Lucas 10.25-37 - 5º Domingo Após Pentecostes - 14/07/2019

Caderno de Cultos 2019 - Sínodo do Mato Grosso

14/07/2019

14/07/2019- 5º Domingo após Pentecostes
Pregação: Lc 10.25-37; Leituras: Dt 30.9-14, Sl 25.1-9, Cl 1.1-14
Pa Ariádner J. P. Berger – Paróquia Porto dos Gaúchos - MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia/Boa tarde/Boa noite!
Como é bom estarmos aqui reunidos, buscando aqui comunhão, paz, fé, esperança para a vida diária. E a sua Palavra nos diz neste 5º domingo após pentecostes em Dt 30.16: “Se guardares o mandamento que hoje te ordeno, que ames o Senhor, teu Deus, andes nos seus caminhos, e guardes os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, então viverás e te multiplicarás, e o Senhor, teu Deus te abençoará”.
Sejam todos/as bem vindos/as a casa de Deus, lugar de oração, reflexão e comunhão.
Aos visitantes damos as boas vindas cantando: seja bem olelê, seja bem olalá!

CANTO DE ENTRADA
Nº 14 - Hinário LCI– Deus está presente

SAUDAÇÃO
Nos reunimos em culto para agradecermos e bendizermos o nome santo de Deus, o Pai, nosso Criador e mantenedor da vida e tudo o que existe, o Filho, Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador e, o Espírito Santo, o consolador e vivificador. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 20 - Hinário LCI– Jesus em tua presença

CONFISSÃO DE PECADOS
Como comunidade reunida, queremos em humildade e sinceridade confessar nossos pecados a Deus. pois, ele mesmo nos lembra que se, confessarmos os nossos pecados, Deus é fiel e justo para nos perdoar. Portanto, quem puder, em pé, queremos confessá-los a Deus:
Ó Deus misericordioso, mais uma vez podemos nos aquietar na tua presença, e poder reconhecer que tu és nosso Senhor e Salvador. que através do teu gesto de amor incondicional por nós deste único Filho. Senhor Deus, isso nos faz reconhecer que sem ti não somos e nada podemos. Por isso, confessamos que pecamos muitas vezes. Pecamos, Deus, quando no afastamos da tua palavra, de forma tal que não nos motivamos a nos colocarmos em oração, não te buscamos na leitura constante da palavra. Pecamos quando desviamos nosso caminho para não estender a mão ao necessitado. Pecamos Deus, vivendo do imediatismo, e com isso, nos tornamos agressivos, impacientes, vulneráveis, nos afastamos de Ti, da igreja e até da família e amigos. Reconhecemos Senhor, o quanto somos fracos, e cada vez mais deixamos de promover o teu reino neste mundo. Por isso, Deus de misericórdia, te pedimos perdão, e cremos que só tu podes transformar-nos e restaurar-nos. Neste confiança, entregamos tudo o que pesa em nossa alma, diante do teu altar, em tuas mãos. Recebe Senhor, e dá-nos o teu perdão, a tua graça. Em nome de nosso Senhor e Salvador Jesus, te pedimos. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
A palavra de Isaías 43.25 nos fala de como Deus age com nossa confissão: ele diz: “Mas eu, eu mesmo, sou o seu Deus e por isso perdoo os pecados e os esqueço.” Essa é a graça de Deus e nela devemos crer dando glória a Deus nas maiores alturas.

GLÓRIA IN EXCELSIS
Hino 141 Hinário LCI, Glória Patri

ORAÇÃO DO DIA
Bondoso Deus e Pai, como teu povo, reunimo-nos aqui em comunidade para conhecer tua vontade e segui-la. Te louvamos e bendizemos, por nos concederes o privilégio de podermos ter mais um dia na tua presença. obrigada Senhor, porque tu vens ao nosso encontro e nos chamas à vida em comunhão. Agraciados por teu amor e cuidado, ajuda-nos a assumir tarefas e responsabilidades sem buscar o nosso próprio interesse. Senhor, auxilia-nos para que nossos corações estejam atentos a tua Palavra. que sejamos testemunhas daquilo que aqui ouvirmos. Une-nos na comunhão, na fé e no amor. E que a tua paz nos envolva e o teu Santo Espírito nos oriente e guie nossos passos. Em nome de Jesus. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Dt 30.9-14

2ª Leitura Bíblica: Sl 25.1-9

3ª Leitura Bíblica: Cl 1.1-14

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 165 – Hinário LCI – Estou pronto, Senhor

PREGAÇÃO
Estimada Comunidade!

