Mateus 24.36-44 - 1º Domingo de Advento - 01/12/2019

Caderno de Cultos 2019 - Sínodo Mato Grosso

06/09/2019

01/12/2019 - 1º Domingo de Advento
Pregação: Mateus 24.36-44; Leituras: Is. 2.1-5; Rm13.11-14
P. Valdir Hobus – Paróquia de Sinop - MT


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
“Mostra-nos Senhor, a tua misericórdia e concede-nos a tua salvação” (Sl 85.7). Com essas belas palavras do salmista, acolhemos todos e todas para este culto de 1º Domingo de Advento. Nosso Deus misericordioso vem a nós através de seu Filho amado e nos concede salvação. Reunimo-nos, pois, como comunidade cristã, para aguardar com fé e esperança a chegada do nosso Salvador.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
Nº 25 – Livro de Canto – Quando o povo se reúne

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Assim nós nos reunimos na certeza de sua presença misericordiosa entre nós, em nome do Pai, que criou a nós e a tudo que existe, em nome do Filho, nosso Salvador, e em nome do Espírito Santo, poder de Deus que nos faz crescer e aumentar no amor uns para com os outros. Amém.


CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 466- LC – Vento que anima

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Quem confia no Senhor e busca seu perdão não ficará envergonhado. Por isso nos colocamos, humildes e arrependidos, diante de Deus. Oremos: (momento de oração silenciosa)
Amado Deus, oramos a ti juntamente com o salmista: “faze-me, Senhor, conhecer os teus caminhos, ensina-me as tuas veredas. Guia-me na tua verdade e ensina-me, pois tu és o Deus da minha salvação, em quem eu espero todo o dia. Lembra-te das tuas misericórdias e das tuas bondades que são desde a eternidade. Não te lembres dos meus pecados da mocidade nem das minhas transgressões. Lembra-te de mim segundo a tua misericórdia por causa de tua bondade, ó Senhor. Bom e reto é o Senhor, por isso, aponta o caminho aos pecadores. Guia os humildes na justiça e ensina aos mansos o seu caminho. Todas as veredas do Senhor são misericórdia e verdade para os que guardam a sua aliança e os seus testemunhos” (Sl 25.4-10). Amém.


ANÚNCIO DO PERDÃO
Assim nos diz a Palavra de Deus no Salmo 85.7: “Mostra-nos, Senhor, a tua misericórdia e concede-nos a tua salvação”. Em Cristo Jesus, Deus se mostrou misericordioso e perdoou os nossos pecados na cruz. Assim, a quem se arrependeu e confessou, anuncio o perdão dos pecados, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

KYRIE
Advento é tempo de espera e preparação para a vinda do Messias. Esta preparação não é apenas individual, mas inclui a preocupação e o envolvimento com quem sofre. Por isso, queremos pedir misericórdia a Deus e que sua mão cuidadora se estenda sobre todas as situações de dor e injustiça. (Aqui podem ser colocadas preces relacionadas ao contexto da comunidade)
Por tudo isso, cantamos “Kyrie eleison”.
Nº 56- LC – pelas dores deste mundo.

GLÓRIA IN EXCELSIS
Porque Deus nos amou tanto que enviou seu Filho para nascer e habitar entre nós e nos salvar; porque Deus, através do Espírito Santo, permite que nos reunamos em sua casa para louvarmos seu nome e vivermos em comunhão e amor; por toda essa história de amor e de solidariedade entre irmãos e irmãs na fé, nós glorificamos o nome do nosso Deus e sua força atuante entre nós, cantando:

♫ C: Glória, glória, glória a Deus nas alturas, glória, glória, paz entre nós, paz entre nós.


