Miquéias 3.5-12 - 22º Domingo Após Pentecostes - 01/11/2020

Caderno de Cultos 2020 - Sínodo Mato Grosso

01/11/2020

01/11/2020 - 22º Domingo após Pentecostes Pregação: Miquéias 3.5-12; Leituras: Salmo 43; 1Tessalonicenses 2.9-13; Mateus 23.1-12
P. Lauri Jackson Lenz – Paróquia Evangélica do Araguaia – Jataí - GO

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Celebrar Culto a Deus sempre é um momento especial. Podermos estar reunidos em Comunidade e algo que alegra, que nos enche de fé e de esperança. Viemos até a casa de Deus na certeza de que Ele cuida de nós, de que sob a sua orientação estamos seguros, de que podemos viver sem medo. É sob a luz de Cristo que somos chamados a andar, a ouvir a sua voz e assim no dia-a-dia aprender a discernir entra a voz do nosso Senhor da dos falsos profetas que populam em nossa sociedade. Saúdo a cada um e cada uma com as palavras do lema para a semana que diz: “Irmãos, orem por nós, para que a palavra do Senhor se propague e seja glorificada, como também está acontecendo entre vocês.” (2 Ts 3.1)

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
Nº 15 – Livro de Canto da IECLB – Em tuas mãos.

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Jesus Cristo disse aos discípulos: “Recebam o Espírito Santo” (Jo 20.22) Como filhos e filhas de Deus aguardamos em Cristo Jesus e a partir do batismo recebemos o Espírito Santo. Temos confiança de que Deus cumpre suas promessas e não nos deixa sozinhos em nosso dia-a-dia. Por isso, nós nos reunimos aqui hoje em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 460 – Livro de Canto da IECLB – Espírito Santo de Deus.

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Disse o Salmista: “Tu os Senhor, me iluminas; tu, meu Deus, acabas com a minha escuridão.” (Sl 18.28) Como é bom viver bem orientado, viver na luz e iluminado por Deus. Sim, no mundo em que vivemos a muita desorientação, muita fake, muito profeta fake, muito pastor fake, ou seja de mentira e mentiroso. Quando damos ouvido a essas vozes somos levados para o caminho do inferno, para o caminho da morte e da perdição. Somos falhos e por mais que tentemos resistir caímos em tentação, caímos em pecado e por isso, necessitamos da misericórdia do nosso Deus. Confessemos os nossos pecados a Deus cantando o hino 36 (Se sofrimento te causei) do Livro de Canto da IECLB.

Hino 36 – Livro de Canto da IECLB – Se sofrimento te causei.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Assim diz o Salmo 31.1: “Feliz aquele cujas maldades Deus perdoa e cujos pecados ele apaga.” Deus é misericordioso e conhece o nosso coração. Por isso, àqueles e àquelas que confessaram seus pecados e deles se arrependeram anuncio o perdão em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

KYRIE
Vivemos um ano diferente. Em janeiro, tivemos encontros lindos, em fevereiro a nossa Igreja vivia momentos de intensa comunhão nos encontros de jovens. Mas tudo mudou. Vieram tempos de medo, apreensão, angústia. Muitas pessoas morreram por causa do Covid-19. Comunidades adiaram ou atém mesmo viram seus projetos desaparecerem. Pessoas perderam o emprego, os negócios, mas nada se compara a dor de quem perdeu um ente querido, que não pode mais abraçar. O mundo ainda geme e sofre as dores da pandemia. Por isso, queremos clamar ao nosso Deus cantando Kyrie Eleison. Canto 56 do Livro de Canto da IECLB

GLÓRIA IN EXCELSIS
Deus ouve e clamor do seu povo e desce para ajudá-lo. Não estamos sozinhos neste mundo com nossas incertezas, com nossos sofrimentos. Deus cuida, Ele ama e se compadece. Por isso, rendamos louvores ao nosso Deus cantando Glória.

ORAÇÃO DO DIA
Santo e todo-poderoso Deus graças te rendemos por podermos nos reunir em comunidade nesse momento. Te rendemos graças porque ao nosso lado encontramos irmãos e irmãs na fé com os quais podemos contar nas horas de aflição. Tu estiveste ao lado do teu povo no decorrer da história e nunca deixaste os teus desamparados. Sê tu presente aqui conosco e concede que Tua Palavra nos oriente a não nos deixarmos levar pelos falsos profetas do nosso tempo, pois eles continuam existindo como existiam no tempo do profeta Miqueias, e da mesma forma continuam mentindo e enganando as pessoas para com isso ter riqueza e poder. Dá Senhor, que tua Palavra nos faça enxergar com clareza a fim de discernirmos os falsos daqueles que por ti de fato são enviados. Isso te pedimos e em nome de Jesus Cristo, teu filho e nosso Senhor, que contigo e com o Espírito Santo vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Sl 43

2ª Leitura Bíblica: 1Ts 2.9-13

3ª Leitura Bíblica: Mt 23.1-12

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 163 – Livro de Canto da IECLB – Cântico do amanhã.