Vamos começar nossa meditação contando uma história. Quero que prestem muita atenção nela para que vocês lembrem-se se ela é realmente assim. Há uma história semelhante nos evangelhos.

Um homem qualquer, tinha uma vida normal, família, amigos, emprego,... tudo o que alguém desejaria. Mas este homem entrou numa crise quando perdeu o emprego... entrou numa depressão, não havia mais dinheiro, não havia mais comida na mesa, a família lhe abandonou, seus filhos foram para casas de parentes e a tudo ruiu em sua frente. Desesperado buscou ajuda mas ninguém lhe acolheu.

No fundo do poço ele buscou sua saída na bebida. Certo dia, como tantos outros, caiu bêbado num bueiro qualquer em qualquer lugar. Muitos de seus amigos passaram ali e o viram, porém passaram de largo, o pastor de sua comunidade passou por ali e também passou de largo, passou um companheiro de bebida e também passou de largo... Este homem estava ali, jogado, só, sem dinheiro, sem esperança, sem vida...

Quando o que lhe restava era a morte, uma prostituta, uma meretriz, uma mulher da vida,... chegou junto daquele homem e, com sua experiência de vida ela o ajudou... Levantou aquele homem que lhe era um desconhecido, todavia sabia que aquele homem tinha uma vida, um passado, uma história e que naquele momento se encontrava no fundo do poço...

Aquela mulher levou aquele homem e o levou à sua casa e lhe deu um café forte para recuperá-lo, cedeu a sua cama e zelou por ele algumas horas.

Quando este homem despertou, ali estava ela, ao seu lado, dormindo sobre a cadeira, cansada... Naquele momento aquele homem chorou... as lágrimas surgiam de seus olhos como uma criança que acabara de perder o seu animal de estimação. Aquele homem percebeu que aquela desconhecida fez por ele o que nenhum outro teve coragem de fazer. Ele chorava porque aquela mulher, meretriz, que vivia num mundo de tristeza, o acolheu em sua casa. Um estranho, bêbado, maltrapilho, desesperado (sem esperança), cedeu-lhe a sua cama e ali estava, dormindo, esperando que ele despertasse de seu sono de dor, tristeza, agonia, perda...

Aquela mulher ajudou aquele homem porque conhecia a dor de ser jogada fora da sociedade, dor de ter uma profissão maldita entre a sociedade na qual vivia. Ela que sabia da hipocrisia de homens que saiam de suas casas como homens de bem, mas que chegavam a ela como lobos ferozes em busca da libertinagem e do pecado.

Aquela mulher conhecia aquele mundo e por isso ajudou aquele homem. Sabia que a bebida era como uma faca que cortava as entranhas daquele que antes era um homem correto e digno, mas que o mundo o levou aquele estado deplorável.

Ao fim ela desperta e o dois passam a conhecer a história um do outro... cada qual com suas dificuldades e com suas próprias discriminações que são mantidas e instituídas pelos homens que dormiam com aquela meretriz e que tinham o poder de jogá-lo fora de sua frágil “estabilidade” social-familiar.

Assim termina a nossa história e assim seria a história caso fosse escrita em nossos dias. NO início de nossa reflexão dissemos que esta história tem relação com uma história bíblica. Com qual história ela se identifica? Qual é a história bíblica da qual vamos refletir no dia de hoje?
Se você pensou na história do Bom Samaritano, você está certíssimo.
Te convido a abrir sua bíblia no evangelho de Lc 10.25-37: leitura...

Estimada comunidade, sabemos que nós seres humanos somos muito racionais, e para tal usamos da racionalidade muita das vezes para desumanizar o ser humano. É difícil falar desse jeito. Se pararmos para analisar, percebemos na linguagem do cotidiano um nível baixo. Ouvimos muitas vezes em “serviço de preto”, “só podia ser mulher”, “não tem nada porque é preguiçoso”, ...
A desumanização se concretiza ali onde o ser humano é violentado na sua dignidade...
O samaritano era desumanizado assim como a prostituta é desumanizada hoje em nossa realidade. O samaritano teve compaixão assim como a prostituta da história que ouvimos a pouco.
Queridos/as, Jesus nos ensina que não podemos desumanizar de forma nenhuma. Aprendemos também nesta história que ajuda pode vir de onde menos esperamos ou imaginamos. O sacerdote e o levita eram “irmãos de cultura e de culto com o homem que estava ali caído. Mas somente outro marginalizado teve coragem de ajuda-lo e tirá-lo dali.

