Mais de 1.300 pessoas prestigiam o Dia Sinodal da Igreja

Nona edição do evento foi realizada na Associação Pró-Desenvolvimento de Languiru e marcou, também, os 500 anos da Reforma Luterana

04/06/2017

Dia Sinodal da Igreja em Teutônia foi a nona edição do evento
A prédica foi feita pelo pastor Olmiro Ribeiro Júnior
1 | 1
Ampliar

Mais de 1.300 pessoas não se intimidaram com a chuva deste domingo, dia 4 de junho, e vieram até a Associação Pro Desenvolvimento de Languiru (Associação da Água) para prestigiar a nona edição do Dia Sinodal da Igreja. O evento, que teve como tema “Alegres, celebrai!” e lema “Nele vivemos, nos movemos e existimos (Atos 17.28a)”, foi uma promoção do Sínodo Vale do Taquari, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), e marcou, também, os 500 anos da Reforma Luterana.

Jorge Frederico e Lisane Franck, de Linha Wink, Estrela, são membros da comunidade São Lucas, mesma localidade em que residem, e participaram do encontro. “Viemos em família. Aqui se vê a união de todas as comunidades. É gratificante estar aqui”, afirmou Jorge. “Achei a programação muito interessante. Gostei muito da prédica do pastor, utilizando os símbolos, como o chapéu que vira o símbolo do Martin Luther. Achei tudo muito interessante”, acrescenta Lisane.

A programação iniciou pela parte da manhã, com recepção às caravanas vindas das 59 comunidades das 15 paróquias que compõem o Sínodo Vale do Taquari. Após um breve protocolo de abertura, iniciou o culto eucarístico, ministrado por vários pastores do Sínodo. A prédica ficou a cargo do capelão da Faculdade de Horizontina, pastor Olmiro Ribeiro Júnior.

Em sua prédica, o pastor fez uma alusão aos 500 anos da Reforma Luterana. “A comemoração dos 500 anos é um compromisso de fé, onde somos convidados a olhar as nossas práticas de igreja, as nossas práticas sociais. Todas essas situações onde têm injustiça, têm corrupção e a vida não é digna, a igreja tem que se posicionar reformando práticas, estruturas e até mesmo pensamentos religiosos, porque indiscutivelmente seguimos a Jesus Cristo. Ele veio para que as pessoas tivessem vida e dignidade. O papel da igreja hoje é ser essa presença de Deus. Se Deus está na vida das pessoas, a vida delas se torna melhor”, sublinhou.

Durante o horário do almoço, os presentes puderam prestigiar os estandes de expositores, como o Centro de Apoio e Promoção à Agroecologia (Capa), Editora Sinodal, Conselho de Missão entre Povos Indígenas (Comin), Faculdades EST, Conselho de Diaconia, entre outros.

Programação cultural
A programação da tarde foi voltada à cultura e música. Uma das atrações, que inclusive levantou o público, foi o grupo o Mc’Coys, de Novo Hamburgo e, também, vinculado à IECLB, que utiliza o estilo country para apresentar suas músicas. “Nossa banda surgiu no grupo da juventude da igreja. Gostávamos muito de tocar violão, cantar os hinos que nos alegravam. Um tempo depois, criamos nosso grupo. Como gostamos do estilo country, a gente pensou que alguns hinos poderiam ser repaginados. A proposta é resgatar hinos tradicionais, além de composições nossas”, destacou um dos integrantes, Luís Augusto Kempf.

Teutônia foi a 76ª cidade em que o grupo se apresentou. “Para nós, estar aqui é um presente de Deus. Hoje, para nós é o melhor dia, porque Teutônia é tão próxima de Novo Hamburgo e é a primeira vez que estamos aqui, quem sabe a primeira de muitos”, frisou Kempf.

Em seguida, foi lançada, em nível de Sínodo, a campanha nacional de ofertas para a missão, denominada Vai e Vem 2017. A iniciativa angaria recursos para investir em projetos sociais e no fortalecimento das comunidades. Uma das iniciativas apoiadas é a Pastoral do Cuidado, que visita pacientes de 37 hospitais em Porto Alegre.

O encerramento ficou a cargo da grande orquestra, composta por mais de 100 instrumentistas das cinco escolas da Rede Sinodal de Educação do Vale do Taquari: Colégio Teutônia, Colégio Evangélico Alberto Torres, Colégio Martin Luther, Colégio Sinodal Conventos e Colégio Sinodal Gustavo Adolfo.

Avaliação positiva
O pastor sinodal, Gilciney Tetzner, avaliou positivamente o 9º Dia Sinodal da Igreja. “Fizemos um evento muito bonito. Conseguimos reunir um bom público, trouxemos um tema especial com uma pregação muito cativante e motivadora, chamando as pessoas à vida. Tivemos um belo Dia da Igreja, pois nossa expectativa de público se confirmou, sendo que a chuva não atrapalhou. Esse foi um lugar muito bacana com ambiente agradável e embora estivesse chovendo lá fora, dentro fizemos chover alegria. Foi muito bom ver o público animado, motivado”, enalteceu.
 

COMUNICAÇÃO
+
O santo povo cristão é reconhecido exteriormente por meio da salvação da santa cruz.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br