Mensagem da Presidência - Pentecostes 2016

15/05/2016

Mensagem da Presidência para Pentecostes 2016

Estimadas irmãs e estimados irmãos da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil!

Jesus Cristo diz: “Quando o Espírito Santo descer sobre vocês, vocês receberão poder e serão minhas testemunhas” (Atos 1.8). Neste texto, o evangelista Lucas faz um paralelo entre o começo do Ministério de Jesus, por ocasião do seu Batismo, e o início da Igreja em Pentecostes! Ambos, tanto o Ministério de Jesus quanto a Igreja, iniciam com a manifestação do Espírito.

Manifestação do Espírito Santo: como compreender essa manifestação?

Em Lucas 3.22, lemos: “e o Espírito Santo desceu na forma de uma pomba sobre ele e do céu veio uma voz, que disse: — ‘Tu és o meu Filho querido e me dás muita alegria’”.

Em Atos 2.3-4, lemos: “Então todos viram umas coisas parecidas com chamas, que se espalharam como línguas de fogo, e cada pessoa foi tocada por uma dessas línguas. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, de acordo com o poder que o Espírito dava a cada pessoa.“

Manifestação do Espírito Santo: pomba, labaredas de fogo. Espírito Santo: algo que toca pessoas e as coloca em movimento.

Essa presença do Espírito Santo havia sido prometida. O evangelista Lucas lembra isso no capítulo 4, versículos 17 a 19, ao recordar o trecho que o próprio Jesus leu do livro do profeta Isaías: “O Senhor me deu o seu Espírito. Ele me escolheu para levar boas notícias aos pobres e me enviou para anunciar a liberdade aos presos, dar vista aos cegos, libertar os que estão sendo oprimidos e anunciar que chegou o tempo em que o Senhor salvará o seu povo”.

O Espírito Santo também foi prenunciado pelo profeta Joel. Em Atos 2.17 em diante está a palavra desse profeta: “diz Deus: derramarei o meu Espírito sobre todas as pessoas. Os filhos e as filhas de vocês anunciarão a minha mensagem; os moços terão visões, e os velhos sonharão. Sim, eu derramarei o meu Espírito sobre os meus servos e as minhas servas e naqueles dias eles também anunciarão a minha mensagem”.

Os profetas Isaías e Joel falaram sobre a vinda e a ação do Espírito Santo que inauguraria um novo tempo. Será tempo de anúncio do Evangelho!

Pentecostes fala sobre a presença e a ação do Espírito de Deus, que faz nascer a Igreja. A Igreja de Jesus Cristo nasce em um momento no qual os seguidores e as seguidoras de Jesus estavam paralisados pelo medo, o medo do mundo que havia conspirado contra Jesus, crucificando-o (João 20.19).

Diante do medo, é a ação do Espírito Santo que muda essa história! Assim como o próprio Cristo “tomou a forma de servo” e encarnou neste mundo, revelando o rosto misericordioso de Deus, em Pentecostes o Espírito Santo passa a ser a força que supera o medo e move aqueles discípulos e discípulas para fora da casa e os leva para dentro do mundo, coloca-os a caminho, em movimento. O Espírito Santo ensina e encoraja a falar acerca do que haviam experimentado e aprendido com Jesus Cristo!

Pentecostes! Descida do Espírito Santo. Medo é transformado em poder, mas... o poder de Deus revelado em Pentecostes não é poder para pisar no outro, para diminuir o irmão ou a irmã, para competir ou ser melhor que o outro. Ao contrário, o Espírito Santo de Deus é poder que se traduz em compromisso que valoriza, que promove a vida e a humaniza.

O Espírito é poder que se traduz em serviço em favor do outro. A sua mensagem é boa nova que transforma! O Espírito Santo movimenta para anunciar a boa nova que nos confronta com o Evangelho da graça de Deus, graça que se mostra na misericórdia, no perdão, que dá dignidade, mas que também revela a desgraça em nosso mundo, o mal com toda a sua crueldade, frieza, indiferença que grassa as relações em nossos dias!

A história de Jesus é testemunhada aos quatro ventos! Pessoas ouvem esta história! Pessoas diferentes a compreendem em sua própria língua! Em torno desta mensagem, pessoas se reúnem e se percebem em uma nova comunhão de irmãos e irmãs.

Este é o milagre de Pentecostes. Se o mundo dispersa e rompe comunhão, e isto ele faz com muita competência, o Espírito Santo junta, reúne, une, fortalece. Nesta comunhão, a Palavra de Deus, a oração e a partilha são marcas fundamentais.

A IECLB faz parte dessa história iniciada no primeiro Pentecostes. Você e eu fazemos parte desta história de Deus conosco. Cremos que o Espírito Santo tem sustentado a nossa caminhada, a nossa história, as nossas vidas. Os inúmeros e bonitos trabalhos que brotam do Evangelho em nossas Comunidades são um testemunho disto!

Destaco, como exemplo, toda a movimentação e a mobilização que as mulheres da IECLB estão fazendo com vistas à celebração dos 500 anos da Reforma, prevista para março de 2017, em Foz do Iguaçu, no Paraná. Outro exemplo desta Igreja guiada pelo Espírito de Deus é o Congresso Nacional da Juventude Evangélica, o Congrenaje, que irá reunir mais de dois mil jovens em Timbó/SC, em julho deste ano.

Olhando para o futuro, creio que Deus tem muito mais desafios para a IECLB. No próximo Concílio, em Brusque/SC, vamos refletir acerca de como estamos dando conta da Missão que Deus nos confiou enquanto Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil. Pentecostes nos convida a abrirmos os nossos corações e as nossas vidas a essa vibrante manifestação do Espírito Santo, a nos colocarmos sob a soberania e o poder de Deus.

Amém!

Pastor Nestor Friedrich
Pastor Presidente da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil


Autor(a): Nestor Paulo Friedrich
Âmbito: IECLB
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Texto: Manifestação
Perfil do Texto: Mensagem
ID: 37866
MÍDIATECA
REDE DE RECURSOS
+
O meu Deus é a minha força.
Isaias 49.5
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br