promover e possibilitar a toda pessoa o acesso e ocupação de lugar nos espaços de poder. Mas, para que ela exista e, para que se possa ter relações mais igualitárias e justas, conforme o projeto original de Deus, é preciso que nos perguntemos sobre a concentração do poder nas mãos de poucos. Afirma a Pa. Ms. Marcia Blasi, no quarto ensaio, que pouco tem se falado, mas que é de suma importância que se reflita sobre o patriarcalismo: sistema e ideologia que coloca o homem acima da mulher. A dominação e a invisibilidade são tão marcantes que passam, inclusive, pela linguagem. Por isso, se queremos uma sociedade mais inclusiva, a mudança deve passar, também, por nossa linguagem. E isso o que aborda o P. Vilmar Abentroth no quinto estudo.

E o que nos dizem as Sagradas Escrituras? Não é nelas que nos baseamos para fundamentar as nossas relações? A Pa. Regene lamb nos mostra que é preciso atentar para a forma como lemos e interpretamos os textos bíblicos e, através de exemplos, demonstra “que nenhuma interpretação de texto é neutra. Por último, temos o testemunho da Dra. Débora Erileia Pedrotti-Mansilla que relata sobre as relações de gênero no cotidiano de uma comunidade na IECLB, trazendo o exemplo de sua família.

Desejamos uma boa leitura, um bom estudo e que Deus nos ilumine e nos inspire para ações e relações mais justas e inclusivas.

1. Coordenação de Gênero, Gerações e Etnias – Secretaria de Ação Comunitária

Volte para Indice de Estudo sobre Gênero

 


Autor(a): Rosangela Stange
Âmbito: IECLB
Título da publicação: Estudos de Gênero / Ano: 2013
Natureza do Texto: Artigo
ID: 25313
REDE DE RECURSOS
+
Que todo o meu ser louve o Senhor e que eu não esqueça nenhuma de suas bênçãos!
Salmo 103.2
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br