Nasce o dia, fulguroso

HPD 269

28/06/1810

1. Nasce o dia, fulguroso.
Eis o mundo, jubiloso,
acordando em luz e cores,
a cantar os teus louvores!

2. Só o homem, que criaste, 
que com bênção cumulaste, 
que coroaste de alegria — 
ele não te louvaria?

3. Confiante, ao acordar-me, 
a meu Deus quero entregar-me. 
Tu, que és luz e sol do dia, 
hoje a minha vida guia!

4. Sei que, enquanto eu descansava, 
outro, em dor, agonizava. 
Nova vida, ó Deus, me deste: 
Sê louvado, Pai Celeste!


Autor da letra: Franciszek Karpinski

Tradução: Lindolfo Weingärtner



 


Autor(a): Franciszek Karpinski
Âmbito: IECLB
Hino: 269. Nasce o dia, fulguroso
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Hino
ID: 28978
REDE DE RECURSOS
+
A Palavra de Deus é a única luz na escuridão desta vida. É Palavra da vida, de consolo e da toda bem-aventurança.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br