Lucas 17.5-10 - 17º Domingo Após Pentecostes - 06/10/2019

Caderno de Cultos 2019 - Sínodo Mato Grosso

06/10/2019

17º Domingo Após Pentecostes – 06/10/2019
Caderno de Cultos 2019
Pregação: Lucas 17.5-10
Demais leituras: Habacuque 1.1-4; 2.1-4, Salmo 37.1-10, 2 Timóteo 1.1-14
Miss. Sérgio Rocha – Comunidade Chapadão do Céu - GO

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia queridos irmãos e irmãs! Sejam todos bem vindos neste dia tão especial o dia que tiramos para buscar ouvir, e a presença do nosso Deus. Que bom que podemos deixar nossos afazeres para ser servido por Deus por meio da sua palavra e celebrar culto a Ele.
ACOLHIDA AO VISITANTES: Queremos acolher as pessoas que nos visitam, desejamos que todos se sintam bem e possam expressar a sua fé no Senhor Jesus.
Canto de entrada
Nº 332– HPD 2 – Deus está aqui
Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Estamos reunido em culto em nome e na presença do Deus Pai criador e sustentador de tudo, Deus Filho nosso Senhor e Salvador e Deus Espirito Santo aquele que nos congrega em comunidade.

CANTO DE INVOCAÇÃO
85 – HPD –Vem, Espírito divino grande ensinador
Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Deus Pai somos gratos a ti por nós acolher como filhos amados. Mesmo não merecendo tamanha graça. O Senhor nos acolhe quando nos pecamos e nós sabemos muito bem que nosso pecado nos afasta da presença gloriosa do Senhor. Pedimos perdão pela nossa desobediência, quando não levamos o Senhor a sério, quando negligenciamos a tua palavra. Que o ato Redentor possa nos limpar e purificar dos nossos pecados que aqui confessamos ouça Senhor nosso Deus a nossa oração que por seu amor possamos receber o Perdão
ANUNCIO DO PERDÃO
Deus o nosso Pai é a fonte esgotável de amor e misericórdia pois se confessarmos os nossos pecados Ele Jesus fiel e Justo para perdoar e nos purificar de todos os nossos pecados. Vinde a mim todos vocês que estão cansado e sobre carregado eu vos darei alivio (Mt 11.28).
Oração do dia.
Louvamos o seu nome Senhor Jesus, pelo teu grande Amor pela tua fidelidade e grande compaixão, obrigado porque entregaste teu amado Filho por nós. Acompanha a caminhada do teu povo para que estes não se esqueçam do teu agir em seu favor. Fortalece-nos com tua forte mão ajuda nós a ouvir a tua Palavra e as coloca-las em prática. Fortaleça no amor e nos oriente nos caminhos a seguir. Isso te pedimos em nome de Jesus Cristo, que contigo e com o Espírito Santo vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA
LEITURASBIBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Habacuque 1.1-4; 2.1-4, Salmo 37.1-10
2ª Leitura Bíblica: 2 Timóteo 1.1-14
CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
379 – HPD II – Estou pronto Senhor

