Glória de Deus sobre a criança

Meditação de Martim Lutero

01/01/1983

Leia em sua Bíblia: Lucas 2.41-52

“Jesus respondeu a seus pais: Por que me procuravam? Não sabiam que me cumpria estar na casa de meu Pai?” (v. 49)



Que significa isso: Cumpre-me estar na casa de meu Pai? Não pertencem a seu Pai todas as criaturas? Tudo é dele; no entanto, Deus deu-nos as criaturas para uso, para que com elas lidemos nessa vida terrena, de acordo com o melhor juízo. Uma coisa, porém, reservou para si, algo santo e de propriedade exclusiva de Deus, algo que se deve receber dele em separado: É sua palavra santa com a qual governa os corações e as consciências, e as santifica e lhe dá a bem-aventurança. Por isso também o templo é considerado seu santuário, sua santa morada, para nele estar presente por sua palavra e fazer-se ouvir.

Ele não pode ser encontrado nem entre amigos e vizinhos, nem em qualquer outro lugar fora do ministério da palavra. Pois não quer ser mundano nem ser encontrado nas coisas mundanas. Ele quer estar nas coisas que são do Pai. Assim, aliás, se revelou desde seu nascimento e durante toda a vida.

Você não sabe que cristo não está nem pode ser encontrado somente nas coisas de seu Pai? Não naquilo que você e todos os homens são e possuem. Por isso acontecem essas coisas à mãe de Cristo e a José: Sua sabedoria, pensamentos e esperanças falham, e tudo leva a nada, enquanto o procuram de um lado para o outro. Pois não o procuram como deveria. Procuram-no como fazem carne e sangue. No entanto, nesse ponto deve-se deixar tudo de lado: amigos, conhecidos, toda a cidade de Jerusalém, toda arte e sabedoria, tudo que são eles próprios e todos os homens. Pois tudo isso não resulta em consolo algum – até que o procuram no templo, na casa de seu Pai. Aí, com certeza, é que o encontramos, e o coração acha paz.
 

Veja também:

Assunto Passagem Bíblica
Tema: A Glória de Deus sobre a Criança
Sabei que o Senhor é Deus Salmo 100
Glória de Deus sobre a criança Lucas 2.41-52
Era-lhes submisso Lucas 2.41-51
O Quarto Mandamento Colossenses 3.18-25
Ganhar o Céu ou o Inferno nos próprios filhos Mateus 18.1-9
Se vocês não se tornarem como crianças Mateus 18.1-9
O limite da obediência João 2.1-11
Jesus abençoa as crianças Marcos 10.13-16

Voltando ao Castelo Forte - 1983


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 2 / Versículo Inicial: 41 / Versículo Final: 52
Título da publicação: Castelo Forte / Editora: Concordia Ltda/Editora Sinodal / Ano: 1983 / Volume: 1
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 20122
REDE DE RECURSOS
+
O amor ao próximo não olha para o que é próprio. Também não olha se a obra é grande ou pequena, mas considera apenas a sua utilidade e a necessidade para o próximo ou para a Comunidade.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br