Música: uma das marcas do XXIV Concílio e Dia da Igreja

25/10/2004

Já no Culto de Abertura do XXIV, realizado no dia 13 de outubro, ficou evidente um dos elementos que iria marcar os próximos dias de trabalho e comunhão: a música. Nesta ocasião participaram o Grupo Cantábile, da Paróquia Matriz de Porto Alegre, o Coral e o Conjunto Instrumental da Comunidade Evangélica de São Leopoldo e a Equipe de Música Litúrgica de Escola Superior de Teologia. Foi um culto sinfônico – afirmou Cleonir Zimmermann, presidente do Conselho Nacional de Música, um dos grandes incentivadores deste envolvimento dos grupos com o XXIV concílio e Dia da Igreja. “ Uma das motivações que levou-nos promover tanta música, e de tão alta qualidade, vem da necessidade de se evidenciar a importância e existência do ministério da música na IECLB. Acho que conseguimos dar uma demonstração de tudo o que é possível ser feito no quesito Música Sacra.” Completou Zimmermann.

No culto foram executadas duas partes da missa em sol maior de Schubert, Sanctus e Gloria, respectivamente. As músicas cantadas em cojunto com a comunidade, vieram do contexto da ecumene latino americana. Depois da prédica os dois coros cantaram juntos “Verleih uns Frieden”, letra original de Martin Luther, com arranjo de Mendelssohn-Bartholdi. A letra deste hino, que Lutero compôs sob ameaça de invasão de sua cidade por parte dos turcos está no HPD, sob título “A paz nos queiras conceder”.

O Poslúdio foi o Aleluia de Haendel, do Orátório Messias.

O culto de abertura foi acompanhado por um quarteto de cordas, 8 flautistas, dois organistas, dois regentes, e em torno de 60 cantores.


 

COMUNICAÇÃO
+
É por meio de Cristo que somos aceitos por Deus, nos tornamos o povo de Deus e somos salvos.
1Coríntios 1.30b
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br