PREGAÇÃO: Lc 17.05-10
A Parábola dos servos inúteis
Irmãos queridos, certa vez havia um homem muito orgulhoso foi passar um tempo fora, visitando seus familiares no interior de uma pequena cidade, e quando voltou encontrou um conhecido na rodoviária onde perguntou e aí amigo ouve alguma novidade na minha ausência? O conhecido respondeu o senhor nem imagina deu uma ventania derrubou a minha casa, e o homem orgulhoso disse à isso não me espanta eu avisei você que seus pecados um dia seriam castigados.
Porém, o conhecido retrucou mas o ventou derrubou a sua casa também! Então o homem orgulhoso não querendo dar o braço a torcer disse não me diga veja como os desígnio do Senhor são insondáveis. Assim age os orgulhosos. E como aquele pai e o filho que sai caminhando e filho diz papai quando eu crescer eu quero ser como o senhor, e pai todo contente perguntou porque filho você quer ser como papai? E menino respondeu para ter um filho como eu!
O orgulho tem acompanhado a humanidade desde os primórdio da história foi pelo orgulho que Satanás antes um anjo foi transformado em demônio e assim os outros anjos que o seguiram. Apesar de sermos humanos formado de pó não é incomum agente começar a inflar e começar a ficar se achando e tendo este orgulho que não tem sentido.
Portanto, e sobre o orgulho que trata está parábola ela é conhecida a parábola dos servos inúteis.
No contexto os discípulos estavam temendo as dificuldades as oposições que ele iriam encontrar no mundo quando pregassem o evangelho de salvação então veja o vs 5 eles fazem um pedido a Jesus aumente a nossa fé se este pedido fosse atendido qual seria o resultado disso para aqueles discípulos será que eles teriam e assumiriam a postura de servos? Reconhecendo a dependência de Deus ou eles ficariam orgulhosos pelas suas vitórias e neste contexto que surgem a parábola dos servos inúteis, que tem como objetivo prevenir contra o perigo de nos sentirmos satisfeitos com serviço que prestamos e contra a presunção de acharmos que somos merecedores de recompensa por aquilo que temos feitos para Deus. A parábola em apreço trata de uma situação comum na vida rural daquele tempo! Um servo trabalhou dia todo no campo e ao voltar ele não pode comer com o seu senhor, ele deve se portar como servo preparar a comida do seu senhor servir o seu senhor, só depois ele se alimenta. Jesus compara esta situação desse servo com aqueles que trabalham no Reino de Deus.
Tiramos 3 lições importantes dessa parábola:
1ªlição: Que aprendemos nesta parábola é a seguinte todo cristão verdadeiro é também servo de Deus! antes de tudo eu quero eu quero lembrar que parábolas são ilustração são metáfora que Jesus retirava do cotidiano do povo para explicar verdades espirituais. O contexto desta parábola aqui ela remonta a ordem social e econômica da época que era baseada no sistema da escravidão que havia escravidão na época.
Notem que Jesus não está fazendo aqui apologia ou apoiando este sistema ele pega os usos e costume daquele tempo para trazer uma verdade espiritual aos seus ouvintes. Vs 7 Jesus está convidando seus ouvintes a se colocar no lugar do fazendeiro da parábola e como que Jesus dissesse para nós hoje olhe vocês que estão ouvindo está parábola façam de conta que vocês estão numa fazenda e vocês tem um servo que trabalhou o dia todo na lavoura e cuidando das ovelhas quando ele volta do campo você vai dizer para ele venha sente-se aqui depressa e coma. O servo considerando a hierarquia social estabelecida será que ele podia chegar e comer imediatamente com seu senhor? Não! Naquele sistema isso não era possível. Ele não podia fazer isso porque ele era um servo ele era um escravo ele deveria ter atitude de servo e respeitar a ordem estabelecida.
E assim acontece conosco todo cristão verdadeiro é servo de Deus eu estou colocando dessa forma porque muitas vezes pessoas se dizem cristãos hoje é comum as pessoas falarem eu sou cristão sou evangélico, sou desta igreja enfim as pessoas podem dizer que receberam a Cristo como seu Senhor e salvador mas não pratica, não se comportam como servos e servas de Deus.
Porque todo cristão verdadeiro é servo de Deus! Ser servo de Deus significa que nós não pertencemos a nós mesmo mas a Deus nós fomos comprado pelo sangue de Jesus, um servo não tem qualquer título de posse porque ele mesmo pertence ao seu Senhor! I I Co 6.19-20 Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos?
20. Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o corpo de vocês. Quem é comprado por preço? É escravo, nos erámos escravos do pecado mas fomos resgatado fomos comprados Deus tem todo direito em tudo que que o cristão é, tudo que cristão tem, tudo que cristão pode fazer. A nossa vida, nosso tempo, os nossos recursos pertence a Deus. Sem entender esta realidade não podemos ser servo de Deus.
Ser servo de Deus implica em trabalhar para Deus. o trabalho da lavoura simboliza o trabalho da evangelização em Lc 10.2, “nos ensina que a seara é grande mas os trabalhadores são poucos”. O trabalho com as ovelhas simboliza o cuidado de Deus com seu povo em Jo 21,16 “Jesus disse a Pedro pastoreie as minhas ovelhas minhas ovelhas”. Ser servo implica em estar sempre à disposição do Senhor.
Você tem se envolvido se comprometido com o trabalhos da igreja? O verdadeiro cristão é servo de Deus você é servo?
2ª lição: Como servo de Deus, o cristão deve trabalhar com dedicação vs8 Jesus convida seus ouvintes a colocar- se no lugar do fazendeiro da parábola façam de conta você tem um servo que trabalha na lavoura e cuida das ovelhas o dia todo quando volta do campo você vai dizer a ele venha sente-se aqui e coma! Não você vai dizer o seguinte prepara o jantar pra mim ponha seu avental me sirva quando eu como e bebo, depois você vai poder comer e bebe, este servo estava cansado, estava faminto ele precisava se alimentar, descansar. O senhor exigiu daquele servo mais obediência ao lhe dar um trabalho adicional. Aquele servo precisava trabalhar com dedicação em qualquer circunstância assim também queridos irmãos o cristão como servo de Deus deve trabalhar com dedicação em qualquer circunstância devemos empregar toda nossa energia no serviço de Deus. As pessoas se esquece muito que dedicação independe de frutos quando nós trabalhamos para Deus devemos apreender a esperar em Deus, porque as vezes começamos a fazer algo na igreja ou algo para Deus nós queremos resultados para agora pra ontem e as coisas não funcionam assim! Certas coisas não tem o resultados imediatos. Trabalhar para Deus precisa de dedicação dar o melhor de mim ser paciente em esperar os frutos e Deus que dará a recompensa como e quando Ele achar que deve. Dedicação é isso que Deus espera de nós. Você tem sido um servo dedicado é o que Jesus está perguntando para nós nesta parábola.
3ª lição: Como servo de Deus o cristão não possui mérito algum! Vs9 o servo já tinha trabalhado o dia todo agora ele volta do campo e antes de descansar ele tem que preparar a comida servir o seu senhor depois disso ele iria se alimentar. Diante deste contexto todo Jesus aplica está parábola por acaso depois que tudo que este servo fez este merece agradecimento apenas por obedeceu as ordem do seu senhor? A resposta é não! Que pelo contexto se ele é servo ele obedeceu as ordem que foram dadas ele cumpriu o seu papel ele fez apenas o que era a sua obrigação dentro daquele sistema da ordem social da época.
O único limite do dever do servo era a vontade do seu senhor. No vs 10 Jesus mira o canhão para o nosso orgulho e com firmes palavras como alvo o nosso coração orgulhoso, o recado aqui no vs 10 é forte as palavras são duras é feito dessa maneira pra justamente quebrar qualquer senso de merecimento de alg. O problema que neste processo de servir a Deus começamos a se sentir o máximo há se está igreja não tivesse a mim! Ou a minha família está igreja estava perdida! Atitudes arrogantes como essa que Jesus estava combatendo atitudes arrogantes são comuns no meio dos discípulos de Jesus em Lc 10 20 quando Jesus enviou os 70 discípulos para evangelizar eles voltaram orgulhosos dizendo assim até os demônios se submeteram a eles, os discípulos estavam glorificando que eles haviam realizados e não a Deus que tinha tornado aquilo possível. Em Ap 3.17 temos um relato do orgulho de um comunidade inteira a Igreja de Laudicéia ela olhava para si mesmo e dizia nós somos ricos, temos bens temos tudo que precisamos ninguém pode com agente e Jesus olha para esta igreja e diz vocês não entendem que vocês são pobres coitados miseráveis cegos e nus.
Portanto, o cristão como servo de Deus não possui nenhum mérito mesmo desempenhando perfeitamente o seu dever ainda assim continuaremos destituído de méritos perante Deus. Ele lida conosco não na base do mérito, mais sim na base da graça.
Por meio do ensino de Jesus ele quer neutralizar aquele veneno sutil da justiça própria que muitas vezes começa a se desenvolver em nosso coração quando trabalhamos para Deus. A parábola dos servos inúteis é um tiro de canhão em nosso orgulho. Todo cristão verdadeiro é servo de Deus. Como servo de Deus temos que trabalhar com dedicação. Como servo de Deus não possuímos mérito algum. Então queridos irmãos trabalhemos com postura de servos, com dedicação e humildade. Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai. Cl 3.17 amém.

