Êxodo 32.7-14 - 14º Domingo Após Pentecostes – 15/09/2019

Caderno de Cultos 2019 - Sínodo do Mato Grosso

09/09/2019

15/09/2019 – 14º DOMINGO APÓS PENTECOSTES
PRÉDICA: Êxodo 32.7-14 - Leituras Bíblicas: Salmo 51.1-11; 1 Timóteo 1.12-17; Lucas 15.1-10
P. Valmiré Martin Littig – Paróquia Evangélica dos Chapadões-MS

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Sejam bem-vindos/as a este culto. Acolhemos a todos/as com o lema bíblico do 14º Domingo após Pentecostes: “Tudo o que está escrito nas Escrituras foi escrito para nos ensinar, a fim de que tenhamos esperança por meio da paciência e da coragem que as Escrituras nos dão.”

Com essas palavras de Romanos 15.4, acolho a vocês, comunidade aqui reunida, neste dia-noite de culto. Sintam-se bem na casa de Deus.
Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
17 - LCI – Nós Estamos Hoje aqui Reunidos

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Nos reunimos nesta manhã/tarde/noite, para celebrarmos e louvarmos ao nosso Deus Criador e mantenedor de tudo e todos. Em seu Filho Jesus Cristo, que viveu e morreu por nós e em nome do Espírito Santo, nosso santificador e consolador. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
07 - LCI – Bom é Estarmos Unidos

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Senhor, se eu não vier à Tua casa com intuito de Te buscar,
Se meus pecados não Te confessar,
Se toda minha vida não for depositada em Teu altar,
Que venho fazer aqui?
Falar da pessoa ausente, analisar se o sermão foi convincente?
Ver irmão contra irmão?
Em vez de estar sendo bênção, tornar-me maldição?
Senhor, se eu não vier à Tua casa para sentir comunhão,
Se não souber repartir o pão, o vinho derramar,
E o perfume do frasco apodrecer,
Se não quiser mais Te obedecer,
Apontando as falhas dos outros, querendo ser superior,
Magoando corações e causando tanta dor?
Se falar que amo meu irmão, mas sou pedra de tropeço,
E nem isso reconheço?
Senhor, se venho à Tua casa para hinos entoar,
Com meus irmãos Te louvar,
Se depois que saio dali, a comunhão já perdi?
Se o abraço que acabei de dar,
Não foi para alegrar? (abracei por abraçar)
Senhor, se em Teu reino participo de alguma atividade,
E em fazê-lo não há sinceridade,
De que adianta ali estar?
Se for só pra fazer número e meu ego alimentar?
Se o verdadeiro ideal não é pôr a mão na Tua obra, Teu
nome exaltar!
Se não quero mais ouvir Tua voz a me orientar, a que ponto chegou?
Como pode ser assim? É tão triste esse fim!
O Senhor me deixou livre para escolher o que me dá mais prazer,
Quer seja em nos seus átrios entrar ou se prefiro lá fora ficar.
Mas o preço Ele vai cobrar, vai requerer!
Porém, há tempo ainda de quebrar o vaso de barro e o recuperar.
Molda-me, Senhor, no Teu filho amado!
Eu creio, Oh Deus! No teu grande poder.
Há tempo para o Senhor Jesus ocupar o primeiro lugar.
Deixar o amor florir, espalhar.
Faz, Senhor, esta obra agora em minha vida.
Restaura-me, cura as feridas.
Que delas eu nem me lembre, e entre sempre contente
Neste santuário para Te adorar!
Amém!

ANÚNCIO DO PERDÃO
“Deus derramou sobre nós ricamente o Espírito Santo, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador, a fim de que, justificados por graça, nos tornemos seus herdeiros, segundo a esperança da vida eterna.” (Tito 3.6s). Assim, declaro-vos o perdão dos seus pecados em nome de Deus, o Pai e o Filho e o Espírito Santo. Amém.

KYRIE
Uma Cristã não pode se fechar em si mesma. Olhar para além do grupo de pessoas que está a minha volta é desafiador. Esse desafio é importantíssimo, pois ele escancara as injustiças e sofrimentos do mundo. Kyrie, significa Senhor! Eleison, ter piedade, compadecer-se! Por isso, quando clamamos Kyrie Eleison estamos rogando a piedade transformadora de Deus para as situações que nos envergonham e nos entristecem. (Deixar a comunidade listar dores e sofrimentos de perto e de longe)
Nº 56- Livro de Canto – Pelas dores deste mundo


GLÓRIA IN EXCELSIS
Glória in excelsis O Senhor de misericórdia escuta nosso pedido assim como sempre escutou o clamor do povo e vem ao nosso encontro através da sua palavra e dos sacramentos. Por isso nos alegramos e entoamos nosso louvor cantando:
Nº 65- Livro de Canto – Gloria in Excelsis