PREGAÇÃO
Texto da Pregação: Mq 3.5-12

Queridos irmãos queridas Irmãs em Cristo Jesus, nosso Senhor.

Hoje somos confrontados com as palavras do profeta Miqueias, profeta este profundamente arraigado ao campo; homem de muita coragem e que ousou anunciar a vontade de Deus em uma sociedade completamente afastada do Deus verdadeiro.
Nos dias do profeta Miqueias havia muitos outros profetas, adivinhos e líderes espirituais que circulavam na alta corte em Jerusalém. Pessoas que tinham privilégios, que tinham a incumbência de orientar a vida das pessoas e se necessário também repreendê-las caso agissem de modo que desagradasse a Deus. Contudo, quando lemos as palavras do livro do profeta Miquéias descobrimos que as pessoas responsáveis por cuidar bem do povo, especialmente dos mais pobres, tinham caído num mundo de corrupção. Durante todo o livro do profeta Miquéias encontramos denúncias, palavras duras especialmente em relação àquelas pessoas que ficavam tramando meios de conseguir tirar os bens e explorar os menos favorecidos da sociedade. Ele é muito duro especialmente com aqueles que no leito, na cama, ficavam fazendo planos de como poderiam se apossar dos bens e do meio de vida daqueles que já passavam por situações de dificuldade. Para essas pessoas Deus tem palavras de juízo e o profeta Miqueias por causa da omissão, da corrupção e até mesmo da participação dos líderes espirituais do povo é chamado a anunciar a vontade de Deus como bênção para os explorados e juízo para aqueles que usavam o sistema para tirar proveito da situação e ainda permanecerem impunes, torcendo a justiça e legislando em favor próprio.
Por ser um homem do campo Miqueias via especialmente a questão da exploração naquele contexto, onde muitas vezes, por meios ilícitos, os grandes proprietários anexavam as suas propriedades as propriedades dos pequenos e ainda faziam com que estes acabassem sendo os seus empregados.
Miqueias no capítulo 3 chama em especial a atenção dos falsos profetas do seu tempo. Lembra estes que tudo aquilo que faziam de errado, que a conivência com a injustiça, a omissão diante do sofrimento, a corrupção por calarem-se ou até mesmo anunciarem palavras estranhas a vontade de Deus como se fossem Palavras de Deus para justificar a maldade humana, não ficaria impune. Deus haveria de fazer com que eles, os falsos profetas e adivinhos ficassem envergonhados. Ele anuncia um tempo de trevas, de escuridão, ou seja, anuncia tempos difíceis; o juízo de Deus para essas pessoas.
Mas o que o texto de Miqueias tem a ver com o nosso tempo? Quando li o texto ele parecia a coluna de um jornal da manhã de hoje: Grilagem de terra acontece a todo momento em nosso país. Invasão de terras indígenas por garimpeiros, madeireiros e tantos outros. Pessoas saindo do campo e indo para a periferia das cidades, trabalhando muito e ganhando salários miseráveis. Mas não apenas isso. Também hoje há falsos messias, falsos profetas, profetas midiáticos que falam apenas aquilo que as pessoas querem ouvir, que procuram agradar os ouvidos das pessoas ao invés de agradar a Deus; líderes religiosos que vendem o Evangelho, que deturpam o Evangelho em troca de verbas que deveriam ser aplicadas na saúde, na educação, no cuidado com o povo. Falsos pastores que se aliam às autoridades seculares, que abençoam políticos de todas as esferas em troca de prestigio e favores pessoais, como isenção de impostos, perdão de dívidas de Igrejas. Ainda fazem vista grossa a corrupção e manipulam os fiéis dizendo que tais pessoas são enviados de Deus, são escolhidas por Deus para conduzir o povo. Pastores que apascentam a si mesmos, que mentem e enganam e assim conduzem as pessoas a morte. Isso é uma vergonha para a fé Cristã.
O livro de Miqueias é um chamado a coerência, a responsabilidade, a justiça, a lutarmos por aquilo que é direito. É texto para ser lido e relido nos dias de hoje. Texto que faz cair a máscara daqueles que em benefício próprio abusam do poder que lhe é confiado. É palavra de graça e de juízo, palavra que dá esperança de que aqueles que são lobos vestidos de cordeiros não prevalecerão.
Quero lembrar palavras de karl Barth, em texto intitulado: Um alerta: o falso profeta.
“O falso profeta é o pastor que agrada a todo mundo. Seu dever é dar testemunho de Deus, mas ele não vê a Deus e prefere não o ver porque vê muitas outras coisas.
Segue seus pensamentos humanos, conserva-se interiormente calmo e seguro, evita habilmente tudo quanto incomoda. Não espera senão poucas coisas ou mesmo nada da parte de Deus. Pode calar-se, mesmo quando vê homens atravancando seus caminhos de pensamento, de opiniões, de cálculos e de sonhos falsos, porque eles querem viver sem Deus.