CONFISSÃO DE FÉ

Como resposta a palavra que acabamos de ouvir e movidos pelo Deus de amor queremos agora confessar a nossa fé.
Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 429 – HPD 2 – O Mutirão da Vida

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
Amado Senhor Deus te agradecemos pelo culto que tivemos te damos graça pela sua manifestação. Agradecemos por tua palavra que é uma palavra viva e que tem falado a nossos corações. Senhor Deus que possamos aquietar-nos diante do Senhor Jesus para que possamos ouvir a tua voz e assim obedecer os teus mandamentos.
Não permita Senhor que a agitação a nossa volta não nos faça ouvir a tua voz. Que sejamos lembrados constantemente do teu imenso amor e através Jesus de Cristo nos trouxe vida nova e abundante. Que tenhamos um coração grato pela benção que recebemos por meio da tua graça.
Assim também Senhor ouve os nossos pedidos: e nos assista com sua forte mão. Deus obrigado por ser tão fiel para com seus filhos obrigado Senhor Jesus. E os demais pedidos que tenhamos colocamos na oração que teu Filho Jesus nos ensinou.
Pai nosso ...
LITURGIA DE DESPEDIDA
AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
BÊNÇÃO
Que o Senhor te abençoe e te guarde. Que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia ti, que o Senhor faça resplandecer sobre e te de a paz amém
ENVIO
uma semana abençoada vão na Paz do Nosso Deus e o sirva com alegria nesta nova semana.
CANTO FINAL
165 – HPD II – Há sinais de paz e de graça.


Autor(a): Missionário Sérgio Rocha
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 17º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 17 / Versículo Inicial: 5 / Versículo Final: 10
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2019
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 53084
REDE DE RECURSOS
+
Deus é maior do que o nosso coração e conhece todas as coisas.
1João 3.20
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br