Mateus 2.13-23 - Primeiro domingo após Natal - 29/12/2019

Caderno de Cultos 2019 - Sínodo Mato Grosso

06/09/2019

29/12/2019 – Primeiro domingo após Natal
Pregação: Mt 2.13-23; Leituras: Is 63.7-9; Sl 148; Hb 2. 10-18.
P. Osmar Diesel – Paróquia Evangélica de Rondonópolis - MT


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia (boa noite). Sejam bem vindos ao nosso primeiro culto após o Natal. É com alegria que nos reunimos para louvar ao Senhor e ouvir a sua palavra. Acolhemos as pessoas que hoje nos visitam. Agradecemos a presença de cada um de vocês, desejamos que se sintam bem em nosso meio e voltem sempre.

CANTO DE ENTRADA

15 – Livro de Canto – O nosso encontro

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Estamos na presença de Deus Pai, que planeja a história da salvação, em nome de Jesus Cristo que entra na história para realizar a salvação e em nome do Espírito Santo que está conosco em nossa história para nossa salvação.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
192 – Livro de Canto – Creio, Senhor, que és Deus

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Senhor quantas vezes duvidamos de teu agir na história da humanidade e em nossa história. Quantas vezes achemos que são os governantes do mundo ou pessoas que detém os governos nas mãos que definem o que acontece. Por nossa falta de crer em tua ação na história pedimos teu perdão. Por nossa falta de crer em teu agir na história de nossa vida pedimos o teu perdão. Por não colocarmos e vida do mundo, do país, a vida de familiares, de amigos ou nossa própria história pedimos o teu perdão. Renova em nós, pelo teu Santo Espírito, a fé em teu agir em meio aos problemas de nossa vida e de nosso mundo. Em nome de Senhor Jesus amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
A Palavra de Deus nos ensino a confiarmos na misericórdia de Deus vinda através de Jesus Cristo. Crês nisto? Então responda, sim. (esperar a resposta). Eu te anúncio em nome do Senhor Jesus que teus pecados estão perdoados, viva em alegria e conte a outros o motivo de tua alegria. Amém.

KYRIE
Olhando o nosso mundo nos entristecemos com o que vemos: violência, guerras, desonestidade, injustiça, medo, crueldade. Tantas coisas que estão em oposição a vontade de Deus. Ele poderia nos abandonar pois tudo isso são ações humanas. Mas Ele não nos abandona. Ele faz justamente o contrário, Ele vem até nós para nos tirar desde mar de maldade e sofrimento. Por isso clamemos ao nosso Deus cantando...

31 – Livro de Canto – Tem misericórdia de mim

Ou: Nº ____________________________________________________


GLÓRIA IN EXCELSIS
Queremos glorificar o Deus que nos perdoa e que não abandona o mundo. Cantamos o hino:
73 – Livro de Canto – Ontem, hoje e para sempre


ORAÇÃO DO DIA
Nós te agradecemos Senhor, Pai celeste, que através de Jesus Cristo nos acolhe em teu agir salvador e santificador. Nós somos gratos, pois és o Deus eterno e realiza tua vontade na história e nós podemos ver o teu agir, nos admirar e agradecer.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Is 63.7-9

2ª Leitura Bíblica: Sl 148

3ª Leitura Bíblica: Hb 2. 10-18

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO

160 – Livro de Canto – Como Tu queres

Ou: Nº ____________________________________________________


PREGAÇÃO: Mt 2.13-23

Titulo: Aprendendo com José sobre obediência.

Hoje aprendemos de José sobre obediência. Primeiro já surpreende aceitando Maria grávida por meio de uma mensagem de um anjo em um sonho. Agora novamente por um sonho Deus dá a orientação que salva suas vidas. Mas a parte de José é a obediência.

Nos dias atuais um homem que recebesse uma mulher grávida como sua esposa sem ter tido relação sexual com ela seria considerado um tolo, um bobo. E com certeza naquela época mais ainda. A pena para uma mulher no estado de Maria seria a morte. Terrível quando alguém que erra é negado a oportunidade de ser considerado digno de oportunidade a mudanças em sua vida. Não era o caso de Maria. Sua gravidez foi por ação de Deus, como as pessoas julgam mal muitas vezes

José não queria morte de Maria. Maria foi uma mulher pronta a obedecer a Deus, mas se ela não tivesse um marido que também fosse pronto a obedecer ela estaria perdida. Era direito de José pedir a morte dela. Sua iniciativa era deixá-la. Mas Deus lhe dá outra orientação, recebê-la como esposa e foi o que ele fez. Deus escolhe Maria pelas suas qualidades, mas também porque seria esposa de José, homem de grandes qualidades. A principal delas foi a OBEDIÊNCIA.