Somente depois de ajudar a estes que necessitam é que passamos a compreende-los. Não pensem que todos os pobres são pobres porque querem, não pensem que todos os ladrões são ladrões porque querem, nem todo jovem drogado é drogado por opção... Algum problema, alguma história tem por trás destas pessoas. Quem vê cara não vê história. Antes de falarmos dos outros vamos dar oportunidades para que demonstrem o contrário.
O evangelho nos ensina a amar o outro como o samaritano amou aquele que estava jogado na beira da estrada.
Mais de dois mil anos falamos de amor e quantos outros dois mil anos a mais serão necessários para que as pessoas comecem a amar os diferentes. A amar aqueles que necessitam de apoio, de carinho, de um abraço...
Vamos nos desafiar mutuamente a amar mar, a aprender amar como jesus nos ama. Se não experimentarmos a amar dessa forma, não saberemos o que é este amor tão gratificante.
Deus nos amou e deu seu Filho, e qual amor retribuímos a Ele?
Termino esta reflexão, reafirmando o que Jesus disse:
“AMEM UNS AOS OUTROS, ASSIM COMO EU VOS AMEI”. Amém!


HINO
Nº 591 – Hinário LCI – Arde a voz em meu peito

CONFISSÃO DE FÉ
Expressemos nossa fé cantando:
Nº 192- Hinário LCI – Creio, Senhor, que és Deus

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
Amado Deus! Agradecemos a tua Palavra que aponta para Cristo o nosso Salvador. Louvamos e bendizemos por cada momento na tua presença. louvamos por mais um dia de vida, pelo pão de cada dia em nossa mesa, pela nossa família e amigos. Também suplicamos Senhor pelo sofrimento e angústia de muitos dos teus filhos/as e atua igreja.
Colocamos nossas vidas sob teu olhar misericordioso. Quantas coisas nos angustiam e nos oprimem. Situações que muitas vezes não estão sob nosso controle e que nos causam sofrimento. Lembramos ó Deus das pessoas doentes física e emocionalmente em nossa comunidade. esteja consolando, curando e trazendo vida a cada uma delas.
Intercedemos por nossas comunidades. Faze com que sejam ainda mais coerentes com a pregação do Evangelho de Jesus, teu filho amado. Ajude-nos a preservar a fé, na missão e no amor ao próximo sem desanimar.
Rogamos Deus amado, pela IECLB, lideranças, ministros/as, para que sintam alegria em testemunhar e viver a fé. Que seu testemunho faça diferença neste mundo tão carente de amor e solidariedade. Intercedemos pelo país. Quantas injustiças, descasos, roubos, falta d =e oportunidades. Transforma Senhor, o coração de todos, especialmente daqueles que fazem desse estilo da vida algo normal, não se importando com os demais. Por teu filho, nosso Senhor e Salvador. o qual nos ensinou a orar: Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que o Senhor te abençoe dando-te alegria e salvação,
e te permita crescer como pessoa cristã.
Que Ele te proteja no medo, na angústia, no perigo e na necessidade.
Que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre você lá onde estiver escuro ao seu redor, para que, consolado e orientado, possa continuar o teu caminho e não perca de vista o seu objetivo.
Que o Senhor tenha misericórdia de você quando agir de forma injusta com o seu próximo, que ele te corrija quando agir mal e te mostre sempre a sua vontade.
Que o Senhor levante o seu rosto sobre você e veja o que te falta, que Ele te dê atenção todas as vezes que o procurar. Que Ele cuide de você assim como um bom Pai ou uma boa mãe cuidam de seus filhos.
Que o Senhor te dê a paz, e que esta paz reine dentro de você e ao seu redor.
Assim te abençoe o nosso Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo.

ENVIO
Vamos em paz e sirvamos a Ele em alegria!

CANTO FINAL
Nº284 – Hinário LCI – Abençoa, Pai Celeste


Autor(a): Pa. Ariádner J. P. Berger
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 5º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 10 / Versículo Inicial: 25 / Versículo Final: 37
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2019
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 52422
REDE DE RECURSOS
+
Quem quiser ser importante, que sirva aos outros.
Mateus 20.26
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br