ORAÇÃO DO DIA
Oração do Dia Deus de amor, nós fomos criados e moldados por ti com imenso amor. Tens cuidado de nós e tens sustentado a tua Igreja, chamando e despertando pessoas que vivem a verdadeira fé em ti, que participam e testemunham. Pedimos Senhor, dá-nos o teu entendimento pela tua palavra e sê presente entre nós. Abençoa a nossa missão, abençoa nossa comunhão e abre os nossos corações e nossas mentes para que a tua vontade se cumpra em nós. Por Jesus Cristo que, contigo e com o Espírito Santo, vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Salmo 51.1-11

2ª Leitura Bíblica: 1 Timóteo 1.12-17

3ª Leitura Bíblica: Lucas 15.1-10

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
502 - LCI – Ó Alegria vem Alumia

PREGAÇÃO
Texto da Pregação: Êxodo 32.7-14
- Que a graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que o amor de Deus o nosso bondoso Pai e que a comunhão que nos dá o Espírito Santo, estejam conosco e nos ajudem. Amém!
Amigos na fé. Este texto, é uma das histórias mais conhecidas da bíblia. Embora conhecido, rogo que o Espírito Santo nos ilumine para que possa surtir o devido efeito em nossas vidas.
Nosso texto da pregação é um diálogo, bastante acalorado de Deus com Moisés. Moisés, que estava no monte muitos dias, (recebendo os mandamentos) foi comunicado por Deus que o povo estava o rejeitando, o próprio Deus que havia tirado o povo da escravidão, por um Bezerro de ouro fundido. E disse a Moisés o seguinte: Desça depressa, pois eles já deixaram de seguir o caminho que EU mandei eles seguirem. Certamente Deus com isso está se referindo claramente ao segundo mandamento que diz: “Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso.
Por conta dessa desobediência e teimosia grande, Deus está disposto descarregar toda a sua ira contra o povo idolatra. Esse texto mostra que até o próprio Deus fica irado as vezes, mostra que Deus não tem “sangue de barata”, no linguajar popular, Deus estava “pê da vida”. Esse é o pano de fundo da história. Os versículos adiante nos apresentam um pedido e alguns argumentos de Moisés pedindo clemência para com o povo. Moisés primeiramente pergunta pra Deus, porque tanta ira? Este povo, é o povo que tiraste da terra do Egito com grande poder e força.
Moisés lembra do grande feito de Deus. Adiante fala a Deus, porque vamos dar o gostinho dos Egípcios disserem que o Senhor os tirou de lá para os destruírem por completo nas montanhas. Moisés, lembra dos patriarcas da fé, (Abraão, Isaque e Jacó) e fala da promessa de descendência como as estrelas do céu. E por último, a promessa da Terra Prometida. Depois desse diálogo tenso, mas cheios argumentos, Moisés consegue convencer Deus por sua misericórdia mais uma vez.
Vamos lá! Tente se colocar no lugar do povo de Deus, mas não se esqueça do contexto, deserto, líder que não voltava mais, fome e sede. O que você faria? Confiaria nas promessas de Deus de acompanhar o povo até a terra prometida? Pelo medo do abandono do líder espiritual, criariam um outro deus? Lembraria dos grandes feitos de Deus ou embarcaria na ideia de ter um deus visível que estivesse a frente de vocês.
Num primeiro momento a atitude do povo causa estranheza e revolta. Certamente muitos ao lerem o texto pensam o seguinte: mas que povo mais ingrato, sem paciência e sem fé!
A pergunta que não quer calar é: Em que somos diferentes desse povo, que julgamos ingratos, sem paciência e sem fé? Será que realmente não criamos ídolos em muitos momentos da nossa vida para substituir Deus? Quais são, hoje, os bezerros de ouro? A desculpa do tempo? A indiferença com a fé? A cega política ideológica? Materialismo? Dinheiro? Creio que, assim como o povo de Israel, nós também muitas vezes deixamos de ver tudo o que Deus fez e tudo o que Deus faz em nossa vida. E por agirmos assim, ao invés de confiarmos todas as áreas de nossa vida em suas mãos, colocamos a nossa confiança em pessoas, em coisas, em bens, ...
Se nossa confiança está depositada numa pessoa, num líder qualquer, quer seja ele o padre, o pastor, um missionário, um político, um craque do esporte, um amigo do peito, ... mais cedo ou mais tarde iremos dar com os burros na água. Devemos estar conscientes que um líder não vive eternamente, que um líder não está isento de cometer alguma falha, devemos ter em mente que um líder um dia pode nos abandonar...
Será que muitas vezes o deus tempo (essa é a principal desculpa) não se torna uma desculpa para nós não virmos às reuniões? Ou para não estudarmos a Palavra de Deus? Deus nos presenteou com 24 horas por dia, 7 dias por semana, e muitas vezes nós deixamos de dedicar um mínimo desse tempo em louvor e adoração à ele! As vezes nos tornamos idolatras, em proporção maior que o povo liberto do Egito e não nos damos conta.
Tente se colocar agora no lugar de Moisés! Você já teve um diálogo tenso com Deus? E nesse diálogo o foco não era você, mas sim um grupo de pessoas que cometeram um pecado gravíssimo! Analisem o que Deus está falando pra vocês! Vou destruir esse povo teimoso e rebelde. Depois farei de você uma grande nação. Como você agiria? Diria para Deus, se quiser eu te ajudo na destruição, por onde começamos? Ou rogaria clemência pedindo mais uma chance para o povo?
Vejam bem! O problema não era do Moisés, mas sim do povo. Moisés poderia assistir tudo de camarote. Moisés não tem essa atitude egoísta, mas clama em favor do povo em pecado.
Por um lado, o povo merecia o castigo, visto terem abandonado o Deus verdadeiro; visto que eles trocaram o Deus verdadeiro por uma estátua feita de ouro. Mesmo assim, Moisés intercede pelo seu povo diante de Deus. Ele, como líder, não deixou que Deus simplesmente os destruísse pelo erro que haviam cometido. Como Moisés intercede por Deus?
Moisés tem memória boa. Relembra promessas, feitos gingantes, poder e demostra gratidão. Deus percebe que a intercessão de Moisés é algo sincero que brota do coração. Nos tempos atuais, notamos que a volta do “olho por olho e dente por dente” é mais comum em nossas relações. Moisés teria todos os motivos para lavar as mãos dessa situação, mas intercedeu em favor do outro. As outras pessoas são importantes para nós? Minha comunidade é meu povo, que intercedo, que oro?
A partir da intercessão de Moisés em favor de seu povo, Deus o poupou. Deus não mais os destruiu no deserto. Aqui podemos ver o quão importante é a oração na vida do Cristão o diálogo com Deus em favor das outras pessoas. Porém, ao orarmos, devemos fazê-lo de coração, como Moisés, e não como uma obrigação.
- Como é a tua oração em favor de teu irmão? em favor do necessitado? em favor daquele que tu queres colocar perante o teu Senhor? É algo convicto, ou simples que não tem valor algum? Que este texto, sirva para nos inquietar em momentos que somos tentados a nos desviar do caminho e lavar aos em relação o problema dos outros. Amém.