Leia mais essa passagem de Mateus e note que José domina a narrativa, guiando o menino Jesus e orientando-se a partir dos planos de Deus. Aqui José se destaca em relação à Maria. Agora, o anjo lhe diz para que fuja para o Egito com a família, a fim de livrar o menino Jesus da violência de Herodes, que ainda planejava matar o futuro rei dos judeus (v. 13). José, claro, faz o que o anjo manda, e fica no Egito até que Herodes morre (v. 14).

Acreditando no sonho, ele partiu para uma viagem de muitos quilômetros, no deserto do Sinai. A empreitada da fuga foi dolorosa. A temperatura no deserto, à noite, chega a zero grau e durante o dia a cinquenta graus positivos. Eles seguiram um caminho que, provavelmente, nem José conhecia. Por cautela ele precisava desviar dos caminhos por onde circulavam os judeus, egípcios e romanos. Havia ainda o risco de encontrar ladrões e feras do deserto, até chegarem às terras do Egito, onde se viram salvos.

José poderia ter pensado na sua profissão. Certamente em Nazaré, onde morava, ele já tinha uma boa freguesia. Sua família, parentes próximos deviam morar lá. Ele poderia dizer a Deus que sua vida já estava construída lá e se negar a ir numa viagem perigosa para um país desconhecido com outra língua e costumes. Mas não se negou, seguiu a orientação de Deus.

A obediência de José exigiu confiança na proteção de Deus. Isso é fé, confiar que minha vida está sob os cuidados de Deus, sob sua proteção, sob sua bênção. José foi um homem de fé em Deus. Para ir ao Egito e para voltar.

Uma vez os judeus saíram do Egito, perseguidos pelo Faraó que queria eliminá-los. Agora aquele lugar torna-se proteção ao Filho de Deus. Lá ficaram vários anos até a morte de Herodes. Novamente Deus usa o sonho para orientar José. Deus cuida, Deus planeja a história. Claro que Ele deseja nos usar nesses planos, assim como usou José. Mas o agir de Deus não depende de nós. Lembro-me da entrada de Jesus em Jerusalém, alguns pediram a Jesus que mandasse o povo parar de dizer que ele é o rei esperado, mas ele respondeu: Digo-vos que, se estes se calarem, as pedras clamarão.( Lc 19.40, Versão Almeida Revista e Atualizada). Deus quer nos usar, mas jamais está limitado a nossa ação.

Vimos José, sua obediência, sua fé, sua confiança na proteção de Deus, agora pergunte a você mesmo: O exemplo de quem eu tenho seguido em minha vida? De pessoas que não creem? De pessoas que não confiam em Deus? De pessoas que não são obedientes a Ele? Ou tenho seguido como modelo pessoas como José?

Espero que você tenha respondido que pessoas como José são exemplo para tua vida. Se até hoje outros tem sido exemplo é hora de mudar. Lembre que do que ocorreu com José, sua obediência fez dele o “pai” do messias, salvador, Jesus de Nazaré. Não podemos saber o que nossa obediência vai produzir, mas pouco não será.

Oremos: Senhor, perdão pelo meu egoísmo, pelo meu pecado, pela minha desobediência. Ajude-me a ter pessoas como José por modelo para minha vida. Em nome de Jesus amém.

HINO

170 – Livro de Canto – Meu irmão tu precisas falar

Ou: Nº ____________________________________________________


CONFISSÃO DE FÉ
Em meio ao mundo descrente no agir de Deus em nossas vidas confessemos a nossa fé em conjunto.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)

588 – Livro de Canto – Quem quer cantar do amor

Ou: Nº ____________________________________________________

 

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Bênção

ENVIO
Envio

CANTO FINAL

287 – Livro de Canto – Cuida bem

Ou: Nº ____________________________________________________


 


Autor(a): P. Osmar Diesel
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Natal
Perfil do Domingo: 1º Domingo após Natal
Testamento: Novo / Livro: Mateus / Capitulo: 2 / Versículo Inicial: 13 / Versículo Final: 23
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2019
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 53098
REDE DE RECURSOS
+
Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria nem o forte na sua força nem o rico nas suas riquezas, mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que Eu sou o Senhor e faço misericórdia.
Jeremias 9.23-24
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br