ORAÇÃO DO DIA
Querido e amado Deus, tu vieste habitar entre nós para ser o Deus conosco, para caminhar ao nosso lado, para ser nosso Salvador. Tu permites que possamos nos reunir na tua casa para ouvir tua Palavra, para viver comunidade, sendo, participando e testemunhando. Tu nos prometes um reino de paz e de justiça. Querido Deus, assim te pedimos, dá que vivamos em amor uns para com os outros, aguardando a tua chegada entre nós. Dá que sejamos perseverantes na fé, que nossos corações permaneçam voltados a ti e aos nossos irmãos e irmãs, conservando-nos em santidade e amor até a tua vinda. Por Jesus Cristo, que contigo e com o Espírito Santo, vive e reina, de eternidade a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Is. 2.1-5;

2ª Leitura Bíblica: Rm13.11-14

3ª Leitura Bíblica: Mateus 24.36-44 (prédica)

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº164 - LC – Seu nome é Maravilhoso

PREGAÇÃO
Quando Cristo Voltar
Você já se perguntou sobre isto? Como você imagina este dia? Que sentimentos este dia desperta em você?
O tema é tão atraente que inúmeros livros já foram escritos, filmes produzidos, datas especuladas. Acredito que poucas pessoas nunca se importaram com o tema.
Os últimos dias tem sido férteis para quem gosta do tema. Tremores de terra, guerras, ataques terroristas, desastres ambientais, e por aí vai. Isso sem contar com o próprio ser humano, que parece ter perdido completamente o rumo. Falta de amor, ódio, violência, egoísmo, ganância, corrupção, abandono dos valores morais e de fé.
Temos material mais do que suficiente para mais um bom número de filmes e livros sobre o fim do mundo. Contudo, ninguém sabe realmente como vai ser. Não existem roteiros, nem dicas escondidas, nem pistas secretas que um bom detetive pode interpretar e então saber como será este dia.
Diante disso, precisamos mudar um pouco o foco de nossos questionamentos. Não se trata de saber como e quando vai ser. A pergunta é como EU espero que seja. E esta pergunta tem duas respostas:
1) Medo, terror, angustia e desespero.
Estas palavras descrevem um pouco como muitas pessoas esperam por este dia. Não me refiro aos que não creem. Estes nem esperam por este dia. Falo de muitos cristãos, pessoas que conhecem a palavra de Deus, tem convívio comunitário, muitos até são lideranças em suas comunidades e igrejas.
Medo: talvez seja a mais popular das palavras pra descrever este dia. Muitas pregações que são feitas sobre este dia são carregados de ameaças, de terror. Todos os erros vão ser revelados, os pecados serão colocados na balança, o Livro será aberto, você sabe que Deus é Santo, e você não... juízo, condenação e inferno são palavras repetidas com um certo prazer.
Sem contar com as frases clássicas: a marca da besta, o anticristo, batalha do armagedom, guerras e rumores de guerras. Muitos até aconselham: evitem números de telefone e placas com o número 666.
Como não ficar com medo diante disto? Só se você for louco, dizem alguns. A saída para muitos é a fuga: nem vamos pensar nisso... neste assunto não se fala. Se o pastor começar a falar de fim de mundo, da volta de Cristo... eu não vou mais na igreja.
Mas para muitos, ainda tem mais um sentimento: desapontamento. Tanta coisa que eu ainda queria fazer. Projetos não terminados, casamento marcado, crianças por nascer. O rapaz ainda está criando coragem pra pedir a menina em namoro... e por aí vai.
Estes são exemplos onde o simples pensamento da volta de Cristo pode mexer com as emoções das pessoas. Outros ainda ficarão obcecados: são os que vivem especulando, comparando passagens bíblicas com acontecimentos, tentando encaixar profecias. Alguns beiram a loucura, fazendo contas dos dias, meses e anos da Bíblia, pra ver se descobrem quando Cristo vai voltar.
Mas, e a segunda resposta?
2) Alegria e paz
Isso deve ser brincadeira. Como assim alegria? Como alguém pode ter sentimentos de alegria e paz diante de um assunto desses? Como não perder noites de sono?
Gostaria de imaginar o que Deus espera de nós. Não é difícil de saber. Jesus falou em Jo 14.1,3: “Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim. Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu teria dito a vocês. Vou preparar lugar para vocês. E, quando eu for e preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver.”
Tentem imaginar a cena: o Pai precisou viajar a trabalho. Vai ausentar-se por um longo tempo. O desejo dele é que até que ele volte, seus filhos vivam tranquilos. Por isso ele promete: Papai vai viajar, mas logo volta. Não precisam ter medo.
Como seria se os filhos começassem a pensar: papai logo volta, que medo. Estamos assustados porque ele está chegando.
Ou ainda, se os filhos pensassem: tomara que papai não volte antes de sexta feira, ainda tenho muitas coisas pra fazer...
Ou ainda se esquecessem do assunto: melhor nem pensar que papai está voltando...