HINO
620 - LCI – Meu Tempo

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta à Palavra do Evangelho, confessemos a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.
Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
564 - LCI – Abre os Nosso Olhos


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Oração geral da Igreja: Senhor, Deus todo- poderoso, em teu nome iniciamos este culto, e com a tua bênção queremos voltar aos nossos lares. Agradecemos-te porque falaste a nós e porque podemos encontrar-nos na promessa da tua misericórdia e do teu poder.
- Não nos permitas pensar que este culto está terminado agora. Não nos deixes esquecer de que tu nos (incumbiste) deste a missão de levarmos a nossa fé à prática vivencial e de sermos tuas testemunhas.
- Senhor, diante disso nós nos sentimos muitas vezes tão desajeitados, incapazes e fracos ao ponto de criarmos bezerros de ouro para nossa fé. Temos medo de passarmos vergonha se mencionarmos o teu nome. Tememos o sorriso arrogante (a gozação) daqueles que fazem pouco caso de ti.
- Senhor, vence a nossa fraqueza de ânimo e falta de coragem que não confia em ti. Liberta-nos para a confissão convincente e compreensível da tua vontade. Não permitas que desistamos quando não somos atendidos, entendidos ou aceitos, porque sabemos que tu nos defendes, assistes e aceitas.
- Fortalece, em especial, aqueles que se dedicam de tempo integral ao serviço da missão de proclamar o teu Evangelho. Concede-lhes palavras sinceras e honestas quando falam de ti e permite que sua palavra se torne tua palavra.
- Abençoa todo o esforço leal que visa levar, também por caminhos novos e através de formas ainda não costumeiras, pessoas mais para junto de ti, tirando-as de sua velha atitude negativa e de seu indiferentismo.
- Compadece-te de todas as pessoas que te buscam sinceramente. Faze surgir também em nossa comunidade um perguntar inquieto e ardente por teu Evangelho. Por nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que nos ensinou a orar: Pai Nosso...
PAI NOSSO
Pai nosso ...
LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO e ENVIO
Deus que cria, qual Pai, abençoe vocês e continue desenvolvendo em vocês a capacidade de buscar a vida.
Deus que salva e liberta, em Jesus Cristo, caminhe com vocês na verdade e na dignidade da vida.
Deus que anima, no poder do Espírito santo, esteja ao lado de vocês quando buscam realizar sinais de plena comunhão.
Vão, agora em paz e sirvam ao Senhor.
Amém.

CANTO FINAL
575 - LCI – Canção da Caminhada
 


Autor(a): P. Valmiré Littig
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 14º Domingo após Pentecostes
Testamento: Antigo / Livro: Êxodo / Capitulo: 32 / Versículo Inicial: 7 / Versículo Final: 14
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2019
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 52904
REDE DE RECURSOS
+
Jesus Cristo diz: Eu estou com vocês todos os dias até o fim dos tempos.
Mateus 28.20b
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br