Retira-se sempre quando devia avançar. Compraz-se em ser chamado pregador do Evangelho, condutor espiritual e servidor de Deus, mas só serve aos homens.
Sonha, às vezes, que fala em nome de Deus, mas não fala a não ser em nome da Igreja, da opinião pública, das pessoas respeitáveis e da sua pequena pessoa.
Ele sabe que, desde agora e para sempre, os caminhos que não começam em Deus não são caminhos verdadeiros, mas não quer incomodar nem a si mesmo, nem aos outros; por isso é que pensa e diz: “Continuemos prudentemente e sempre alegres em nosso caminho atual; as coisas se arranjarão”. Ele sabe que Deus quer tirar os homens da impiedade e que a luta espiritual deve ser travada. No entanto, prega a “paz”, a paz entre Deus e o mundo perdido que está em nós e fora de nós. Como se tal paz existisse!
Sabe que seu dever consiste em proclamar que Deus quis uma nova vontade, uma nova vida; mas não, ele deixa reinar o espírito do medo, do engano, de Mamon, da violência – a muralha construída pelo povo (Ez 13. 10), o muro oscilante e manchado. Ele o disfarça pintando de cores suaves e consoladoras da religião para o contentamento de todo o mundo.
Eis aí o falso profeta!”
Um texto profundo e que desnuda aqueles que nos dias de hoje mercadejam com o Evangelho. Mas, irmãos e irmãs, tenhamos fé, tenhamos esperança. A justiça vem Deus e nele podemos confiar. Contudo, no tempo presente, enquanto Cristãos e Cristãs somos chamados ao anúncio do Evangelho, da Boa Notícia revelada em Jesus Cristo e ao mesmo tempo denunciar tudo aquilo que não condiz com a vontade e a graça de Deus.
Que Deus nos inspire a termos coragem, ousadia e fé como teve o profeta Miqueias.

Amém.

HINO
Nº 322 – Livro de Canto da IECLB – O Profeta

CONFISSÃO DE FÉ
Deus nos orienta através da sua Palavra. Somos chamados a não darmos ouvidos aos falsos profetas do nosso tempo. Como resposta Palavra de Deus confessemos a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 623 – Novo Livro de Canto da IECLB – Grandioso és tu.


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Amado e misericordioso Deus a Ti chegamos nesse dia assim como somos. Tu nos conheces e antes mesmo de podermos expressar com palavras já sabes das nossas necessidades. Por isso, intercedemos pela Igreja em todo o mundo para que ela possa realmente ser sal e luz, que a Tua palavra possa ser pregada de modo correto a fim de que possa transformar a vida das pessoas. Te pedimos pelas lideranças da Igreja, para que elas não apenas deixem de lado os falsos profetas, mas que também os desmascarem, que os denunciem. Também oramos pelos nossos governantes para que eles cuidem bem do teu povo, para que a democracia seja respeitada. Oramos pelas pessoas enfermas, enlutadas, por aquelas que não têm lar para que elas encontrem corações solidários Une as famílias para que possam viver a fé em todos os âmbitos da existência....

 

Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que ao sairmos daqui possamos ir sob a benção e a graça de Deus:

Que a terra vá fazendo caminho diante dos teus passos;
que o vento sopre sempre nos teus ombros;
que o sol aqueça teu rosto;
que a chuva caia suavemente sobre teus campos.
E, até que voltemos a nos encontrar,
Deus te guarde na palma de sua mão. Amém.

ENVIO
Ide em paz e servi ao Senhor com alegria. Amém.

CANTO FINAL
Nº 558 – Livro de Canto da IECLB – Sim, vale a pena viver


Autor(a): Pastor Lauri Jackson Lenz
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 22º Domingo após Pentecostes
Testamento: Antigo / Livro: Miqueias / Capitulo: 3 / Versículo Inicial: 5 / Versículo Final: 12
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2020
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 58883
REDE DE RECURSOS
+
Tu és o meu Senhor. Outro bem não possuo, senão a ti somente.
Salmo 16.2
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br