Estes pensamentos parecem loucura, mas é assim que a maioria pensa acerca da volta de Cristo.
Querem uma boa notícia?
Quem realmente crê em Cristo como Senhor e Salvador de suas vidas não precisa ter medo de fim de mundo, de 666, de besta, seja ela quadrada ou redonda. Guerras, terremotos, violência, falta de amor e tudo o que nos cerca, não tira de nós a alegria da promessa que Cristo nos fez: Eu voltarei, e levarei vocês comigo.
O texto de Hebreus nos relata que Cristo ofereceu o sacrifício definitivo, que traz salvação a todos que nele creem. Isto é mais do que suficiente para não termos medo. A Palavra de Deus está carregada das promessas de Deus para nós, basta confiarmos.
Em 1989 o terremoto que estremeceu a Armênia durou apenas quatro minutos, tempo o suficiente para arrasar a nação matando 30 mil pessoas. Logo que cessou o tremor de terra, um pai correu para a escola primária a fim de resgatar seu filho. Para surpresa sua o prédio desabara nivelando-se ao solo. Observando aquele monte de tijolos, pedras e ferros retorcidos, lembrou-se da promessa que fizera ao filho: “aconteça o que acontecer, estarei sempre perto de você”. Impulsionado pelo que dissera, localizou a sala onde estudava seu filho e começou a remover os escombros. Vários pais chegaram, chorando por seu filhos. “Tarde demais”, diziam. “Eles estão mortos. Nada mais pode ser feito”. Até mesmo a polícia o desencorajou a prosseguir.
Mas o pai prosseguiu a busca. Escavou oito, dezesseis, trinta e duas horas. As mão sangravam, ficou exausto, mas não desistiu. Finalmente, depois de trinta e oito horas exaustivas de trabalho ele afastou uma viga de concreto e começou a chamar por seu filho: “Arman! Arman!”. Do meio dos escombros seu filho respondeu, “Papai, estou aqui!”. O menino acrescentou uma frase que soou aos ouvidos do pai como a mais precisos de todas: “eu falei aos outros meninos que não se preocupassem. Falei-lhes que se você estivesse vivo, viria me salvar, e que depois que eu fosse encontrado, eles também seriam salvos. Você havia prometido pra mim: ‘Arman, aconteça o que acontecer estarei sempre perto de você’.”
Deus também nos fez a mesma promessa, dando-nos a seguinte garantia: “Volterei”. Claro, o mundo pode desabar, a terra tremer, mas o Filho de Deus não se atemoriza, pois o Pai prometeu estar perto dele.

HINO
Nº363 - LC – Então se verá

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta à pregação do Evangelho, vamos nos colocar de pé e confessar a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico:

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Tradicionalmente a oferta deste dia é destinada pela OGA, conforme carta motivadora enviada às comunidades.
Nº84 - LC – Te agradeço


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

PAI NOSSO
Senhor, temos também necessidades para apresentar diante do Senhor. De antemão agradecemos-te que sempre nos ouves. Apresentamos diante de ti os nossos pedidos: (incluir os motivos de intercessão). Agradecemos pelas ofertas e pedimos que nos faças crescer em generosidade. Olha também para nossas dificuldades financeiras e nos ajuda a administrar os bens que nos concedes de acordo com tua vontade. Abençoe esta nova semana, bem como o nosso trabalho. Tudo o mais incluímos na oração que Jesus nos ensinou:
Pai nosso ...


 


Autor(a): P. Valdir Hobus
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Advento
Perfil do Domingo: 1º Domingo de Advento
Testamento: Novo / Livro: Mateus / Capitulo: 24 / Versículo Inicial: 36 / Versículo Final: 44
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2019
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 53093
REDE DE RECURSOS
+
Devemos orar com tanto vigor como se tudo dependesse de Deus e trabalhar com tanta dedicação como se tudo dependesse de nosso esforço.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br